Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 16/12/2011 - 8:35 pm


Lideranças do PT durante plenária nos bairros de Fortaleza. Foto: Divulgação

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) realiza neste sábado (16) às 9h, reunião com seus dirigentes, a fim de discutir a conjuntura eleitoral em Fortaleza e definir um calendário político para 2012.

A discussão deve enfocar o balanço das atividades realizadas este ano. Com diversas ações junto à militância, o PT municipal reuniu os filiados em diversos espaços de debates como as plenárias populares nos bairros, os ciclos de debates do PT, congressos e palestras.

Veja o vídeo da entrevista:
Luizianne diz que ficaria “muito feliz” com a eleição do primeiro prefeito negro de Fortaleza  

Com a militância engajada, o diretório reúne seus secretários, a fim de elaborar um calendário político para o ano que segue. Além de discutir a conjuntura política atual, com a avaliação do processo eleitoral.

Serviço: Reunião do Diretório Municipal do PT – Fortaleza
Local: Hotel Amuarama – Avenida Deputado Oswaldo Studart, 888 – Fátima
Hora: 9h
Data: 16.12.2011

Leia mais:
Neste sábado, Luizianne comanda encontro do PT de olho nas eleições de 2012
Eleições 2012: Marta comunica ao PT que está fora da disputa em São Paulo

PCdoB promove 20ª Conferência Estadual neste final de semana










ALEC
Atualizado em: 16/12/2011 - 6:15 pm


Roberto Mesquita (PV) foi um dos parlamentares que utilizaram a tribuna da AL para debater o legado dos governo Tasso.

Obras e ações dos governos Tasso foram tema de pronunciamentos de deputados estaduais nesta sexta-feira (16). Durante sessão da Assembleia legislativa O deputado Heitor Férrer (PDT) afirmou que a história do Ceará já mostrou o legado pelo governador Tasso Jereissati é inquestionável. “Negar isso é como estar à margem da história. É obrigação do homem público reconhecer os méritos de quem tem e questionar quem não tem”, afirmou.

Heitor disse Reconhecer em Cid Gomes um grande tocador de obras, “é um empreendedor”. Mas disse que estamos “diante de corpos construídos sem almas”. Segundo ele, o Hospital Geral de Fortaleza está passando por muitas dificuldades, com cirurgias suspensas por falta de dinheiro para custear a unidade. “Não podemos deixar de criticar a incúria do Governo do Estado, quando falta o básico ao HGF”, avaliou.

Diferença
Já o líder do Govero, deputado Antonio Carlos (PT), disse que a gestão do governador Cid Gomes se diferencia dos governos do líder tucano Tasso Jereissati pelo “social”.

O petista reconheceu que as três administrações de Tasso foram marcadas por grandes obras, contudo, na visão dele, foi também um período de “repressão”. “Desenvolvimento não são apenas obras”, ponderou.

Referência
O deputado Roberto Mesquita (PV) também enalteceu as ações realizadas durante os dois mandatos de Tasso Jereissati como governador do Estado do Ceará. Mesquita citou iniciativas do ex-governador tucano, como a construção de rodovias, a ampliação da rede elétrica e de água para os municípios cearenses; além de projetos voltados ao combate da mortalidade infantil.

“A história, por mais que queira, não pode negar ao governador Tasso a iniciativa de criar o projeto São José. Negar os desafios do Ceará de 1986, quando as estradas não existiam, quando as redes de iluminação elétrica não atingiam as casas. Negar as conquistas do governo Tasso na história recente do Ceará é negar a história cearense”, avaliou o deputado.

O parlamentar destacou a admiração do ex-governador Ciro Gomes por Tasso Jereissati. “Quando pedem um exemplo de homem público, ele cita Tasso. Ele não deixará de ser, para sempre, referência de políticas modernas para o Ceará”, disse.

Com informações da Agência de Notícias da AL.










Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 16/12/2011 - 5:24 pm


Eunício Oliveira comanda encontro regional do PMDB em Fortaleza

O PMDB do Ceará promove encontro regional neste sábado (17), a partir das 9 horas, para discutir a mobilização com vistas /às eleições municipais do próximo ano.   O senador Eunício Oliveira (PMDB/CE) será o anfitrião do evento que será realizado no Hotel Oásis Atlântico, av. Beira Mar, 2500.

