Corrupção
Atualizado em: 19/10/2011 - 10:28 am

Ministro dos Esportes nega envolvimento em desvio de verbas

O ministro do Esporte, Orlando Silva, vai explicar na tarde desta quarta-feira (19), no Senado Federal, o suposto envolvimento em desvio de recursos do programa Segundo Tempo.

Na terça-feira (18), ele prestou esclarecimentos na Câmara Federal e disse que não participou das irregularidades.O depoimento no Senado acontece em audiência integrada das comissões de Educação, Cultura e Esporte (CE) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) às 14h.

Acusações
Segundo reportagem da revista “Veja”, o policial militar João Dias Ferreira, preso pela Polícia Civil de Brasília em 2010, disse que Silva recebeu um pacote de dinheiro na garagem do ministério e teria comandado um esquema de desvio de verbas destinadas ao programa Segundo Tempo.

Em entrevista à revista Veja, o policial militar e ex-militante do PCdoB, confirma o favorecimento do partido nos contratos e afirma que o ministro recebeu pessoalmente remessas de dinheiro do esquema. A entrega, segundo a reportagem, foi feita dentro da garagem do Ministério do Esporte por Célio Soares Pereira, que servia de motorista e mensageiro do grupo.

À revista, Pereira afirmou que esteve pelo menos quatro vezes entregando dinheiro na garagem do ministério, além da ocasião em que repassou diretamente ao ministro maços de notas de R$ 50 e R$ 100 em uma caixa de papelão.

Leia Mais

Ministro Orlando Silva é acusado de liderar fraude no Esporte

Nos jornais: Governo cobra de ONGs R$ 26,5 mi por desvios no Esporte

Oposição pede investigação de denúncia contra ministro do Esporte



0 comentários







0 comentários
Topo | Home