Nacional
Atualizado em: 30/10/2011 - 3:46 pm


A partir do ano que vem, as secretárias estaduais de Segurança Pública vão construir políticas públicas de enfrentamento à violência contra homossexuais. As ações fazem parte de um protocolo de intenções que está sendo elaborado pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH) e pelo Ministério da Justiça (MJ).

O protocolo, que deve ser assinado no próximo mês, será apresentado durante a Conferência Nacional LGBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais), em dezembro. De acordo com a secretária nacional de Promoção dos Direitos Humanos da SDH, Nadine Borges, entre as ações estão o monitoramento das políticas contra a discriminação e a criação de redes de proteção para implementar centros de referência.

“Tivemos muitos avanços em 2011, como a decisão do STF [Supremo Tribunal Federal] que reconheceu a união entre pessoas do mesmo sexo como unidade familiar e a criação do Conselho Nacional LGBT. Ao mesmo tempo em que avançamos, vemos um aumento de crimes motivados por homofobia”, destacou Nadine.

Denúncias
Segundo a secretária, dados do Disque Direitos Humanos, o Disque 100, mostram um grande volume de denúncias de violações de direitos de homossexuais. O módulo LGBT do Disque 100 foi inaugurado em janeiro deste ano. Até o dia 30 de setembro, a central recebeu 856 denúncias de violação de direitos da população LGBT, como violência física, discriminação e abuso sexual.

“O principal é a violência psicológica. O percentual atinge 44% das denúncias. Devido ao aumento desses casos de violência resolvemos pensar na constituição desse protocolo”, explicou a secretária.

A expectativa, disse Nadine, é que o protocolo de intenções estimule a cultura de combate à discriminação em função da orientação sexual no Brasil.

Com informações da Agência Brasil.










Contra o câncer
Atualizado em: 30/10/2011 - 2:33 pm


Um dia após receber a notícia sobre um tumor na laringe, o ex-presidente Luiz Inácio da Silva passa o domingo (30) descansando em São Bernardo do Campo (SP) e seguindo a orientação médica de falar pouco, segundo informou sua assessoria. Não há previsão de visitas ao longo do dia. A informação é da Folha.com.

A Folha consultou especialistas e publicou, neste domingo, uma imagem que ajuda a entender melhor o diagnótico do ex-presidente. Para ampliar, clique na figura.

Lula passou por exames no sábado (29) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, que detectaram a doença. Ele começa a quimioterapia amanhã. Os médicos optaram por esse tratamento para tentar preservar o órgão.

Leia ainda:
Ex-presidente Lula é diagnosticado com câncer na laringe  
Dilma está “muito preocupada” com doença de Lula, diz ministro   
Políticos brasileiros manifestam apoio à recuperação de Lula
Em nota, Dilma manifesta torcida por “rápida recuperação” de Lula

Tabagista
O fumo pode ter sido a causa para o câncer, segundo o oncologista Artur Katz. Ex-fumante de cigarros, Lula gosta de cigarrilhas, hábito que dividia com o seu vice, José Alencar, morto em março deste ano, após lutar por mais de 15 anos contra um câncer.

Os dois também costumavam tomar “uns golos”, como dizia Alencar. O álcool é um fator de risco a mais para a evolução da doença. Mas também existem causas virais e não é possível ainda afirmar o que levou ao desenvolvimento do tumor de Lula.

Cura
O tumor na laringe tem cerca de 3 cm, segundo a Folha apurou com médicos do hospital. Katz disse que o tumor “não muito grande” foi descoberto na manhã de ontem. “As chances de cura são excelentes.”

Confiança
Antes de deixar o hospital, Lula recebeu a visita do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que relatou tranquilidade do ex-presidente. “Dona Marisa, Lula estão tranquilos, confiantes, porque o problema dele tem cura. Foi pego no início, então as perspectivas são boas.”, disse Mantega.

Na quinta-feira (27), Lula comemorou seu aniversário de 66 anos no instituto que leva seu nome. Em uma pequena cerimônia com funcionários, na sede da organização, em São Paulo, o ex-presidente ganhou um bolo.

