Fortaleza, Vídeos
Atualizado em: 26/09/2011 - 6:23 am


Faltam menos de mil dias para o início da Copa do Mundo de 2014. Cresce a expectativa da população pelas obras de melhorias nas cidades-sedes, mas em Fortaleza, apenas a reforma do estádio Castelão avança. O Jornal Jangadeiro exibe uma série de reportagens sobre os projetos de melhorias para a capital cearense e também a ansiedade da população que até agora viu pouca coisa sair do papel.

Acompanhe a reportagem do Jornal Jangadeiro










Fortaleza, Vídeos
Atualizado em: 25/09/2011 - 6:18 pm


Orçamento Participativo. Uma ferramenta administrativa criada em 2005 pela Prefeitura de Fortaleza que permite a população priorizar algumas obras e serviços para a cidade. O problema é que, infelizmente, essa importante conquista da sociedade vem se tornando uma grande frustração, diante da demora na execução dos projetos. Para muitos, o OP, termo usado para abreviar o orçamento participativo de Fortaleza, tem uma tradução bem mais simples: obra parada.

Acompanhe a reportagem do Jornal Jangadeiro










Bastidores
Atualizado em: 25/09/2011 - 5:29 pm


 

Sob comando de Carlos Luppi, Ministério do Trabalho vira balcão do PDT

“Todos são filiados ao PDT, o que pesou, sim, para suas nomeações”, disse o ministro ao Estado, confirmando a lista de correligionários que nomeou. “Reitero que todos os seus cargos são de livre provimento”,completou. No jargão burocrático, isso significa que Lupi considera caber a ele preencher os cargos da forma que entender melhor. A informação está na reportagem de Iuri Dantas e Marta Salomon do Estadão.com. que mostra que Carlos Lupi mantém dez integrantes da Executiva Nacional do seu partido em postos de comando do ministério.

Panella e Lupi são amigos há 25 anos, segundo o próprio ministro. Os dois chegaram a ser sócios no Rio de Janeiro, no Auto Posto São Domingos e São Paulo, mas a falta de alvarás não permitiu o funcionamento do negócio.

Sucessor de Leonel Brizola na presidência do PDT, Lupi chegou ao bloco F da Esplanada dos Ministérios em 2007, após perder a disputa para governar o Rio e ter apoiado a reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva. Ele tirou licença do comando do PDT para assumir o ministério, mas continuou mandando na legenda, numa confusão de fronteiras entre o cargo no governo e a militância partidária.

Loteamento
O critério político-partidário pesou na escolha de alguns dos principais cargos do ministério. Além de Lupi, o secretário executivo da pasta, Paulo Roberto Santos Pinto, também é integrante da Executiva Nacional. Da mesma forma, comandam o partido quatro assessores diretos do ministro: o secretário de Políticas para o Emprego, Carlo Roberto Simi, e a diretora de Qualificação, Ana Paula da Silva.

Completam a lista dois coordenadores-gerais: o responsável por Estudos, Anderson Brito Pereira, e Rafael Oliveira Galvão, que cuida de empreendedorismo juvenil. A Fundacentro, instituição de pesquisa sobre segurança do Trabalho, vinculada ao ministério, também é comandada por um membro da Executiva do PDT, Eduardo de Azeredo Costa. Neste ano, a Fundacentro recebeu R$ 45,7 milhões.

O Estado apurou que Panella tinha ascendência sobre os demais pedetistas. A maioria dos secretários ia ao seu gabinete despachar. Isso significa que a proximidade com Lupi se impunha à hierarquia do ministério.

Do Estadão










Agenda
Atualizado em: 25/09/2011 - 4:36 pm


Será realizado na próxima quarta-feira (28) o debate “Políticas de Educação Infantil no Contexto do Plano Nacional de Educação”. O evento acontece no Auditório Vanir Chagas, da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O evento, aberto ao público, é uma promoção do Observatório de Políticas Públicas no Estado do Ceará (OPP/UFC), que tem o objetivo de analisar e avaliar as políticas públicas implementadas pelos governos federal, estadual e municipais no Ceará, contando com apoio da Pró-Reitoria de Extensão e do Mestrado em Avaliação de Políticas Públicas (MAPP) da UFC.

