Câmara Municipal
Atualizado em: 04/10/2011 - 1:28 pm


O Colégio de Líderes da Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, nesta segunda-feira (3), mudanças no procedimento para a realização das sessões do Legislativo Municipal. A alteração prevê a administração do tempo disponível para pronunciamentos de vereadores da oposição e da bancada governista.

A reunião com a participação de vereadores representantes da Maioria e da Minoria dos partidos tem a função de negociar a agenda parlamentar, portanto, pode resultar em decisões como a  que limitou os pronuncimentos da oposição e da situação. Com isso cada bloco só terá acesso à tribuna, por meio de um revezamento, às quartas e quintas-feiras.

Crítica da oposição
O vereador Plácido Filho, líder do PDT, considera a mudança “um retrocesso na política” e uma forma de “calar a oposição”. O parlamentar disse, ao Jangadeiro Online, que não faz diferença se a bancada governista falar todos os dias, ou não, já que “a única função deles é elogiar a administração da prefeita”. Já a oposição perde, pois, “todos os dias há críticas ao governo, que fazem toda a diferença”.

Segundo Plácido, não houve como mudar a decisão do Colégio de Líderes, já que este é composto por um representante de cada sigla, o que contabiliza cinco vereadores de oposição e 12 da bancada do governo. Para ele, a alteração “ingessou o parlamento. Tirou o sentido das sessões. É melhor fechar a Câmara”.

Avaliação de especialista
O cientista político e professor da UFC, André Haguetti, criticou a mudança. Para ele, “fala-se, quando se tem o que falar”, portanto não seria correto fazer a limitação, “assim não tem mais oposição”.

O especialista disse ainda que “a situação não precisa falar, isso é uma maneira de calar a oposição”

Outras limitações
Não é a primeira medida tomada este ano para restringir a comunicação na Câmara de Vereadores da capital. No dia 3 de fevereiro, foi aprovada mudança no regimento interno da Casa, proibindo a veiculação de vídeos, imagens e depoimentos nas sessões plenárias, cujo conteúdo “venha a ofender autoridades constituídas e atentem contra o decoro parlamentar”, como diz o site da Câmara Municipal.

O outro lado
O Jangadeiro Online tentou ouvir a manifestação dos aliados da prefeita Luizianne Lins. Por telefone, foram feitos contatos com as assessorias dos vereadores Guilherme Sampaio (PT, líder da bancada petista na CMFor); Ronivaldo Maia (PT, líder da prefeita na CMFor) e com o presidente da Câmara, vereador Acrísio Sena.

Segundo a assessoria de Ronivaldo Maia, o vereador estava em reunião com o presidente do Legislativo e, por isso, não poderia atender a imprensa. Já o vereador Guilherme Sampaio não foi localizado através do telefone celular.

O que diz a CMFor
A Assessoria de comunicação da Câmara Municipal de Fortaleza informou à Culuna, por telefone, que a decisão do Colégio de Líderes foi consensual e que a proposta não partiu da Mesa Diretora e sim dos próprios vereadores. A ideia, de acordo com a assessoria, é organizar a participação dos convidados da chamada “Tribuna Livre” e permitir a maior manifestação dos mesmos.

A assessoria informou ainda que, segundo a decisão do Colégio de Líderes, fica regulamentada a participação dos convidados na Tribuna Livre a cada 15 dias e apenas nessas ocasiões não haverá o espaço reservado para as falas das lideranças de situação, oposição e partidárias.










Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 04/10/2011 - 12:55 pm


O presidente estadual do PSDB, Marcos Cals, coordena a articulação da sigla de olho nas eleições de 2012.

O PSDB promoveu reunião nesta terça-feira (4), na sede do partido, para inicar os preparativos para as eleições municipais de Fortaleza. Para o presidente estadual da sigla, Marcos Cals, o momento é propício para os tucanos.

“Os nossos filiados estão empolgados e com o sentimento de que o PSDB será vitorioso nas eleições em Fortaleza, pois as pessoas estão decepcionadas com a atual gestão”, explica. 

Bancada
Marcos Cals informou que a perspectiva dos tucanos é fazer três ou quatro vereadores na capital, e que para isso o partido já conta com 47 filiados pré-candidatos a uma vaga na Câmara. “Queremos chegar a 55 nomes que serão lançados para disputar as vagas na Câmara Municipal de Fortaleza”, disse.

Formação
O PSB pretende realizar dois encontros mensais para trabalhar suas candidaturas. A formação dos candidatos vai contar com cursos de formação política, oratória, consultoria jurídicas e contábeis. A próxima reunião está marcada para o dia 29 de agosto, às 9 horas, na sede do partido em Fortaleza.

Prefeitura
Os tucanos também pretendem lançar candidatura própria para a Prefeitura de Fortaleza, mas o nome ainda não foi definido. Entre os cotados estão Marcos Cals, Fernando Hugo, Maia Júnior e Pedro Fiúza.










Eleições 2012
Atualizado em: 04/10/2011 - 12:39 pm


Os políticos que pretendem concorrer às eleições municipais de 2012 em local diferente de onde estão registrados devem alterar os domicílios eleitorais até esta sexta-feira (7). A data precede em um ano o próximo pleito para prefeitos e vereadores.

A legislação determina que o pedido de registro do candidato seja negado se ele não provar que está concorrendo no local de seu domicílio eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nas eleições municipais de 2008, a corte recebeu 43 processos questionando a comprovação do domicílio eleitoral de pré-candidatos.

Comprovações
O Código Eleitoral determina que o interessado deve pedir a transferência ao juiz do novo domicílio, apresentando título de eleitor e comprovação de pelo menos um ano de registro no local anterior. Também deve comprovar residência mínima de três meses no novo domicílio – atestada pela autoridade policial ou provada por outros meios.

Exceções
O TSE, no entanto, abre exceções para essa última regra, pois a corte entende que o conceito de domicílio eleitoral é mais amplo que o de domicílio civil. De acordo com jurisprudência do TSE, domicílio eleitoral “é o lugar em que a pessoa mantém vínculos políticos, sociais e econômicos. A residência é a materialização desses atributos”.

Por esse motivo, a corte entende que não é necessária a apresentação de comprovante de residência, se a antiguidade desses vínculos for provada.

Filiação
O dia 7 de outubro também é a data limite para que candidatos a cargo eletivo nas eleições de 2012 estejam com a filiação deferida pelo partido. É o que deve ocorrer no caso do PSD, que, desde a última quinta-feira (29), foi liberado para receber novos filiados.

Leia mais:
Primeiro Plano especial sobre eleições 2012 começa com Renato Roseno e Marcelo Mendes
MP se prepara para eleições municipais 2012
Eleições 2012: PSB de Fortaleza lança lista de pré-candidatos à Câmara Municipal

Com informações da Agência Brasil










Denúncia
Atualizado em: 04/10/2011 - 12:24 pm


Manoel Jeová assumiu no último dia 30 e promove auditoria na prefeitura de Icapuí

O prefeito em exercício de Icapuí, no Litoral Leste do Estado, denunciou um rombo de R$ 19 milhões na prefeitura. Segundo Manoel Jeová da Silva (sem partido), conhecido como “Cadá”- que assumiu o gabinete da Prefeitura no último dia 30 de setembro com a cassação do ex-prefeito José Edilson da Silva (PSDB) -, o déficit nas contas públicas pode ser ainda maior.

Manoel Jeová, em entrevista ao Jangadeiro Online, afirmou que devido à falta de verbas, diversos serviços fundamentais, como saúde, educação e infraestrutura estão deixando de ser feitos no município.

Prefeito cassado
No dia 19 de setembro, o ex-prefeito de Icapuí, José Edilson da Silva (PSDB), conhecido como Irmão Edilson, e seu vice, Heverton Costa da Silva, tiveram seus mandatos cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE), por abuso de poder político e econômico.

Segundo a denúncia, enquanto exercia o primeiro mandato como prefeito, Irmão Edilson teria contratado 484 servidores temporários, sem concurso público, no primeiro semestre de 2008, fato que beneficiou sua reeleição.

Auditoria nas contas
Imediatamente após a decisão do TRE, o vereador Manoel Jeová da Silva assumiu o cargo, exonerou os secretários e montou uma auditoria nas contas do município, que, até o momento, identificou um rombo de R$ 19 milhões.

O resultado das investigações será encaminhado ao Ministério Público do Estado (MPE), ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), além de ser apresentado à população de Icapuí.

Dívidas maiores
De acordo com o novo prefeito de Icapuí, as dívidas do município ainda podem ser maiores, já que um relatório final das auditorias realizadas nas secretarias de Icapuí ficará pronto somente na próxima sexta-feira (7).

Segundo Manoel Jeová, mais de seis meses de salário dos funcionários da prefeitura estavam atrasados. “Precisamos de coragem para pedir aos fornecedores do hospital o material necessário, pois faltavam até seringas”, disse.

Mais denúncias
O atual prefeito relatou que, no dia 26 de setembro, sete dias após a decisão do TRE, foi feita uma transferência no valor de R$ 600 mil da conta da prefeitura a uma construtora que realiza obras no município. Segundo Manoel Jeová, a maioria das contas estava zerada.

O ex-prefeito
Segundo informações de Jeová, José Edilson da Silva não se encontra em Icapuí. Ele disse que o ex-prefeito tem residência em Mossoró, no Rio Grande do Norte, e que, mesmo durante seu mandato de sete anos, raramente era encontrado no gabinete.

Informações colhidas com a mídia local dão conta de que o ex-prefeito e o vice de Icapuí trocaram o número dos seus telefones celulares. “Não passa de irresponsabilidade. Quem ocupa um cargo mantido pelo povo tem de saber que os recursos não são seus”, concluiu o prefeito Manoel Jeová da Silva.

Leia mais:
TRE determina afastamento imediato do prefeito e vice de Icapuí

Redação Jangadeiro Online










Denúncia, Fortaleza
Atualizado em: 04/10/2011 - 11:43 am


Segundo o vereador Jaime Cavalcante, há dúvidas sobre o “empenho dos recursos na reforma do PV" (Foto: Copa2014.org.br)

O vereador Jaime Cavalcante (PP) promete entrar, nesta terça-feira (4), com representação junto ao Ministério Público do Estado do Ceará, pedindo a cópia dos documentos da prestação de contas das obras do estádio Presidente Vargas (PV), em Fortaleza.

Segundo o parlamentar, o motivo da representação no MP foi por ter tido o pedido de cópias do processo licitatório e do contrato de serviço da reforma do PV, que era de autoria dele, rejeitado pelo plenário da Câmara, por 14 votos contrários a 6 favoráveis.

Jaime Cavalcante requer cópias do processo licitatório, dos sete aditivos, dos convênios e dos documentos de entrega da obra pela construtora à Prefeitura. Segundo ele, há dúvidas sobre o “empenho dos recursos na reforma do PV”, que recebeu verbas federais e estaduais

De acordo com o vereador, os secretários de Esporte, Evaldo Lima; da Regional IV, Estevão Lima; e de Infraestrutura, Luciano Feijão, de Fortaleza ficaram de apresentar os documentos, mas nunca enviaram-nos. Além disso, esses documentos não estão disponíveis no Portal da Transparência do Município.

Denúncias
O parlamentar também já realizou denúncia do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e no Tribunal de Contas do Estado (TCE), este último por conta do convênio entre o Estado e o Município para a realização das obras. Jaime Cavalcante pediu a fiscalização das contas.

Resposta
A produção do Jangadeiro Online entrou em contato com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Seinf), para saber da instituição sobre aos documentos pedidos pelo vereador. A assessoria de imprensa do órgão informou que vai checar as informações e enviar uma resposta.

Da Redação do Jangadeiro Online, com informações do vereador Jaime Cavalcante e da Seinf










Primeiro Plano
Atualizado em: 04/10/2011 - 9:20 am


Primeiro Plano especial sobre eleições 2012 começa com Renato Roseno e Marcelo Mendes

A nova série especial de entrevistas para o programa Primeiro Plano discute os caminhos para a administração pública de Fortaleza, tendo como pano de fundo as eleições municipais do ano que vem.

Os convidados foram escolhidos pelos internautas do Jangadeiro Online e da Coluna Polítika, que votaram em nomes dos principais partidos que já anunciaram a possibilidade de ter candidatura própria para concorrer à prefeitura da capital cearense, a quarta maior do País em número de habitantes. Para ver o resultado da enquete, clique aqui.

Para o primeiro programa, o vereador Marcelo Mendes (PTC) e o advogado Renato Roseno (PSOL) conversam com a jornalista Kézya Diniz sobre o que consideram ser os rumos ideais para o futuro de Fortaleza, expondo as propostas, pensamentos e projetos de seus respectivos partidos.

Programa
Nesta série especial, serão quatro programas, com dois entrevistados em cada um. Os internautas podem participar através do Twitter e do Portal Jangadeiro Online. Os programas serão exibidos ao vivo pela internet e no canal 37 da Net, às 15 horas, e reexibidos às 21h30, nos dias 4, 5, 6 e 7 de outubro.

ASSISTA AQUI.










Greve
Atualizado em: 04/10/2011 - 9:12 am


Passeata realizada pelos professores nesta segunda (03) (Foto: Twitter vereador João Alfedo (Psol))

O Governo do Estado do Ceará recebe, na manhã desta terça-feira (4), representantes dos professores da rede estadual de ensino, que estão em greve há quase dois meses. O encontro ocorre às 11 horas da manhã no Palácio da Abolição, sede do Governo Estadual.

Devem participar da reunião uma comissão formada por oito professores do comando de greve, o chefe de gabinete e irmão do governador, Ivo Gomes, e a secretária de Educação do Estado, Izolda Cela. O encontro tem o objetivo de reabrir o canal de negociação entre os professores e o Governo.

Ainda na programação da greve desta terça-feira (4), no período da tarde, às 15 horas, os professores vão realizar uma nova assembleia geral da categoria para decidir os rumos da greve. A reunião vai ocorrer na Ginásio Paulo Sarasate, no bairro Aldeota.

Conciliação
Na manhã desta quarta-feira (5), representantes dos professores se reúnem com membros da Secretaria de Educação do Estado, para propor uma conciliação entre as partes e garantir o fim da greve da categoria. O encontro ocorre na Sede da Promotoria de Defesa da Educação do Ministério Público.

Passeata
Na tarde desta segunda-feira (3), os professores realizaram uma passeata que seguiu da Assembleia Legislativa do Ceará, no bairro Dionísio Torres, até o Palácio da Abolição, no Meireles. Segundo o Sindicato da categoria, mais de 5 mil pessoas participam da marcha, que teve início às 14 horas.

Os manifestantes fizeram pronunciamentos e gritaram palavras de ordem ao lado da sede do Governo Estadual. A Polícia Militar acompanhou a caminhada, mas nenhum incidente foi registrado. Os protestos ocorreram até às 18 horas.

Leia mais:
Greve dos Correios pode terminar nesta terça
Em assembleia, professores da rede pública estadual decidem continuar greve

Polícia e professores entram em confronto na AL

Da Redação do Jangadeiro Online, com informações da Apeoc










Greve
Atualizado em: 04/10/2011 - 8:33 am


A greve dos Correios, que já dura mais de 20 dias, pode ter um desfecho na tarde desta terça-feira (4). É que está marcada, para as 13 horas, a audiência de conciliação entre a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e os trabalhadores. O encontro é resultado do dissídio coletivo ajuizado na semana passada pela estatal.

O encontro será presidido pela ministra Maria Cristina Peduzzi, do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Durante a audiência, a ministra poderá apresentar proposta para que as partes cheguem a um consenso. Caso isso não seja possível, o processo será encaminhado a um relator e será julgado pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos.

Divergências
A principal divergência entre a empresa e os funcionários é sobre o desconto dos dias parados. A direção dos Correios apresentou uma proposta de descontar os dias não trabalhados na proporção de um dia de greve por mês. Os trabalhadores, no entanto, não aceitam o desconto e se propõem a compensar os dias de greve com horas extras e mutirões para colocar o serviço em dia.

Reivindicações
A empresa também manteve a proposta de aumento linear de R$ 80 a todos os empregados, reajuste salarial e dos benefícios em 6,87% e abono imediato de R$ 500. A reivindicação dos trabalhadores, no entanto, é por um aumento linear de R$ 200, além de reposição da inflação de 7,16% e aumento do piso salarial de R$ 807 para R$ 1.635. A categoria exige ainda a contratação imediata de todos os aprovados no último concurso público.

Mutirão
Para tentar diminuir os prejuízos da greve à população, os Correios fizeram mais um mutirão nacional no último fim de semana, que resultou na entrega de 13 milhões de cartas e encomendas, além da triagem de 22 milhões de objetos postais. Desde o início da greve, os mutirões foram responsáveis pela entrega de cerca de 25 milhões de cartas e encomendas em todo o país e pela triagem de mais 69 milhões, segundo dados da empresa.

Leia mais:
Correios pedem ao TST suspensão da greve dos trabalhadores
Greve leva Correios a convocar concursados

Bancários prometem fechar mais agências no Ceará nesta segunda

Da Redação do Jangadeiro Online, com informações da Agência Brasil










Ceará
Atualizado em: 04/10/2011 - 7:23 am


A XX Edição do Fórum Permanente de Controle Interno será realizada na próxima quarta-feira (05), a partir das 8horas, no Centro de Eventos Doroteias (anexo CEU), na Avenida Alberto Craveiro, n° 2222, Castelão. O evento traz como tema “Orientações às Comissões Gestorais do Plano de Ação para Sanar Fragilidades (PASF) sobre Celebração e Execução de Contratos, Convênios e Congêneres”.

O Fórum objetiva discutir o aperfeiçoamento dos controles internos da gestão pública. Segundo Marcelo Monteiro, Coordenador de Ações Estratégicas da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), o evento visa “criar um ambiente de participação, visando disseminar as melhores práticas de controle interno para garantir maior segurança na tomada de decisão pelos gestores”.

Participam do Fórum membros das Comissões Gestoras do PASF de todos os órgãos e entidades do Poder Executivo, além dos representantes na análise da proposta de decreto para regulamentar o macroprocesso de transferências de recursos públicos.

Da Redação do Jangadeiro Online










Greve, Vídeos
Atualizado em: 03/10/2011 - 10:39 pm


Em mais um dia de protestos, cerca de 5 mil docentes saíram em passeata, nesta segunda-feira (3), pelas ruas da Capital até o Palácio Abolição, sede da gestão estadual. Na quarta-feira (4), a categoria tem um encontro marcado para retomar a negociação com o governo.

Reivindicações
Os professores reivindicam que a Lei Nacional do Piso do Magistério seja implantada com repercussão para toda a categoria.

Segundo os educadores,  a proposta que o governo pretende implantar não atende aos anseios dos professores por valorização profissional, nem respeita a lei do Piso.

Leia mais:
Professores em greve realizam passeata nesta segunda
Em nota, governo chama movimento grevista de intransigente e pede bom senso
Em assembleia, professores da rede pública estadual decidem continuar greve
Vice-líder do governo chama professores de “hienas loucas e irresponsáveis”

Assista ao vídeo da passeata de protestos dos professores:










Bastidores
Atualizado em: 03/10/2011 - 7:46 pm


José Sarney

Sem acordo sobre a forma de distribuição dos royalties do petróleo do pré-sal, senadores dos estados produtores e não produtores já admitem a possibilidade de adiar da votação do veto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à chamada Emenda Ibsen, que estipulou a partilha dos royalties de forma igualitária, com base nos fundos de Participação dos Estados e dos Municípios. Adiada por duas vezes, a votação está marcada para a próxima quarta-feira (5).

Um dos lideres dos estados não produtores, o senador Wellington Dias (PT-PI) disse que o adiamento da votação permitirá que se encontre uma solução para evitar a derrubada do veto. O senador piauiense ressaltou que o debate não está centrado na retirada de recursos dos estados produtores, em especial, o Rio de Janeiro. “Estamos próximos de um entendimento. Não há, da minha parte e da de nenhuma das lideranças, a vontade de derrotar o Rio de Janeiro [maior produtor de petróleo do país].”

Sem radicalismo
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), ponderou que a “radicalização’’ do debate não interessa a nenhum estado. “Reafirmo que não podemos suportar as injustas desigualdades regionais no país. Não interessa a ninguém a radicalização desse enfrentamento federativo, porque abala a unidade nacional”, disse em discurso.

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), também defendeu que a sessão do Congresso seja adiada. Jucá lembrou que, devido ao feriado da semana que vem (12 de outubro), a votação poderia ocorrer dentro de 15 dias.

O senador fluminense Francisco Dornelles (PP-RJ) disse acreditar que o Senado encontrará uma solução de consenso, mas reafirmou que a União deve ceder abrir mão de recursos para aumentar os repasses aos estados não produtores. “Nessa questão específica dos royalties, nós, estados produtores, queremos um grande entendimento. Achamos que toda riqueza do pré-sal tem que ter participação de todos os estados e municípios não produtores. E o que foi licitado, já existe uma posição, quase um direito adquirido”.

Com informações da Agência Brasil










ALEC
Atualizado em: 03/10/2011 - 7:08 pm


O Governo do Estado enviou à Assembleia Legislativa o Plano Plurianual 2012-2015 para a apreciação do Parlamento cearense. A mensagem, que será lida na sessão desta terça-feira (04/10), apresenta o planejamento estadual para os próximos quatro anos.

O documento foi entregue ao chefe de Gabinete da Presidência da AL, Queiroz Maia, pelo coordenador da Assessoria de Desenvolvimento Institucional da Secretaria do Planejamento do Estado (Seplag), Marcelo Pinheiro.

Depois de lido, o Plano seguirá para avaliação das comissões técnicas da Assembleia e, por fim, para aprovação em Plenário.

Da Agência de Notícias da AL










Greve
Atualizado em: 03/10/2011 - 5:22 pm


Manifestação dos professores - Foto tirada do Twitter do vereador João Alfedo (Psol)

A passeata dos professores da rede pública estadual, em greve, realizada na tarde desta segunda-feira (3), seguiu da Assembleia Legislativa até o Palácio da Abolição. Segundo o Sindicato dos Professores e Servidores do Ceará (APEOC), mais de 5 mil pessoas participam da marcha, que teve início às 14 horas.

Os manifestantes fizeram pronunciamentos e gritaram palavras de ordem ao lado da sede do Governo. A Polícia Militar acompanhou a caminhada, mas nenhum incidente foi registrado. Os protestos devem acontecer até às 18 horas.

Reunião com Ivo
De acordo com os grevistas, uma reunião com o Chefe de Gabinete do Governador, Ivo Gomes, para debater as propostas de adequação do piso salarial da categoria está marcada para as 11 horas desta terça-feira (4). Às 15 horas está prevista uma Assembleia Geral no Ginásio Paula Sarasate, para discutir a continuidade do movimento grevista.

Greve
Na última quarta-feira (28), professores resolveram acampar na Assembleia Legislativa e fazer greve de fome. Na quinta-feira (29), houve uma grande confusão. A polícia usou spray de pimenta para conter os grevistas que tentavam invadir o Plenário 13 de maio para impedir a votação da matéria que criava uma nova tabela de vencimentos para os professores de nível médio. Para conferir as imagens, clique aqui.

Leia mais:
Governo e professores tentam conciliação nesta quarta-feira
Professores em greve realizam passeata nesta segunda
Em assembleia, professores da rede pública estadual decidem continuar greve










Primeiro Plano
Atualizado em: 03/10/2011 - 4:10 pm


Faltando um ano para as eleições municipais de 2012 o Sistema Jangadeiro de Comunicação abre espaço, através do Programa Primeiro Plano, para a discussão sobre os rumos da capital cearense.

Em uma série especial de quatro (4) programas o eleitor de Fortaleza poderá se familiarizar com as propostas, pensamentos e a postura dos atores que já se colocam como possíveis candidatos na disputa pela sucessão de Luizianne Lins (PT).

Para elaborar a lista de convidados, conversamos com dirigentes de partidos com representação nas Câmaras Federal e Municipal de Fortaleza e que já manifestaram publicamente a intenção de apresentar candidatura própria. Nos casos em que não conseguimos contato, ou não recebemos retorno dos dirigentes partidários, optamos por levar à enquete nomes já citados publicamente como potenciais para a disputa pela prefeitura da capital.