Da Folha.com










Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 30/10/2011 - 1:42 pm


Cid Gomes participa do Congresso Estadual do PSB (Foto: Omar Jacob / TV Jangadeiro)

PSB do Ceará realizou, neste domingo (30), o seu XI Congresso Estadual para discutir o cenário político para as eleições de 2012, com ênfase no debate sobre os rumos da sigla na sucessão municipal de Fortaleza. O evento promovido no Hotel Vila Galé, aqui na capital, reuniu deputados federais e estaduais, vereadores, prefeitos, dirigentes e centenas de filiados da sigla. 

Cid Gomes
O governador Cid Gomes, presidente estadual da sigla, abriu o encontro e falou para os filiados que lotaram o auditório. Também participaram do evento, o secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino; o presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio; e o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa; além de deputados estaduais e federais da legenda que ocuparam posição de destaque na mesa de autoridades.

O evento foi transmitido ao vivo pela página do partido na internet.

Delegados
O encontro também serviu para a escolha dos 46 delegados cearenses que vão representar o partido no Congresso Nacional do PSB. O evento será realizado em Brasília nos dias 2 e 3 de dezembro. 

Fortaleza
Em Fortaleza, o clima no Partido Socialista Brasileiro (PSB) não é dos melhores. A divisão entre as duas alas (uma comandada pelo presidente da legenda na capital, Karlos Kardoso; outra pelo ex-presidente, Sérgio Novais) ainda atrapalha a unidade do partido.

O grupo liderado por Novais indicou a deputada estadual Eline Novais, como pré-candidata à Prefeitura. Já os socialistas ligados a Kardoso afirmam que a decisão sobre a candidatura para a sucessão de Luizianne Lins (PT) só será afirmada em janeiro de 2012.

Alguns nomes já aparecem como potenciais candidatos, é o caso do presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Claudio; do secretário da Fazenda, Mauro Filho; do vereador e ex-petista, Salmito Filho; e do secretário da Copa, Ferruccio Feitosa.  

Imagens
Acompanhe algumas as imagens divulgadas via twitter por Salmito Filho e Ferruccio Feitosa.

 Com informações do repórter Omar Jacob










Contra o câncer
Atualizado em: 30/10/2011 - 12:58 pm


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou, no sábado (29), o Hospital Sírio-Libanês, onde passou o dia realizando exames que detectaram um tumor na laringe. Na segunda-feira (31), ele iniciará a quimioterapia para combater a doença.

Na última quinta-feira (27), na festa em que comemorou 66 anos, ele se queixou da rouquidão excessiva dos últimos dias e foi aconselhado por seu médico, Roberto Kalil, a fazer uma consulta.

Enquanto se recuperava de uma biópsia, acompanhado da mulher, Marisa Letícia, Lula recebeu a visita do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que ressaltou o caráter “lutador” do ex-presidente. Para o ministro, Lula vai se recuperar da doença, assim como já superou outros problemas. “Ele vai vencer esse também.”

A presidente Dilma Rousseff enviou mensagem ao ex-presidente, desejando a ele rápida recuperação. No comunicado, Dilma ressalta que, graças a exames preventivos, ele descobriu o tumor em um estágio que permite o tratamento e a cura da doença. “Como todos sabem, passei pelo mesmo tipo de tratamento, com a competente equipe médica do Hospital Sírio-Libanês, que me levou à recuperação total. Tenho certeza de que acontecerá o mesmo com o presidente Lula.”

Oposição
Partidos de oposição também manifestaram solidariedade ao ex-presidente. “Lula ainda tem muito a contribuir para o debate político nacional”, diz, em nota, o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE). Na mensagem, Guerra ressalta que, ao saber do diagnóstico, os tucanos ficaram “preocupados, como todos os brasileiros”.

Outro partido de oposição, o PPS, também desejou sucesso e pronta recuperação ao ex-presidente. “Lula agiu corretamente ao não esconder a sua doença. Tal atitude é rara de ser vista em homens públicos”, destacou o deputado Roberto Freire (PE), presidente nacional do partido.

PT
Em nota publicada em seu site, o PT, partido do qual Lula foi um dos fundadores e é presidente de honra, pede aos brasileiros que enviem ao ex-presidente “uma calorosa mensagem de confiança e de energia positiva”. “Ex-presidente Lula, conte com o apoio e o carinho de todos os brasileiros e brasileiras”, conclui a nota.