Na pauta do encontro, a preparação do partido para as eleições de 2012. “Esta é uma oportunidade para traçarmos metas para as eleições que se avizinham”, confirma Eunício.

A ideia é reunir no debate deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores e lideranças políticas dos 184 municípios do estado.

Com Cid
O governador Cid Gomes (PSB), que também é presidente estadual do PSB no Ceará, foi convidado para o evento. Atualmente o PMDB ocupa espaço no governo Cid, o que inclui a vice governadoria com o peemedebista Domingos Filho.

Palestras
O Encontro Regional do PMDB contará, em sua programação, com duas palestras. A primeira, com o tema – Transparência e Controle na Gestão Pública -, será conduzida pelo ministro-chefe da Controladoria Geral da União (CGU), Jorge Hage.

A segunda palestra irá tratar do trabalho da Fundação Ulysses Guimarães (FUG) no Ceará.

Serviço: Grande Encontro Regional do PMDB
Local: Hotel Oásis Atlântico, av. Beira Mar, 2500
Dia: Sábado (17/12)
Hora: 9 horas










Corrupção
Atualizado em: 16/12/2011 - 4:51 pm


Prefeito afastado de Senador Pompeu, Antônio Teixeira de Oliveira (PT), segue preso em Fortaleza

Três testemunhas de defesa do prefeito afastado de Senador Pompeu, Antônio Teixeira de Oliveira, foram ouvidas na manhã desta sexta-feira (16), no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). A audiência foi presidida pelo juiz Ernani Pires Paula Pessoa Júnior.

O juiz já havia interrogado Antônio Teixeira no dia 25 de outubro de 2011. O prefeito é acusado dos crimes de desvio de dinheiro público, peculato, formação de quadrilha, falsidade ideológica, entre outros. Por esse motivo, foi afastado das funções pelo desembargador Francisco Darival Bezerra  no dia 21 de junho deste ano. Atualmente ele está preso preventivamente na sede do Corpo de Bombeiros, na Capital.

Além das testemunhas ouvidas hoje, o desembargador Darival também determinou a expedição de cartas ordem para comarcas do Interior, para o interrogar outras testemunhas denunciadas pelo Ministério Público. O processo tramita em segredo de Justiça.

Leia mais:
Justiça mantém prisão de vice-prefeito afastado de Senador Pompeu
STJ nega habeas corpus ao prefeito de Senador Pompeu. Gestor continua foragido

Com informações do TJCE










Pesquisa
Atualizado em: 16/12/2011 - 4:34 pm


Dilma Rousseff

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira (16) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que 56% dos eleitores consultados avaliam o governo da presidente Dilma Rousseff como ótimo ou bom. A comparação, feita mês a mês desde o primeiro mês de março do mandato de cada um dos presidentes, mostra que, em praticamente todos os meses pesquisados, Dilma foi mais bem avaliada.

Em dezembro de 2011, 56% consideraram o governo dela ótimo ou bom. Em dezembro do primeiro mandato do governo Lula, o percentual era 41%. No segundo mandato, subiu 51%.

Lula

Já FHC obteve, em dezembro do primeiro mandato, 43% de opiniões favoráveis. No fim do primeiro ano do segundo mandato, a avaliação positiva caiu para 17%.

Maneira de Governar
 pesquisa da CNI apurou também o percentual de entrevistados que aprovam a maneira de governar dos presidentes. Em dezembro, 72% dos entrevistados aprovavam a forma de governar de Dilma. É o maior percentual, se comparado ao dos dois mandatos de Lula (66% e 65%, respectivamente) e de FHC (57% e 26%, respectivamente).

FHC

Confiança
Apenas a confiança dos entrevistados no presidente Lula ao longo de dezembro do primeiro mandato (69%) foi maior que a na presidente Dilma (68%). No segundo mandato, Lula viu essa confiança cair 9 pontos percentuais (60%). FHC detinha, em dezembro do primeiro mandato, a confiança de 58% dos eleitores entrevistados, e de 27% em dezembro do primeiro ano do segundo mandato.