A decisão foi do internauta
Cada partido citou nomes de diferentes quadros com potencial (na avaliação das legendas) para disputar a prefeitura de Fortaleza. Através de uma enquete, os internauta e telespectadores do programa, ajudaram a escolher os convidados para este debate de ideias.

Resultado
O resultado da enquete foi o seguinte:
PTAcrísio Sena foi o mais votado (22,9%), seguido de Artur Bruno (21,37%) e Valdemir Catanho (15,27%);
PSDB – Marcos Cals recebeu o maior número de votos (55,42%), seguido de Fernando Hugo (26,51%) e Maia Júnior (9,64%);
PDTHeitor Férrer foi o escolhido pelos internautas (73,4%), seguido de Patrícia Saboia (12,77%) e Ferreira Aragão (7,45%);
PSBRoberto Claudio foi o mais votado (45,2%), seguido de Eliane Novais (43,8%) e Maruro Filho (11%);
PMDBDanilo Forte levou a melhor (26,71%) e foi seguido de Aloísio Carvalho (22,72) e Victor Valim (17,66%);
PsolRenato Roseno foi o mais votado (53,91%), seguido de João Alfredo (39,13%) e Toinha Rocha (6,96%).

Pré
Já o PCdoB e o PTC decidiram indicar apenas um representante. O senador Inácio Arruda e o vereador Marcelo Mendes, respectivamente, irão representar as legendas no programa.

Programa
Cada programa terá dois entrevistados e a participação de internautas através do Twitter e do Portal Jangadeiro Online. Os programas serão exibidos ao vivo pela internet e no canal 37 da Net, às 15 horas, e reexibidos às 21h30, nos dias 4, 5, 6 e 7 de outubro.










Greve
Atualizado em: 03/10/2011 - 12:37 pm


Os bancários de todo o Brasil prometem intensificar, a partir desta semana, a greve deflagrada na última terça-feira (27). Em Fortaleza, a categoria está concentrada no banco Bradesco do Centro da cidade, na manhã desta segunda-feira (3). De acordo com informações do Sindicato dos Bancários, a ideia é fechar todos os Bradescos da Capital cearense.

O movimento paralisa bancos públicos e privados do Ceará e de mais 25 estados e do Distrito Federal. Nesta segunda-feira (3), a expectativa da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeira, filiada à Central Única dos Trabalhadores (Contraf-CUT), é de que os bancários do Estado de Roraima também suspendam as atividades.

Adesão
Em todo o Brasil, até a última sexta-feira (30), foram paralisadas 7.865 agências e centros administrativos, de acordo com o balanço de adesão à greve feito pela Contraf-CUT. Só no Ceará, segundo o Sindicato dos Bancários, das 447 unidades bancárias, 306 fecharam.

Nesta segunda-feira (3), a Comissão Nacional da Greve dos Bancários faz reunião, em São Paulo, para avaliar a paralisação. O presidente do sindicato da categoria no Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, viajou para o encontro. Na terça-feira (4), os bancários do Estado realizam uma nova assembleia geral para debater sobre o futuro da greve.

Leia mais:
Bancários e funcionários dos Correios fazem manifestação no Centro

Negociações
A categoria reclama do “silêncio” da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Segundo a Contraf-CUT, a entidade patronal não manifestou, até agora, intenção de retomar as negociações. Os trabalhadores paralisaram as atividades após rejeitar a proposta de reajuste de 8% sobre os salários. De acordo com eles, esse percentual representa apenas 0,56% de aumento real.

Reivindicações
Os bancários reivindicam reajuste de 12,8%. Esse percentual, segundo a categoria, representa 5% de aumento real. Além disso, querem valorização do piso, maior Participação nos Lucros e Resultados (PLR), abertura de contratações, fim da rotatividade, combate ao assédio moral, extinção de metas que consideram abusivas, mais segurança, igualdade de oportunidades e melhoria do atendimento aos clientes.

Redação Jangadeiro, com informações do Sindicato dos Bancários do Ceará .