Redação Jangadeiro Online, com informações da UFC










Ceará
Atualizado em: 25/09/2011 - 3:21 pm


A Central de Conciliação do Fórum Clóvis Beviláqua inicia na segunda-feira (26), o mutirão envolvendo 1.516 ações de cobrança de pensão alimentícia em atraso. As audiências ocorrerão até sexta-feira (30), das 9h às 11h e das 13h30 às 17h30, no 1º Salão do Júri.

Segundo a coordenadora da Central, juíza Jane Ruth Maia de Queiroga, a iniciativa tem a finalidade de promover o diálogo entre os litigantes, de modo a solucionar os conflitos. Atualmente, cerca de cinco mil ações de pensão alimentícia tramitam na Comarca de Fortaleza.

Na primeira fase, o mutirão contemplará cinco Varas de Família da Capital (6ª, 9ª, 12ª, 13ª e 15ª), que possuem maior quantidade de ações dessa natureza. A juíza ressalta que os devedores com mandado de prisão em aberto e os que já estão detidos por ordem judicial poderão participar das conciliações.

De acordo com a juíza, os acordos beneficiam tanto o devedor, que evitará o constrangimento da prisão, quanto o credor, que poderá regularizar o recebimento da pensão. Para isso, é necessário haver o diálogo entre as partes. “É o que se espera com o mutirão. A promoção da justiça e da paz social”.

Leia mais:
TJCE promove mutirão para agilizar processos de pensão alimentícia
Filhos ganham direito de requerer pensão alimentícia após maioridade

Com informações do site do TJCE










Ceará
Atualizado em: 25/09/2011 - 1:44 pm


A Secretaria Especial da Copa 2014 irá apresentar na próxima segunda-feira (26) o andamento das obras de modernização e ampliação do estádio Plácido Aderaldo Castelo, o Castelão, para representantes do Ministério Público Estadual. A iniciativa surgiu de um convite do secretário especial da Copa 2014, Ferruccio Feitosa, à Procuradora Geral de Justiça do Estado do Ceará, Socorro França.

Atualmente a refor’ma de modernização e ampliação do Castelão está com 40,44% de execução. De acordo com o último relatório elaborado pelo Consórcio Construtor, a expectativa é chegar ao fim de setembro com 43% e encerrar o ano com metade de toda a obra concluída, a tempo de participar da Copa das Confederações.

Preparativos para o Mundial
As obras do estádio Castelão envolvem recursos da ordem de R$ 518.606 milhões, que incluem todas as intervenções internas e externas e a operação do estádio por oito anos. Iniciada em 13 de dezembro de 2010, mais de 800 operários trabalham em três turnos na obra, que já está com sua primeira etapa concluída e as outras três em andamento.

Leia mais:
Visitas às obras do Castelão serão sorteadas

Copa 2014 abre 505 oportunidades de negócios em Fortaleza

Secretário de Turismo do Ceará apresenta projetos para a Copa de 2014 nesta quinta

Com informações da assessoria da Secretaria Especial da Copa










Ceará
Atualizado em: 25/09/2011 - 10:33 am


Nesta segunda-feira (26), a 22ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua dará início a um mutirão para resolução de litígios como ações ordinárias, reintegrações de posse, indenizações, dentre outras.

Segundo a juíza Maria Valdenisia de Sousa Bernardo, “o objetivo do mutirão é resolver os litígios de forma mais ágil, buscando acordos viáveis para as partes envolvidas”. As 75 audiências agendadas acontecerão até o dia 30, das 12h às 18h.

O mutirão também vai contribuir para o descongestionamento da 22ª Vara Cível. Mais de 6.500 processos tramitam na unidade.

Da Redação do Jangadeiro Online com informações do TJCE










Partidos
Atualizado em: 25/09/2011 - 8:13 am


"Evito me meter na crise dos outros", disse Luizianne ao ser questionada sobre o racha no PSB. Foto: reprodução da TV Jangadeiro

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), evitou polêmica quando questionada sobre a disputa interna do Partido Socialista Brasileiro (PSB) entre a ala comandada por Sérgio Novais e o grupo ligado aos irmãos Ferreira Gomes.

“Evito me meter na crise dos outros”, disse a petista que, em seguida justificou o silêncio afirmando que como presidente do PT no Ceará, não deve interferir em questões internas de outras siglas.

“O PSB no Ceará sempre foi um partido sólido, ideológicamente comprometido, um partido que tem uma história. A única coisa que eu posso dizer é isso. E eu espero que essa história do PSB, ela continue. O partido sempre foi uma referência e um aliado importante para o PT doEstado”, enfatizou.

Sobre a participação de secretários e pessoas ligadas a gestão do município, Luizianne Lins disse que “as pessoas tem o direito de se manifestar” e que, como prefeita, não pretende impedir tais manifestações.

“Eu não vou tutelar ninguém. As pessoas tem direito de se manisfestar politicamente e ideologicamente. Por que do outro lado também tinha secretário meu, compreende? Eu não vou me meter, me posicionar. Até por quê esse não é um problema do governo. As pessoas estavam lá como militantes do PSB ou simpatizantes da polêmica que estava havendo”, ponderou Luizianne.

As declarações foram dadas durante passagem de Luizianne pela obra do Hospital da Mulher, na última sexta-feira (23), por ocasião da posse de Ana Maria Fontenelle na secretaria de Saúde do município.

Acompanhe a entrevista de Luizianne Lins










Economia
Atualizado em: 24/09/2011 - 5:48 pm


O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

A atual projeção do Banco Central (BC) de crescimento de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2011, deve ser revisada para baixo e apresentada no Relatório de Inflação no fim do mês, caso a turbulência econômica global persista, admitiu na sexta-feira (23) o presidente da instituição, Alexandre Tombini. Ele participou de um evento promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em Washington.

Segundo o presidente do BC, há um risco maior de agravamento da crise global. No entanto, ele disse que o Brasil está bem preparado para enfrentar eventuais problemas, com um sistema financeiro sólido e robusto.

Nesta semana, o Fundo Monetário Internacional (FMI) já reduziu as projeções de crescimento para a economia brasileira de 4,1% para 3,8%. O mercado também vem reduzindo suas previsões para o PIB brasileiro. Segundo o último Boletim Focus, levantamento semanal do Banco Central com base em consultas a instituições financeiras, a expectativa é avanço de 3,52% neste ano.

Dólar
Em relação ao dólar, Tombini declarou que o BC está atento à evolução do mercado de câmbio e tem os instrumentos necessários para garantir que ele funcione da forma adequada. “Toda a vez que nós sentirmos a necessidade de entrar no mercado, o BC estará lá para assegurar a tranquilidade no funcionamento do mercado de câmbio no Brasil”.

As declarações foram feitas um dia após o BC ter anunciado a retomada das operações de swap cambial (que equivalem à venda de dólares no mercado futuro) pela primeira vez desde junho de 2009, para conter a alta da moeda americana, que ultrapassou a barreira de R$ 1,90, maior cotação em mais de um ano.

Tombini ressaltou ainda que a alta do dólar segue um movimento de aversão internacional ao risco em meio à lenta recuperação da economia dos Estados Unidos e o agravamento da situação fiscal na União Europeia. 

O presidente do BC garantiu que a instituição está monitorando o impacto das variações cambiais sobre os preços. “Temos de ver onde esse novo padrão do câmbio internacional vai se estabilizar nos próximos dias, semanas”, afirmou. “O impacto das variações de câmbio sobre os preços internos tem diminuído ao longo do tempo no Brasil. E nós vamos avaliar sempre essas condições no nosso trabalho no BC.”

Com informações da Agência Brasil e da BBC Brasil










Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 24/09/2011 - 3:11 pm


Ciro Gomes na abertura do Ciclo de debates do PSB

O diretório municipal do PSB em Fortaleza, eleito por opositores da ala ligada a Sérgio Novais, realizou neste sábado (24) a segunda edição do Ciclo de debates. Durante o evento, a sigla divulgou lista com nomes de pré-candidatos à Câmara de vereadores da capital, para a eleição de 2012.

Debates
Lideranças do PSB como o ex-deputado federal Ciro Gomes; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cláudio; e o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa; acompanharam o evento que contou ainda com a participação de deputados, vereadores, prefeitos do interior e do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda.

Na ocasião, Márcio Lacerda falou os filiados da sigla sobre a experiência na Gestão de Metrópoles“.  A ideia do partido, a partir desses encontros, é formatar até abril de 2012 um projeto para Fortaleza com base nas discussões de temáticas com diversos segmentos da sociedade.

Para ampliar, clique na imagem

Lista
Ainda durante o evento, o partido anunciou uma lista prévia com nomes de 37 pré-candidatos que poderão disputar as eleições proporcionais em Fortaleza, no ano que vem. Na relação, atuais vereadores da sigla como Elpídio Nogueira, suplentes de vereador, servidores públicos, professores, jornalistas, médicos, advogados, entre outros.

Para ampliar, clique na imagem

Destaques
Fazem parte da lista, o procurador Geral da Assembleia Legislativa, Reno Ximenes; Alan Aguiar, ex-secretário de Turismo do Ceará; Tânia Gurgel, ex-deputada pelo PSDB e diretora do IDECE e Nival Freire, superintendente adjunto da Polícia Civil do Ceará.

Veja a relação completa nas imagens ao lado.

Executiva
O evento ainda serviu para a apresentação oficial da Executiva municipal do PSB, eleita no último dia 15 de Setembro após um racha entre aliados do ex-vereador Sérgio Novais e aliados do governador Cid Gomes, presidente estadual da sigla no Ceará.

Leia mais:
PSB promove encontro com prefeito de Belo Horizonte neste sábado
Racha no PSB: Grupo elege nova executiva e mantém Sérgio Novais no comando
 
Racha no PSB: José Sarto diz que foi agredido e acusa Novais de contratar capangas 

Veja o vídeo: Em reunião tumultuada, Sérgio Novais é destituído e Karlo Kardoso é eleito novo presidente do PSB em Fortaleza 

Acompanhe as imagens do evento que foram ao ar no Jornal Jangadeiro










Ceará
Atualizado em: 24/09/2011 - 1:57 pm


A Assembleia Legislativa vai realizar mais uma edição da Jornada Municipalista na próxima segunda-feira (26), a partir das 9h. Na ocasião, vinte e cinco municípios que aniversariaram ou se emanciparam no mês de agosto vão ser homenageado. Durante o evento também será lançada a cartilha “O que você precisa saber sobre limites territoriais”.

Limites
A solenidade vai contar com a presença do secretário da Fazenda, Mauro Filho e o presidente do IPECE – Instituto de Pesquisas do Ceará, Flávio Ataliba que vão ministrar palestras. O primeiro, mostrando projetos que estão sendo realizados nas regiões homenageadas e o segundo, abordando o tema: limites territoriais.

Municípios homenageados
Serão homenageados os municípios de Quixeramobim, Russas, Barbalha, Santa Quitéria, Baturité, Jaguaretama, Morada Nova, Pedra Branca, Pentecoste, Caririaçu, Viçosa do Ceará,Lavras da Mangabeira, Limoeiro do Norte, Uruburetama, Aracoiaba, Brejo Santo, Pereiro, Ubajara, Itapipoca, Milagres, Senador Sá, Caridade, Palmácia e Tururu.










Ceará, Nacional
Atualizado em: 24/09/2011 - 1:49 pm


Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante visita a mães atendidas pelo projeto no Ceará.

O programa Trevo de Quatro Folhas, implantado em 2001 no município de Sobral, no Ceará, de mães cuidadoras que ajudam mães e crianças carentes em risco e que não têm apoio familiar vai ser aplicado em todo o país, começando pelo Nordeste, especialmente em municípios onde a mortalidade infantil é mais alta. A informação é de María Elisa Bernal, coordenadora de um concurso promovido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) da Organização das Nações Unidas (ONU), para selecionar iniciativas empreendedoras em inovação social que inspiraram políticas públicas regionais.

Os projetos selecionados foram apresentados na sexta-feira (23), durante evento na Fundação Getulio Vargas (FGV). Segundo María Elisa, os projetos vão ser replicados em vários locais. “Tivemos a notícia de que o projeto [Trevo de Quatro Folhas] será implementado em todo o território brasileiro, iniciando pelo Nordeste em municípios onde há mais mortalidade infantil. O Ministério da Saúde já o assumiu como seu e irá dar continuidade. Esse é o nosso ideal”.

Trevo
O programa Trevo de Quatro Folhas conta com a participação das chamadas mães sociais, que são mulheres da própria comunidade com a função de acompanhar mães e crianças em risco e sem o apoio da família. Elas recebem capacitação como cuidadoras nas residências ou hospitais e trabalham para promover saúde, prevenir complicações e partos prematuros, além de dar apoio à amamentação e trabalhar pelo fortalecimento da autoestima das mulheres e dos vínculos familiares.

Segundo a representante do Trevo de Quatro Folhas, Francisca Júlia dos Santos Souza, os trabalhos do grupo começaram com o apoio às mães carentes que não tinham com quem deixar seus filhos quando davam à luz a outro bebê. “O Trevo veio para resolver essa questão. Hoje, temos muitas mulheres capacitadas como mães sociais que assumem as tarefas domésticas da gestante carente para que ela possa ter repouso quando precisa e para que ela tenha com quem deixar os outros filhos para ir às consultas médicas”.

Com informações da Agência Brasil










Articulação, Nacional
Atualizado em: 24/09/2011 - 12:08 pm


Presidente Dilma Rousseff (PT)

Apesar de ter recebido um ofício em tom de intimação do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, a presidente Dilma Rousseff (PT) decidiu que não vai refazer a proposta do Orçamento do ano que vem para incluir o reajuste salarial do Judiciário. O governo, no entanto, já sabe,que o Congresso está disposto a aprovar o aumento, o que faz a equipe econômica temer pelo pior: que o reajuste desate reivindicações em série por aumentos em setores do funcionalismo que têm salários bem menores, como militares, Receita e da Polícia Federal.

O ofício de Peluso, encaminhado na quinta-feira da semana passada, pergunta se Dilma pretende incluir, na proposta orçamentária, para o próximo ano, recursos para garantir os reajustes dos juízes e funcionários. Foi enviado um dia após a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, ter dito no Congresso que o governo não trabalha com a possibilidade de elevação das remunerações do Judiciário em 2012. O custo total do aumento do Judiciário é de R$ 8,350 bilhões. Isso faria com que os salários dos ministros do STF saltassem de R$ 26.723,13 para R$ 32 mil.

Depois de tirar do Orçamento o aumento pedido pelos juízes, o máximo que o Planalto aceitou, quando o Supremo reclamou do corte, foi enviar a proposta de reajuste para a Comissão Mista do Congresso. “Mas a proposta orçamentária oficial, a que o governo enviou no dia 31 de agosto, não será mexida pelo Planalto“, disse um assessor da Presidência.

Recomposição
Para os representantes dos magistrados e dos servidores do Judiciário e do Ministério Público, eles não estão pedindo um reajuste, mas apenas uma “recomposição monetária” de um segmento que não tem reajuste desde 2006 – o que não é verdade, pois entre janeiro de 2002 e dezembro do ano passado, os ministros do STF tiveram um aumento real de 34%.

Temos que ter um juiz para resolver isso (liberação do aumento) e o parlamentar é que fará esse papel“, disse o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Nelson Calandra. O coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário e MPU no DF, Berilo José Leão Neto, disse que os parlamentares já estão “sensíveis” ao pedido de “recomposição”. “Estou bastante confiante.

O grande temor do governo é de que o aceno do Congresso abra uma fila de categorias reivindicando o mesmo reajuste. Diante da defasagem dos salários médios comparados com os do Judiciário (R$ 12 mil) e do Ministério Público (R$ 20 mil), a expectativa é de que os militares que recebem, em média, R$ 4,8 mil façam uma pressão enorme por reajuste. A mesma atitude deverá ser adotada pela Receita Federal e a Polícia Federal, que têm salários médios de R$ 16,8 mil e R$ 16,3 mil, respectivamente.

Leia ainda:
Assembleia autoriza Estado a pagar R$ 94 milhões a juízes e membros do Ministério Público

Fonte: Estadão.com










Opinião
Atualizado em: 24/09/2011 - 10:47 am


Para o bom gestor, indagações não são ofensas

Por Wanderley Filho*

Em seu esforço para mostrar algum serviço na reta final do mandato à frente da capital cearense, a prefeita Luizianne Lins voltou a visitar as obras do Hospital da Mulher, promessa antiga e principal vitrine de suas campanhas eleitorais. (Veja aqui.)Na ocasião, indagada por jornalistas sobre o prazo de conclusão da estrutura, a prefeita se recusou a dar uma data e responsabilizou a imprensa por essa postura.

Segundo Luizianne, estabelecer um plano de entrega servirá apenas para a imprensa focar na cobrança do prazo, deixando de lado a essência benevolente da obra. Como o leitor já deve estar desconfiando, os jornais entram aí como bodes expiatórios para que a prefeita não tenha que se explicar sobre os evidentes atrasos da construção.

Longe de ser um capricho impertinente dos profissionais da imprensa, a prática de definir datas de conclusão para obras é inerente a qualquer trabalho e existe muito antes de Luizianne ter sido eleita prefeita. Serve para dimensionar custos, inteirar os contribuintes sobre a execução do projeto, dar transparência à evolução do trabalho e facilitar o planejamento da linha de balanço, evitando eventuais desperdícios. Por isso, perguntar sobre prazos não é uma opção do jornalista, mas uma obrigação. Já para o gestor, isso não deveria ser visto como uma provocação, mas como uma oportunidade de mostrar eficiência e ser claro com a população.

Entretanto, é preciso reconhecer que a prefeita de Fortaleza tem seus méritos. Ao contrário do secretário das Cidades, Camilo Santana, no escândalo dos banheiros, Luizianne não responsabiliza subalternos de segundo escalão pelo que não dá certo em sua gestão. E diferentemente do governador Cid Gomes, que evitou falar com a imprensa após a reunião com o comando de greve dos professores estaduais, realizada sob impacto das novas  denúncias sobre um possível escândalo nos empréstimos consignados, a prefeita pelo menos aparece para dar alguma satisfação, ainda que de forma vaga e despropositada.

Resumindo: Luizianne mostra o rosto na esperança de mudar a imagem desgastada, enquanto Cid evita a imprensa, na esperança de que mudem de assunto e assim não seja obrigado a dar explicações sobre revelações constrangedoras.

Wanderley Filho é historiador e estudante de jornalismo.










Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 24/09/2011 - 8:42 am


Inácio Arruda é o nome mais cotado para a disputa da prefeitura de Fortaleza, pelo PCdoB, em 2012. Foto: Agência Senado

O diretório municipal do Partico Comunista do Brasil em Fortaleza, realiza neste final de semana, dias 24 e 25, conferência  para “debater os próximos desafios do PCdoB na capital, onde o partido planeja lançar uma candidatura para disputar a Prefeitura em 2012“.

Em nota à imprensa para divulgar o evento, a sigla avalia que sua atuação “junto aos movimentos sociais e às forças políticas aliadas” lhe dá “legitimidade para administrar a 5ª maior capital do país”.

No comunicado, Luis Carlos Paes, Presidente do Comitê Municipal de Fortaleza, destaca a unidade partidária em relação ao posicionamento para as eleições. 

“Em Fortaleza, o Partido em peso apoia a ideia de construirmos um projeto ousado para 2012 que implica no lançamento de uma candidatura própria a Prefeitura de Fortaleza. Pretendemos construí-lo de forma ampla, com a participação de outras forças democráticas e progressistas de nossa cidade e com todos aqueles que queiram uma Fortaleza mais moderna, justa e humana”.

Serviço: Confererência Municipal do PCdoB em Fortaleza
Data: 24 e 25 de setembro
Local: Auditório do IFET-CE (Av. 13 de Maio, 2081 – Benfica)

Com informações do PCdoB Ceará