Com informações da Agência Brasil










Ceará
Atualizado em: 16/12/2011 - 2:42 pm


Auri Costa Araripe (PR) assume interinamente prefeitura de Pacajus (Foto: Kézya Diniz)

O vice-prefeito de Pacajus, Auri Costa Araripe (PR), tomou posse como prefeito interino durante solenidade realizada na Câmara Municipal na tarde desta sexta-feira (16). Em entrevista à imprensa ele disse que não sabia das irregularidades cometidas pelo prefeito afastado Pedro José Philomeno Gomes (PSDB).

Durante a sessão, Auri prometeu realizar uma auditoria nas contas da Prefeitura e, em seu discurso, afirmou que assumia o cargo com certo “constrangimento”.

“Eu fiquei constrangido ao ser informado dessas irregularidades, mas não tinha conhecimento de nada. Fui pego de surpresa”, afirmou o prefeito interino.

O prefeito interino já foi presidente da Câmara dos Vereadores de Pacajus por seis vezes. Ele disse que sempre sonhou em administrar o município, mas não gostaria de assumir nestas  circunstâncias.

Teo
Diversas autoridades como ex-prefeitos, vereadores e a família de Auri estiveram presentes à solenidade. O deputado estadual Téo Menezes (PSDB), supostamente envolvido no escândalo dos banheiros fantasmas em Pacajus também participou da cerimônia.

Operação do MP
Uma operação em conjunto da Polícia Civil e do Ministério Público Estadual (MPE) nesta quinta-feira (15) cumpriu 11 mandados de prisão e de busca e apreensão em Pacajus. Os envolvidos são acusados de crimes como desvio de dinheiro público, peculato e formação de quadrilha.

Todos os mandados foram cumpridos. Dentre os presos, estavam o prefeito de Pacajus, Pedro José Philomeno Gomes (PSDB); o presidente da Câmara Municipal, vereador Francisco Carlos Martins (PSDB); a procuradora do município, Érica Leandro Alencar; o secretário de Finanças, Antônio Héder Holanda da Silva; e Valmir de Sousa Falcão, também secretário municipal.

Foram presos ainda o vereador Jocélio Bezerra Almeida; o contador da Câmara Municipal, Vitório Andson de Sousa Lima; a filha do prefeito, Luciana Pereira Figueiredo; o genro do prefeito, Jorge Clementino Diego; a esposa do secretário de Finanças, Neudeci Honorato Herculano; e Anercília Maria de Sousa, presidente da Comissão de Licitação.

Presidente da Câmara
Ainda na sessão desta sexta (16), o vereador João Eudes (PSDB), 1º secretário da Câmara Municipal de Pacajus, assumiu a presidência do legislativo municipal, já que o presidente e o vice também foram afastados na operação do Ministério Público.

Leia mais:
Operação contra a corrupção prende prefeito e mais 10 em Pacajus

Novo prefeito de Pacajus deve assumir nesta sexta-feira










Nacional
Atualizado em: 16/12/2011 - 1:11 pm


Dilma Rousseff engrossou discurso por tolerância zero contra corrupção

A presidente Dilma Rousseff aproveitou café da manhã com a imprensa para mandar um recado para sua base aliada. Disse que não vai aceitar ingerência dos aliados nos ministérios, ao ser questionada sobre os casos de irregularidades que derrubaram ministros.

Subindo tom de voz, ela disse que vai “exigir cada vez mais os critérios [de escolha e acompanhamento de sua equipe]”, acrescentando que “nenhum partido pode interferir nas relações de governo”. Em seguida, fez questão de dizer, subindo ainda mais o tom: “Vale para qualquer partido”.

Sete ministros já deixaram o governo Dilma, seis após denúncias de corrupção. Dilma afirmou que seu governo é de “tolerância zero” com malfeitos e atos de corrupção.

Leia ainda:
Lupi está fora: Ministro do Trabalho é o sétimo a cair
Orlando Silva é o sexto ministro a cair em dez meses de governo Dilma
 
Wagner Rossi pede demissão da Agricultura e já é o quarto ministro a sair do governo em oito meses    
Agora é oficial: Jobim pede demissão e Celso Amorim assumirá a Defesa   
A Casa caiu: Palocci pede demissão     

Sem caça às bruxas
Ao mesmo tempo, ela afirmou também que jamais fará uma “caça às bruxas”, destacando que todo mundo tem direito de se defender. “Eu não posso sair por aí apedrejando as pessoas e fazendo julgamento sem direito de defesa”, afirmando, acrescentando que “por pressão nenhuma” fará isso. “Não tolerar malfeito de um lado, mas também não vou criar caça às bruxas.”