Internacional
Durante a Cúpula Ibero-Americana, em Assunção, os presidentes Fernando Lugo, do Paraguai, e Rafael Correa, do Equador, lamentaram a notícia de que o ex-chefe do governo brasileiro teve diagnosticado um tumor na laringe. A informação foi dada em plenário por Lugo, que lembrou o fato de a sucessora de Lula, Dilma Rousseff, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, e ele mesmo terem passado por esse problema de saúde.

Ao iniciar sua exposição na cúpula, o equatoriano Rafael Correa enviou “um grande abraço” a Lula e disse que o líder brasileiro conseguirá vencer a doença, já que se trata de“um lutador acostumado a vencer grandes batalhas”.










Ficha Limpa
Atualizado em: 30/10/2011 - 8:35 am


Cássio Cunha Lima diz que além da "ficha limpa", tem a "vida limpa"

Mais de um ano após as eleições de 2010, o Senado dará posse ao primeiro senador barrado pela Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar 135/10). O tucano Cássio Cunha Lima deverá assumir uma das três cadeiras na Casa a que a Paraíba tem direito a partir de 7 de novembro. Quem perde o lugar é Wilson Santiago (PMDB-PB).

Diplomado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) na última terça-feira (25), Cássio viajou a Brasília para entregar a documentação necessária para a posse ocorrer. No dia seguinte, a Mesa Diretora do Senado se reuniu para decidir como o tucano vai entrar na Casa. Ficou decidido um método similar ao adotado anteriormente pela Câmara nos casos dos suplentes e dos barrados pela ficha limpa.

Leia ainda:
Ficha Suja: STF manda Justiça Eleitoral dar posse a Cássio Cunha Lima

Defesa
Wilson Santiago terá o prazo de cinco sessões ordinárias para apresentar sua defesa. De acordo com a Mesa Diretora, o período foi definido por analogia com a Constituição (art. 55, V §3º) e o Regimento Interno da Casa (art. 32, V), que prevêem o direito de ampla defesa aos parlamentares que tiverem a perda de mandato decretada pela Justiça Eleitoral.

Ficha Suja
Nas eleições de 2010, Cássio Cunha Lima recebeu 1.004.183 votos e foi o mais votado entre os candidatos ao Senado pela Paraíba. Com o indeferimento da sua candidatura, elegeram-se os peemedebistas Vital do Rego Filho e Wilson Santiago, com 869.501 e 820.653 votos, respectivamente. Cássio tinha concorrido com o registro indeferido por decisão do TRE da Paraíba.

Em uma decisão apertada, os ministros do TSE mantiveram, em 21 de outubro do ano passado, o candidato mais votado ao Senado na Paraíba fora da disputa. A razão de ele ter sido barrado na época foi a condenação por abuso de poder político e conduta vedada a agente público em 2009 pelo próprio TSE em 17 de fevereiro de 2009.

Mandato
Segundo Cunha Lima, seu mandato terá como base uma oposição de resultados, com fiscalização do Executivo e apresentação de alternativas. Ao deixar o Senado na quarta-feira, ele disse que sua posse é uma forma de fazer justiça ao povo da Paraíba e um ato de respeito à soberania do voto. O tucano afirmou que já foi deputado, prefeito e governador e nunca sofreu condenação ou teve contas rejeitadas. “Mais que uma ficha limpa, eu tenho uma vida limpa”, disse à Agência Senado.

No dia que esteve em Brasília, o tucano se encontrou com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), acompanhado da bancada do partido na Casa. Depois, passou pelo plenário e sentou na cadeira que passará a ocupar ainda na primeira quinzena de novembro. “Em breve, estarei sentado nesta cadeira definitivamente. O povo é quem decide quem pode sentar nela”, disse Cássio no Twitter, ao publicar uma foto sua dentro do plenário do Senado.

Com informações do Congresso em Foco










Contra o câncer
Atualizado em: 29/10/2011 - 5:24 pm


Políticos brasileiros lamentaram neste sábado (29) a notícia de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está com um tumor malígno na laringe. Lideranças de diferentes partidos manifestaram apoio à recuperação de Lula, tão logo foram informados sobre o diagnóstico de câncer do ex-presidente.

“Manifestamos toda nossa solidariedade, nossos votos de muita saúde. Temos confiança de que o presidente Lula vai recuperar sua saúde e passar essa adversidade”, disse o tucano Geraldo Alckmin, governador de São Paulo.

Leia ainda:
Ex-presidente Lula é diagnosticado com câncer na laringe  
Dilma está “muito preocupada” com doença de Lula, diz ministro 

“Estive na quinta-feira com o presidente Lula na casa dele em seu aniversário, e ele estava tão bem. Estou muito surpreso mas tenho certeza de que ele, que é um lutador e que já passou por tantos desafios na vida, vai passar mais esse. Todos nós temos fé e vamos rezar para tudo dar certo”, disse o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).

“Solidariedade ao companheiro Lula, mais um desafio que será vencido. Forte abraço ao Lula guerreiro do povo brasileiro”, disse o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP).

“Espero que o presidente Lula tenha uma rápida recuperação. O debate político ainda precisa muito da contribuição dele”, disse o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE).

O vice-presidente Michel Temer também demonstrou esperanças de que Lula terá pronta recuperação.

“Eu, como todos os brasileiros, torcemos para a pronta recuperação do ex-presidente Lula. Afinal, ele é um homem acostumado a superar desafios e limites. Com certeza vai superar mais este”, disse Temer, que comanda a delegação brasileira na Cúpula Ibero-americana e na Unasul, em Assunção, no Paraguai.

O presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp, disse que lamentava o diagnóstico e que agora é“hora de torcer e rezar por Lula”.

O senador Eunício Oliveira (PMDB) estava no interior do Ceará quando foi informado sobre o diagnóstico do ex-presidente e também manifestou apoio à recuperação de Lula. “Com sua força, Lula deu o grande exemplo de que com perseverança, boa vontade e competência podemos fazer um Brasil ainda melhor. Estou muito confiante na recuperação deste grande brasileiro e amigo”, disse.

 










Contra o câncer
Atualizado em: 29/10/2011 - 4:42 pm


Lula fará quimioterapia para tratar do tumor na laringe

O tratamento do câncer de laringe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve durar cerca de três meses. A previsão foi feita por Artur Katz, oncologista do Hospital Sírio Libanês e médico do ex-presidente, em entrevista ao site da revista VEJA. Segundo o especialista, o tumor é localizado, o que significa que ele não se espalha pelo organismo, e o tratamento começa na semana que vem com sessões de quimioterapia.

Rouquidão
Segundo José Crispiniano, assessor do Instituto Lula, o ex-presidente vinha se queixando de rouquidão. O diagnóstico do tumor foi confirmado por exames realizados nesta sexta-feira (28) e sábado (29), no Sírio Libanês.

Conforme Katz, o ex-presidente demonstrou estar animado e esperançoso com o tratamento. Lula deve permanecer no hospital até o fim da tarde, para a realização de mais exames, e depois volta para seu apartamento em São Bernardo do Campo.

Leia ainda: Ex-presidente Lula é diagnosticado com câncer na laringe

Fator de risco
De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o tabagismo é o maior fator de risco para o desenvolvimento do câncer de laringe. Lula foi fumante por cinco décadas, mas Katz diz que não é possível afirmar que esta foi a causa do tumor. “O risco de câncer na laringe é maior entre fumantes, mas algumas vezes a doença tem outras causas, como o vírus HPV”, disse.

A laringe é um órgão situado entre a traqueia e a base da língua, e o câncer de laringe é um dos que mais comumente atingem a região da cabeça e pescoço – cerca de 25% dos tumores malignos nesta área.

Com a Veja.com










Contra o câncer
Atualizado em: 29/10/2011 - 3:04 pm


Presidente Dilma Rousseff (PT) divulgou nota de apoio a Lula

No início da tarde deste sábado (29), a presidente Dilma Rousseff (PT) divulgou nota de apoio à “rápida recuperação” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

O ex-presidente da República foi diagnosticado com um tumor maligno localizado de laringe, informou neste sábado o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Leia ainda:
Ex-presidente Lula é diagnosticado com câncer na laringe  
Dilma está “muito preocupada” com doença de Lula, diz ministro

Acompanhe o que diz a nota na íntegra.

“Nota à Imprensa

Em meu nome e de todos os integrantes do governo, junto-me neste momento ao carinho e à torcida de todo o povo brasileiro pela rápida recuperação do presidente Lula.

Em meu nome e de todos os integrantes do governo, junto-me neste momento ao carinho e à torcida de todo o povo brasileiro pela rápida recuperação do presidente Lula.

Graças aos exames preventivos, a descoberta do tumor foi feita em estágio que permite seu tratamento e cura. Como todos sabem, passei pelo mesmo tipo de tratamento, com a competente equipe médica do Hospital Sírio Libanês, que me levou à recuperação total. Tenho certeza de que acontecerá o mesmo com o presidente Lula.

O presidente Lula é um líder, um símbolo e um exemplo para todos nós. Tenho certeza de que, com sua força, determinação e capacidade de superação de adversidades de todo o tipo, vai vencer mais esse desafio. Contará também, para isso, com o apoio e a força de D.Mariza.

Como Presidenta da República e ex-ministra do presidente Lula, mas, sobretudo, como sua amiga, companheira, irmã e admiradora, estarei a seu lado com meu apoio e amizade para acompanhar a superação de mais esse obstáculo.

Dilma Rousseff, Presidenta da República”










Eleições 2012
Atualizado em: 29/10/2011 - 2:36 pm


Luizianne Lins e Guilherme Sampaio

A prefeita Luizianne Lins teria comunicado ao PT nacional a escolha do vereador Guilherme Sampaio (PT) para a sucessão no Paço Municipal. A informação está na coluna Holofote da revista Veja que chega às bancas de todo o país neste final de semana.

Sob o título “Escolha na intimidade”, a coluna Holofote afirma que “a prefeita de Fortaleza Luizianne Lins, comunicou à direção nacional do PT que o candidato à sua sucessão em 2012 será o vereador Guilherme Sampaio”. E segue: “a decisão surpreende, já que Sampaio era um ilustre desconhecido até acompanhar a prefeita em viagens políticas e pessoais”.

Ainda segundo a revista, “a prefeita Luizianne, porém, terá dificuldade para emplacar seu favorito, já que o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), ameaça romper a aliança se o candidato não for alguém de mais expressão, como o deputado Artur Bruno (PT).”

Por aqui
Nos bastidores, a informação é de que o preferido de Luizianne para a sucessão municipal é o secretário de Governo e suplente de senador, Waldemir Catanho. O nome de Guilherme aparece entre os 13 petistas citados como prefeituráveis. A definição, no entanto, só seria anunciada em dezembro.

Por telefone
A coluna tentou ouvir a prefeita Luizianne Lins. Por telefone, tentamos contato com assessores da petista, mas os telefones celulares estavam desligados. Secretários do município, que preferem evitar manifestações públicas e pediram reserva, dizem que a informação não procede e que a escolha Luizianne ainda não foi divulgada.










Denúncia
Atualizado em: 29/10/2011 - 2:08 pm


Agnelo e Orlando Silva

Reportagens das edições das revistas “Época” e “IstoÉ”, que chegam as bancas de todo o país neste final de semana, apontam supostas relações entre o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e o policial militar do Distrito Federal João Dias Ferreira, que denunciou esquema de desvio de verbas no Ministério do Esporte. A denúncia de Ferreira provocou a crise política que resultou, na última quarta (26), na demissão do ministro Orlando Silva, sucessor de Agnelo no comando do Ministério do Esporte.

O advogado do governador, Luis Carlos Alcoforado, contestou as denúncias divulgadas pelas duas publicações e disse que o cliente não é investigado. O governo do Distrito Federal divulgou notas rebatendo as acusações.

Época
De acordo com a revista “Época”, a Polícia Civil do Distrito Federal flagrou diversos telefonemas entre Agnelo e Ferreira durante investigação no ano passado. Nos diálogos, segundo a publicação, os dois tratam nas conversas da produção de documentos que justificassem os gastos de organizações não governamentais (ONGs) administradas pelo policial e que receberam verba do programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte.

Segundo a revista, os diálogos foram gravados com autorização da Justiça entre 25 de fevereiro e 11 de março de 2010. Na época, Agnelo, ex-ministro do Esporte, era diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ferreira era alvo de ação do Ministério Público Federal, que cobra do policial a devolução de R$ 3,2 milhões supostamente desviados do ministério.

IstoÉ
A revista “IstoÉ” mostra trechos de um depoimento em vídeo de Geraldo Nascimento de Andrade, apontado como “testemunha-chave” do processo que tramita na 10ª Vara Criminal da Justiça Federal, em Brasília, sobre desvio de recursos do ministério por meio de convênios com ONGs.

Andrade, segundo a publicação, trabalhou para o suposto esquema como motorista, arrecadador e laranja de empresa-fantasmas. Na reportagem, ele aponta Agnelo Queiroz como o responsável pela organização do “propinoduto para sugar dinheiro no Ministério do Esporte”.

A revista também mostra reproduções de documento assinado por Agnelo Queiroz, quando era ministro do Esporte, por meio do qual informa a João Dias Ferreira sobre a liberação de material esportivo do programa Segundo Tempo para uma das ONGs comandada pelo policial militar. Também apresenta ofício por meio do qual um auxiliar de Agnelo informa sobre a liberação de dinheiro para uma ONG de Ferreira sem que, supostamente, tivesse sido feita antes prestação de contas parcial.

Advogado de Agnelo contesta
O advogado Luis Carlos Alcoforado, que representa o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, negou as denúncias divulgadas neste final de semana pelas revistas “Época” e “IstoÉ”. “Essas matérias são completamente alheias à verdade dos fatos. Elas trazem testemunhos de pessoas que falam sobre fatos que não aconteceram”, disse.

O advogado nega a existência de investigação em curso a respeito do governador. “Tenho uma certidão oficial da 10ª Vara que diz que não existe nenhum fato relacionado a Agnelo nas investigações”, disse.

Ele nega também que existam gravações com conteúdo comprometedor. “É estranho dizer que tem esse tipo de gravação e não apresentar. Se tem, então que apresente as gravações”, afirmou Alcoforado. O advogado disse também que por enquanto não recebeu nenhuma orientação do governador para responder judicialmente ás acusações. “É evidente que isso não vai ficar impune, mas não vamos trabalhar com precipitações”, afirmou.










Contra o câncer
Atualizado em: 29/10/2011 - 1:33 pm


A presidente Dilma Rousseff mostrou-se “muito preocupada” com a doença do ex-presidente Lula, diagnosticado com um câncer na laringe neste sábado (29). O ex-presidente da República foi diagnosticado com um tumor maligno localizado de laringe, informou neste sábado o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência e ex-chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, disse que foi avisado pela própria presidente Dilma sobre o diagnóstico. Segundo Carvalho, Dilma disse estar “muito preocupada“.

“Estamos todos muito preocupados, mas temos esperança da capacidade dele de superar obstáculos. Conhecemos sua energia e sua saúde. E se Deus quiser vai superar mais esse obstáculo”, afirmou Carvalho à Reuters.

Em 2009, a própria Dilma passou, com sucesso, por um tratamento contra um câncer no sistema linfático, detectado em estágio inicial.

Visita
Carvalho disse que Dilma visitará o ex-presidente Lula na próxima segunda-feira, quando ele deverá iniciar o tratamento quimioterápico, segundo nota do Instituto Cidadania, organização ligada ao ex-presidente.

“(Os médicos) estão dizendo que em três meses têm como se curar com a quimioterapia”, acrescentou o ministro.










Nacional
Atualizado em: 29/10/2011 - 12:44 pm


Lula em evento da UNE. Foto: Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciará uma quimioterapia nos próximos dias para tratar um câncer na laringe. A informação foi divulgada neste sábado (29) pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Lula, de 66 anos, esteve na manhã deste sábado (29) no Sírio-Libanês, realizando exames de rotina, quando foi diagnosticado com um tumor na laringe. O ex-presidente, que é ex-fumante, será submetido a um processo de quimioterapia para tratar o tumor.

De acordo com os médicos, ele “encontra-se bem” e fará tratamento ambulatorial. Segundo a nota oficial, “foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias”.

Leia a nota divulgada pelo hospital:

O Ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe.

Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial.

A equipe médica que assiste o Ex-Presidente é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.

Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira
Diretor Técnico Hospitalar

Dr. Paulo Cesar Ayroza Galvão
Diretor Clínico”

Aniversário
Nesta quinta-feira (27), Lula comemorou seu aniversário no Instituto Lula, na capital paulista. Um bolo foi oferecido pelos funcionários e o ex-presidente fez questão de “dividir” com cada internauta que enviou mensagens de parabéns.

Veja o vídeo em que Lula agradece as mensagens de aniversário dos internautas:










Congresso
Atualizado em: 29/10/2011 - 11:32 am


Foto:Alberto Gonzales/Creative Commons

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal realiza audiência pública na segunda-feira (31), às 9h, para discutir o novo Código Florestal.

Deverão participar da audiência representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, de povos indígenas, de quilombolas e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), além de especialistas no assunto.

De um modo geral, todos os convidados para a audiência pública têm expressado posições contrárias ao relatório do deputado licenciado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) sobre o assunto.

CNBB
No dia 21 do mês passado, data em que foi comemorado o Dia da Árvore, em evento na CNBB, o secretário-geral da entidade, Dom Leonardo Steiner – um dos convidados para a audiência pública – mencionou vários pontos do texto do Código Florestal aprovado pelos deputados que, na avaliação da CNBB, precisariam ser alterados.

Na opinião de Dom Leonardo Steiner, o novo código precisa garantir a conservação e o uso sustentável das florestas em todos os biomas brasileiros e tratar de forma diferenciada agricultores familiares e populações tradicionais.

Convidados
Além de Dom Leonardo Steiner, estão convidados para a reunião o ex-ministro do Meio Ambiente José Carlos Carvalho; o advogado e coordenador do Programa de Política e Direito do Instituto Socioambiental; o dirigente do MST João Paulo Rodrigues Santos; a representante da Comissão Nacional Permanente da Articulação dos Povos Indígenas (Apib), Rosane de Mattos; o secretário-executivo do Conselho Indigenista Missionário, Cleber Cezar Buzato; e o coordenador nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas, Ivo Fonseca.

Com informações da Agência Senado










Greve
Atualizado em: 29/10/2011 - 10:59 am


Servidores em greve no campus de Quixadá

Na próxima segunda-feira (31), representantes do Sindicato dos Servidores Públicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) terão uma reunião com o reitor Claudio Ricardo Gomes para dar continuidade às negociações sobre o fim da greve da categoria.

Na última sexta-feira (28), representantes do Sindicato e da Reitoria definiram a criação de grupos de trabalhos para dar vasão aos trabalhos acumulados. Os servidores do IFCE paralisaram suas atividades no mês de agosto.

O sindicato exige a criação de um regimento geral para a instituição, além da aplicação do orçamento da assistência estudantil e o regime de trabalho dos servidores. Uma assembleia geral da categoria, que ainda não foi marcada, vai debater a possível suspensão da greve.

Em âmbito nacional, a paralisação dos servidores da rede de educação profissional foi suspensa no dia 22 de outubro. Nos campi de Acaraú, Aracati, Cedro, Crato, Iguatu e Juazeiro do Norte, as atividades já foram retomadas.

Leia mais:
Professores do IFCE fecham cruzamento e fazem protesto em Quixadá
Prejuízos em quase 2 meses de greve dos servidores do IFCE

Da Redação do Jangadeiro Online, com informações da reitoria do IFCE










Ceará
Atualizado em: 29/10/2011 - 8:23 am


Municípios das regiões do Cariri e Ibiapaba recebem neste fim de semana a II Conferência Estadual de Políticas Públicas de Juventude do Ceará. O evento reunirá jovens de vários municípios das duas regiões.

No sábado (29), o evento será realizado na Escola Estadual de Ensino Profissionalizante (EEEP) Otília Correia Saraiva, em Barbalha. Já no domingo (30), a Conferência segue para a Etapa Territorial da Serra da Ibiapaba e acontece em Tianguá, na EEEP Sebastião Vasconcelos Sobrinho, no bairro Aeroporto.

Segundo o Governo do Estado, a conferência é um espaço de cidadania participativa, onde os jovens cearenses têm a oportunidade de apresentar suas propostas, reivindicações e demandas em relação às Políticas Públicas de Juventude (PPJ’S).

Leia Mais:
Itapipoca recebe Conferência Territorial de Juventude
Conferência discute os direitos da juventude em Iguatu

Com informações do Governo do Estado