Imprensa
Durante a conversa, Dilma não deixou de alfinetar a imprensa, ao dizer que os escândalos ganham mais destaque na mídia do que os programas sociais do governo. “Parece até que existem dois Brasis”, afirmou ao se queixar de que, enquanto ela se dedica a montar programas, a imprensa ficaria concentrada em outros temas. Em seguida, completou: “Obviamente que escândalo vende mais jornal”.

Lamentando
Ela chegou a lamentar, sem citar nomes, a queda de alguns de seus ministros, afirmando que eram quadros competentes. Questionada sobre a crise mais recente, envolvendo seu ministro e amigo pessoal Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio), Dilma refutou o argumento de que teria dois pesos e duas medidas. “[O caso] do Pimentel não tem nada do meu governo.”

Ao ser confrontada com o caso de seu ex-ministro da Casa Civil, que enfrentou crise semelhante à de Pimentel, ela completou: “Mas o Palocci quis sair”.

Reforço surpresa
Dilma também evitou adiantar qualquer informação sobre a reforma ministerial prevista para janeiro. Ela chegou a dizer que imprensa iria ter uma “surpresa”, quando foi indagada se estava nos seus planos reduzir o número de ministérios. “Não me venham com essa conversa. Não terá redução de ministérios, não é isso que faz a diferença no governo.”

Da Folha.com










Ceará
Atualizado em: 16/12/2011 - 11:53 am


Auri Costa Araripe (SPDB) é o novo prefeito de Pacaju

Um dia após a operação que prendeu o prefeito de Pacajus e mais dez pessoas, entre secretários, funcionários da prefeitura e familiares do prefeito, o clima é de tranquilidade no município na manhã desta sexta-feira (16). A Câmara Municipal já se encontra aberta.

No local, serão realizadas as solenidades que darão posse ao novo prefeito de Pacajus e ao novo presidente da Câmara dos Vereadores. Quem assume a prefeitura é o ex vice-prefeito da cidade, Auri Costa Araripe, do Partido da República (PR).

Auri já foi presidente da Câmara Municipal de Pacajus por seis vezes. A previsão é de que cerimônia de posse ocorra a partir das 13 horas. Já a presidência da Câmara será assumida pelo vereador João Eudes, do PSDB.
 
Opinião dividida
Nas ruas, as opiniões sobre o prefeito estão divididas. Alguns moradores dizem que Pedro José Philomeno Gomes (PSDB) foi vítima de uma injustiça. Outras pessoas, no entanto, afirmam que ele teve o que mereceu, pois há três anos não fazia nada pela cidade.

Assista à reportagem sobre a operação:

Leia mais:
MP e Sefaz apresentam balanço da Operação de Combate à Sonegação Fiscal
Operação Caça-fantasma prende ex-prefeito de Tianguá
Operação na Serra da Ibiapaba tenta desarticular esquema de fraudes em licitações










Ceará, Economia, Vídeos
Atualizado em: 16/12/2011 - 9:26 am


O crescimento do Ceará em ritmo acelerado tem feito o nosso estado se destacar no país. O clima é de total otimismo e o mercado está em constante aquecimento por conta das boas condições de infraestrutura.

Acompanhe na reportagem do Jornal Jangadeiro:










Nacional
Atualizado em: 16/12/2011 - 8:23 am


Dilma e Fernando Pimentel na época da campanha eleitoral. Foto: Agência Brasil

Escalado pela presidente Dilma Rousseff para participar da conferência ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC) no momento em que é alvo de suspeitas de tráfico de influência antes de assumir o cargo, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, simplesmente não apareceu na abertura do evento e não participou de outra reunião em que era aguardado, com países emergentes.

Leia ainda:
Nos Jornais: Dilma pede a Pimentel que resista às acusações
Nos jornais: Pimentel tem outro contrato suspeito  

Flagrado pelo Estado no aeroporto de Genebra ao deixar o país, Pimentel recusou-se a dar explicações sobre as conflitantes versões dos serviços de consultoria prestados à Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) por sua empresa, a P-21. Segundo reportagem do jornal O Globo, unidades regionais da Fiemg desconhecem palestras que Pimentel, segundo o então presidente da federação, Robson Andrade, teria dado para justificar o pagamento de R$ 1 milhão da entidade por seus serviços de consultoria.

“Eu não falo sobre isso. Tudo o que tinha para falar já falei”, disse o ministro. Segundo a assessoria de Pimentel, o ministro falou de atividades de consultoria à Fiemg, e não palestras.

Diante da insistência de jornalistas sobre o caso, ministro reagiu, minutos antes de embarcar ao Brasil: “No more (não mais). Esse assunto já não é mais comigo. Estou voltando para o Brasil, tenho que trabalhar, queridos”.

Constrangimento
Na Confederação Nacional da Indústria (CNI), hoje presidida por Andrade, o caso envolvendo Pimentel gerou constrangimento durante visita de comitiva de empresários europeus. De última hora, o presidente da CNI e anfitrião do evento decidiu não comparecer, evitando desta forma a imprensa.

A assessoria de imprensa da CNI, explicou que Robson Andrade precisou viajar às pressas, por motivos pessoais, e, portanto, não pode comparecer. Informou ainda que ele não comentaria as notícias veiculadas porque todos os esclarecimentos sobre a consultoria feita pelo ministro à Fiemg já foram dados.

O Estado de S. Paulo










Ceará
Atualizado em: 16/12/2011 - 7:30 am


A sessão de recebimento de propostas das empresas interessadas em participar da licitação de construção do Hospital e Maternidade Regional do Sertão Central está marcado para esta sexta-feira (16), às 9h30min. A entrega deve ser feita na Central de Licitação da Procuradoria Geral do Estado, Avenida Dr. Jolsé Martins Rodrigues, 150, bairro Edson Queiroz, Fortaleza.

O novo hospital será construído em Quixeramobim, com um investimento estimado em R$ 83.882.724,64, em obras que devem ficar concluídas em 16 meses a partir da assinatura da ordem de serviço autorizando o início da construção.

Com 374 leitos, o novo hospital da rede pública estadual pretende atender à população de 612 mil habitantes dos municípios de Boa Viagem, Canindé, Caridade, Itatira, Madalena, Paramoti, Banabuiú, Choró, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Pedra Branca, Quixadá, Senador Pompeu, Solonópole, Aiuaba, Arneiroz, Parambu e Tauá.

Perfil de assistência
O Hospital e Maternidade Regional do Sertão Central terá 218 leitos de internação e 69 leitos na emergência. A exemplo do Hospital Regional Norte contará com um Centro de Atenção à Saúde Sexual e Reprodutiva da Mulher, com um total de 73 leitos, para ampliar e qualificar a assistência e reduzir a mortalidade materna. O hospital terá área total construída de 19.505 metros quadrados.

Leia mais:
Empresas poderão cair na malha fina a partir de 2012

Com informações do Governo do Estado










Ceará, Greve
Atualizado em: 15/12/2011 - 10:43 pm


Os policiais civis do Ceará decidiram encerrar a greve nesta quinta-feira (15) durante a Assembleia Geral da categoria, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentações e Obras de Terraplenagem em Geral no Estado do Ceará (Sintepav), em Fortaleza.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpoci), Inês Romero, com a decisão, a categoria cumpre a ordem da desembargadora Sérgia Maria Mendonça, do Tribunal de Justiça do Estado.

Segundo Inês Romero, nenhuma das reivindicações foi acatada. “Nós temos o menor salário do Brasil”, disse. A categoria reivindicava contratação de novos policiais aprovados em concurso público, o pagamento de 60% do salário de delegado para os demais agentes e a dispensa de curso superior para promoção na carreira.

Operação padrão
A partir de agora os policiais civis iniciam a operação intitulada “Cumpra-se a Lei”, em que os servidores cumprirão suas atividades de acordo com o previsto na lei. O objetivo da ação, segundo o Sinpoci, é sensibilizar as autoridades a respeito das condições de trabalho dos policiais.

Suspensão da greve
A greve da Polícia Civil foi deflagrada no dia 2 de julho, mas o movimento chegou a ser suspenso no dia 9 de agosto. Sem resultados nas negociações com o Governo do Estado, a categoria decidiu retomar a paralisação no dia 15 de outubro.

Leia mais:
Greve da Polícia Civil deve ser suspensa nesta quinta
Greve dos Policias Civis completa dois meses nesta quinta-feira

Redação Jangadeiro Online, com informações do Sinpoci










Economia
Atualizado em: 15/12/2011 - 8:29 pm


Porto do Pecém lidera transporte de frutas (Foto: Divulgação)

O Porto do Pecém tem 45% na participação do transporte de frutas entre todos os portos brasileiros, segundo dados da Secretaria do Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento (Secex), divulgada nesta quinta-feira (15).

Mais de 246 mil toneladas de frutas foram transportadas nos 11 primeiros meses deste ano. Neste tipo de operação o Pecém se encontra à frente de outros portos do país como o de Santos-SP (14%), Salvador-BA (12%), Parnamirim-RN (10%) e Mucuripe-CE (8%).

Segundo a pesquisa a maioria do material transportado é originário do próprio Ceará, mas uma parte das cargas vem de Estados como Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia. Os principais destinos dos navios são a Holanda (35%), Grã-Bretanha (25%), Estados Unidos (15%), Alemanha (13%) e Espanha (6%).

As frutas responsáveis pelo maior movimento no Porto do Pecém são o melão, com 103 mil toneladas transportadas, seguido da melancia, manga, uva, banana e castanha de caju.

Leia mais:
Movimentação de contêineres cresce 34% no Porto do Pecém
Trabalhadores do Porto do Pecém paralisam as atividades durante a visita de Dilma Rousseff

Movimentação no Porto do Pecém cresce 20% no primeiro semestre

Redação Jangadeiro Online, com informações do Governo do Ceará










ALEC
Atualizado em: 15/12/2011 - 8:03 pm


Deputado Augustinho Moreira (PV)

O deputado Augustinho Moreira (PV) fez pronunciamento nesta quinta-feira (15), na Assembleia Legislativa, para solicitar ao Governo do Estado que seja suspensa a licitação 03/2011, de R$ 600 milhões, destinada à ampliação do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Segundo o parlamentar, a empresa com o menor preço, habilitada a participar do certame, foi desabilitada por meio de liminar concedida pela Primeira Vara da Fazenda Pública. A vencedora foi uma outra, com preço muito maior.

Para Augustinho Moreira, a decisão de um juiz singular está causando fortes prejuízos para o Estado, pois a empresa com o menor preço, conforme atestaram técnicos da própria Secretaria de Infraestrutura, está amplamente capacitada para realizar a obra. O parlamentar frisou ainda que há parecer do Tribunal de Contas do Estado determinando a suspensão da licitação.

“Isso é uma excrescência. O secretário da Seinfra não pode adjudicar essa licitação. A empresa com o menor preço foi considerada habilitada, e a Marquise vendo que iria perder a licitação, recorreu, conseguindo uma liminar, com vícios insanáveis”, acentuou.

Com informações da Assembleia Legislativa










Ceará, Vídeos
Atualizado em: 15/12/2011 - 7:26 pm


Geovani Facó, pesquisador de conflitos e violência da Universidade Estadual do Ceará (Uece), falou em entrevista à reportagem da TV Jangadeiro que “o modelo de segurança e de policiamento tem se degradado e precisa ser discutido”.

O número de homicídios no Ceará mais que dobrou nos últimos dez anos. É o que apontam os dados mais recentes do “Mapa da Violência”, divulgado pelo Instituto Sangari. Somente no ano passado, 2.518 pessoas foram assassinadas no estado. O estudo mostrou que, em 2010, somente 27 cidades cearenses não registraram homicídios.

O secretário de segurança púbica do Estado do Ceará, Cel. Francisco Bezerra, afirma que “a pesquisa não demonstra a realidade, porque utiliza apenas dados do Ministério da Saúde”, mesmo assim reconhece que o número de homicídios cresceu de 2007 a 2010.

Assista à matéria exibida no Jornal Jangadeiro: