Partidos
Atualizado em: 03/12/2011 - 4:29 pm


Governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) é presidente nacional do PSB e sonha com a presidência da República

Aos gritos de “Brasil, pra frente, Eduardo presidente”,por parte de militantes partidários, o PSB abriu na sexta-feira (02) o seu 12.º Congresso do partido, em Brasília, mostrando que já inicia uma ofensiva para se desvincular do PT nas eleições presidenciais de 2014 e até ter uma candidatura própria. Ou, se repetir a aliança, ter cacife suficiente para tomar o posto de vice, hoje com o PMDB. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

Para tanto, o objetivo do PSB é crescer nas eleições municipais do ano que vem. Eduardo Campos disse que o partido participará do pleito em 4 mil municípios, com cabeça de chapa em cerca de 1,5 mil. Nas contas do partido, será possível eleger perto de 500 prefeitos. Hoje, o PSB tem 302. O partido faz as contas. Quando Luiz Inácio Lula da Silva venceu a eleição em 2002, o PT fez 292 prefeitos.

“Nosso partido foi o que mais cresceu em 2008, em 2010 e será também o que mais crescerá em 2012″, proclamou Campos, para delírio da plateia que tomou o Auditório Petrônio Portella, no Senado. De acordo com informações de bastidores do PSB, para crescer o partido decidiu abrir o leque de alianças no ano que vem. Fará parcerias com os aliados tradicionais, como PT, PC do B e PDT, além do recém-criado PSD e do PSDB.

Do Estadão.com










Economia
Atualizado em: 03/12/2011 - 3:27 pm


Para o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, apesar de inédita, a redução é normal

Apesar de ser a maior estatal brasileira, responsável por 89,6% do total de investimentos do setor e ter 28 empresas vinculadas, a Petrobras continua patinando com as aplicações deste ano. O levantamento é do site Contas Abertas. Passados dez meses de 2011, a empresa desembolsou 61,1%, equivalente a R$ 55,8 bilhões, do montante de R$ 91,3 bilhões previstos. Percentualmente, é o segundo pior desempenho para o período desde 2000.

Em comparação com o ano passado, também há redução. Até outubro de 2010, já haviam sido aplicados R$ 58,6 bilhões, cerca de 74% dos R$ 86,6 bilhões previsto, em valores correntes.

No começo de maio apareceram os primeiros sinais do corte. Após reunião do Conselho de Administração da Petrobras, notícias foram veiculadas sobre a revisão do Plano de Negócios para o quinquênio de 2011-2015. A sugestão era reduzir em R$ 55,7 bilhões a proposta inicial de investimento, da ordem de R$ 414 bilhões.

Na época, questionada pelo Contas Abertas, a estatal negou qualquer relação do corte com os investimentos atuais da empresa. “O Plano vai estabelecer a destinação dos recursos a serem aplicados no futuro, ou seja, até 2015”, completou a assessoria.

Leia também:  
TCU recomenda paralisação das obras da refinaria da Petrobras em Pernambuco 
Presidente da Petrobras não descarta aumento do preço da gasolina 
Contratos podem ter gerado rombo de R$ 1 bilhão na Petrobras 
Seebla afirma que Petrobras sabia de acordo com empresa de Eunício para fraudar licitação milionária 

Após diversas modificações, em julho, foi aprovado o Plano de Negócios com R$ 25 bilhões a menos que o proposto inicialmente. Com investimentos da ordem de R$ 389 bilhões, o novo plano contempla o total de 688 projetos.

Apesar da diminuição na previsão de investimento, o presidente da Petrobras, José Gabrielli de Azevedo, em entrevista à Revista Brasil Energia, afirmou que o novo plano é viável. Gabrielli mencionou o fato de a Petrobras ter dobrado os investimentos nos últimos anos e que esse “desinvestimento” é um fenômeno normal na maioria das empresas, apesar de ser inédito na Petrobras.

Do site Contas Abertas










Nacional
Atualizado em: 03/12/2011 - 2:21 pm


Deputado Marco Maia (PT) presidente da Câmara Federal

O presidente da Câmara no exercício da Presidência da República, deputado Marco Maia (PT-RS), disse que, na segunda-feira (5), vai criar uma comissão de sindicância formada por servidores da Casa para investigar a situação da contratação de Carlos Lupi, ministro do Trabalho, como servidor da Câmara. “Temos que olhar as circunstâncias da contratação e buscar informações da Câmara Legislativa do Rio de Janeiro”, justificou.

De acordo com denúncias publicadas pela imprensa, Lupi acumulou cargos públicos na Câmara dos Deputados e na Câmara Legislativa do Rio de Janeiro, o que é proibido pela legislação brasileira. Segundo Marco Maia, só a partir do que ficar comprovado pelas investigações é que medidas cabíveis poderão ser tomadas. De acordo com ele, a expectativa é que o ministro preste os esclarecimentos necessários. “Não é possível ocupar duas funções públicas”.

Leia ainda:
Comissão de Ética Pública recomenda a Dilma demissão de Carlos Lupi   
Nos jornais: Lupi foi funcionário fantasma da Câmara 
Na presidência do PDT, André Figueiredo defende ‘como amigo’ que Lupi deixe cargo       
Ministro Lupi admite carona em avião e nega ter mentido       
Nos jornais: Com a bênção de Lupi, PDT loteia cargos no Ministério do Trabalho, inclusive no Ceará  

Demissão
Em relação ao parecer da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, que recomendou a demissão do ministro Lupi, Marco Maia disse que é preciso respeitar a posição da comissão, mas que a posição da presidente Dilma Rousseff de pedir mais informações “está corretíssima”. “Ela não é obrigada a acatar a decisão da comissão. Ela vai pedir mais informações para então fazer uma análise e tomar uma decisão”, ponderou.

As declarações de Marco Maia foram feitas antes da abertura do 12º Congresso Nacional do PSB, na noite de sexta-feira (2), em Brasília.

Com informações da Agência Brasil










Partidos
Atualizado em: 03/12/2011 - 11:05 am


O Congresso Nacional do PSB acontece em Brasília. Foto: Agência Brasil

O ex-ministro Ciro Gomes (PSB) foi recebido com vaias por um grupo de militantes peessedebistas ao chegar para o Congresso Nacional do PSB, realizado nesta sexta-feira ( 2), em Brasília. Os manifestantes exibiram faixas em que pediam “a volta da democracia do PSB do Ceará”. Ciro, no entanto, não se deixou intimidar e durante entrevista voltou a afirmar que descarta entrar na disputa eleitoral de 2012.

Ciro Presidente
Sobre uma nova tentativa de concorrer pela ao cargo de presidente da República, Ciro Gomes reafirmou que “quem já foi duas vezes não pode andar mentindo dizendo que não quer ser”, disse Ciro para, em seguida, dar uma alfinetada  no governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, que trabalha para ser candidato a sucessão de Dilma Rousseff. “Tem todos os dotes para isso, falta só a estrada que eu tenho”, disse.

“Qual é o cimento?”
O cearense ainda disparou críticas contra as aliança entre PT e PMDB. “Não é contra o PT é contra a média da sustentação, que reúne PT e PMDB, de natureza fisiológica, e nós teremos sempre grande susto e dissabores por este cimento, toda aliança é legítima, mas que é a aliança forma transformadora que precisa dessa grade aliança? Qual é o cimento? O que é que nós coeziona? Fisiologia, quando senão, roubalheira”, interrogou.

Lideranças
A abertura do 12º Congresso Nacional do PSB reuniu diversas lideranças da sigla de todo o país e foi prestigiado por representantes de partidos políticos aliados. Entre as autoridades presentes, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha; o presidente do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, deputado Rui Falcão; e a ministra de Relações Institucionais, Idelli Salvatti.

O presidente da República em exercício, Marco Maia, também acompanhou a abertura do evento. Na foto [acima] , ele aparece conversando com o governador do Espírito Santo, Renato Casagrante, e com o cearense Ciro Gomes.  

A 12º Congresso Nacional do PSB, oficialmente aberta na sexta-feira (2), segue programação neste sábado (3).

Com informações da Folha de São Paulo e da Agência Brasil










Jogo Rápido
Atualizado em: 03/12/2011 - 9:47 am


Dilma na sede da Auditoria Militar no Rio de Janeiro, em novembro de 1970. Ao fundo, os oficiais que a interrogavam sobre sua participação na luta armada escondem o rosto com a mão (Foto: Reprodução que consta no processo da Justiça Militar)

A revista Época que chega às bancas de todo o país este fim de semana mostra uma fotografia inédita da presidente brasileira, Dilma Rousseff (PT), no período da ditadura militar.  

A foto [ao lado], inédita, está no livro que conta a trajetória de Dilma Rousseff da guerrilha ao Planalto. Com o título “A vida quer coragem” (Editora Primeiro Plano), a obra do jornalista Ricardo Amaral, chega às livrarias na primeira quinzena de dezembro.

Amaral, que foi assessor da Casa Civil e da campanha presidencial, desencavou a imagem no processo contra Dilma na Justiça Militar. A foto foi tirada em novembro de 1970, quando a hoje presidente da República tinha 22 anos.

Após 22 dias de tortura, ela respondia a um interrogatório na sede da Auditoria Militar do Rio de Janeiro.










Fortaleza
Atualizado em: 03/12/2011 - 8:23 am


Unidade móvel do TRE. Foto: Kézya Diniz

A unidade móvel do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará presta atendimento, neste sábado (03), das 8h às 12 horas, aos eleitores do bairro Carlito Pamplona. O ônibus do TRE ficará estacionado no Residencial Dom Helder Câmara, na rua Dom Hélio Campos, nº 80.

O serviço prestado pela unidade móvel do TRE fará parte da programação do evento “II Cidades e Cidadania”, promovido pela Secretaria das Cidades. Os eleitores poderão tirar o título, transferir, obter a 2ª via ou fazer a revisão eleitoral.

Depois
Na próxima semana, o ônibus do TRE estará no bairro Dias Macedo, no período de 5/12 a 7/12.

Com informações da Assessoria do TRE










Ceará
Atualizado em: 03/12/2011 - 7:56 am


O Poder Judiciário estadual funciona em regime de plantão neste fim de semana. O atendimento será feito no Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), no Fórum Clóvis Beviláqua e nos 20 núcleos que abrangem as comarcas do interior.

Na sede do TJCE, no Cambeba, o plantonista do sábado (3) será o desembargador Carlos Rodrigues Feitosa. No domingo (4) é a vez da desembargadora Maria Iraneide Moura Silva. Ambos atenderão das 12h às 18h.

No Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 8ª, 9ª, 10ª e 11ª Varas Cíveis de Fortaleza. Na área criminal, o atendimento será feito pela 7ª, 8ª, 9ª e 10ª Unidades do Juizado Especial Cível e Criminal (JECCs) da Capital. Os magistrados estarão disponíveis das 6h de sábado às 6h de segunda-feira (5).

Interior do Estado
No interior do Estado, haverá atendimento nas Comarcas de Juazeiro do Norte, Crato, Várzea Alegre, Brejo Santo, Icó, Quixeramobim, Capistrano, Russas, Aracati, Maranguape, Chorozinho, São Gonçalo do Amarante, Trairi, Sobral, Camocim, Varjota, Carnaubal, Quiterianópolis, Tauá e Itapajé.

Confira as unidades que vão funcionar neste fim de semana, aqui.

Com informações do TJCE










Propaganda Partidária, Vídeos
Atualizado em: 02/12/2011 - 9:10 pm


O PSDB cearense iniciou, nesta sexta-feira (02), a veiculação de novas inserções de propaganda partidária na TV. No filme de 30 segundos, a sigla faz uma comparação direta entre os resultados do atual administração e os avanços conquistados nos governos tucanos.  

Abandono escolar, mortalidade infantil, epidemia de dengue, são alguns os temas que estampam as manchetes de jornais e ilustram a comparação entres os governos do PSDB e o governo Cid Gomes.

No final da peça, o partido destaca que “Quando o PSDB estava à frente do governo, o Ceará estava à frente do nordeste”, para logo em seguida reforçar a mensagem de comparação ressaltando que nos governos do PSDB “As pessoas estavam à frente das obras” .

Veja ainda:
Eunício no Programa Nacional do PMDB  
Cid Gomes no programa nacional do PSB 

Acompanhe o vídeo:










Ceará
Atualizado em: 02/12/2011 - 6:49 pm


Na próxima semana, a Comissão Eleitoral Receptora e Apuradora da Eleição do Ministério Público do Estado do Ceará, encaminhará a lista tríplice para a apreciação do governador Cid Gomes

O ministério público do Ceará divulgou na tarde desta sexta-feira os três nomes mais votados na eleição para o cargo de Procurador Geral do Estado. Os procuradores escolhidos foram, por ordem alfabética, Alfredo Ricardo de Holanda Cavalcante Machado, João de Deus Duarte da Rocha e Maria Neves Feitosa Campos.

Votação
Ao todo, 357 membros do ministério público, entre promotores e procuradores, participaram da votação. O candidato mais votado foi João de Deus Duarte da Rocha, com 156 votos. Logo em seguida, com 149 votos, aparece o promotor Alfredo Ricardo de Holanda Cavalcante Machado. Fechando a lista tríplice, a promotora Maria Neves Feitosa Campos, com 139 votos.

Leia Ainda:
Divulgada lista de candidatos ao cargo de Procurador Geral de Justiça do Estado

Lista tríplice
A partir da próxima semana, a Comissão Eleitoral Receptora e Apuradora da Eleição do Ministério Público do Estado do Ceará, presidida pela procuradora Geral de Justiça, Maria do Perpétuo Socorro França Pinto, encaminhará a lista tríplice, composta pelos candidatos mais votados, para a apreciação do governador Cid Gomes (PSB) que será responsável pela escolha do novo Procurador Geral do Estado para o biênio 2012/2013.

Candidatos
Concorrem ao cargo de Procurador Geral de Justiça, por ordem alfabética, Alfredo Ricardo de Holanda Cavalcante Machado, Francisco Gomes Câmara, João de Deus Duarte da Rocha, Luiz Alcântara Costa Andrade, Luiz Eduardo dos Santos, Manuel Pinheiro Freitas, Maria Magnólia Barbosa da Silva, Maria Neves Feitosa Campos e Vanja Fontenele Pontes.










Vídeos
Atualizado em: 02/12/2011 - 6:06 pm


Dentistas que atendem nos Centros de Especialidades Odontológicas de Fortaleza ameaçam entrar em greve a partir da próxima semana. Eles reivindicam a implantação de um Plano de Cargos e Carreiras semelhante ao dos médicos.

Nesta sexta-feira (2), a categoria se reuniu com representantes do governo, mas não houve avanço nas negociações. Enquanto isso, quem procurou os CEOs voltou pra casa sem atendimento, por conta de mais um dia de paralisação.

Acompanhe a reportagem do Jornal Jangadeiro:










Ceará
Atualizado em: 02/12/2011 - 5:20 pm


O leilão do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE) arrecadou na manhã desta sexta-feira (2) aproximadamente R$ 4,3 milhões em créditos a trabalhadores, em Fortaleza. A venda envolvia bens avaliados em aproximadamente R$ 17 milhões e integrava o leilão nacional que a Justiça do Trabalho realizou como uma das ações da Semana Nacional da Execução Trabalhista.

Bens retirados
De acordo com o TRT/CE, foram retirados da operação 25 dos 192 lotes que seriam ofertados. Entre os principais motivos para a retirada dos lotes está o fato de devedores terem se antecipado e procurado a Justiça do Trabalho para quitar suas dívida e evitar a venda do bem. Foi o caso, por exemplo, do dono de um colégio que teve seu bem retirado da lista de imóveis a serem ofertados após negociar seu débito trabalhista.

“Muitas vezes, um bem vendido em um leilão é utilizado para pagar vários trabalhadores. No leilão anterior, um imóvel arrematado por R$ 500 mil foi utilizado para pagar vários cidadãos”, explicou a coordenadora do leilão do TRT/CE, juíza do Trabalho Gláucia Monteiro.

Bens ofertados
Além de veículos, móveis e imóveis, o leilão do TRT/CE ofertou bens inusitados como um cavalo, consultórios odontológicos, avião, conjunto de panelas, lingeries, espaço publicitário em emissora de TV e cotas de empresas. Todos foram penhorados para garantir o pagamento de crédito a trabalhadores que venceram disputas na Justiça do Trabalho.

Leia mais:
Semana Nacional de Conciliação começa nesta segunda

Da Redação Jangadeiro Online, com informações do TRT/CE










Nacional
Atualizado em: 02/12/2011 - 4:17 pm


O ministro Lupi na pose da presidente Dilma Rousseff, por quem já declarou um sonoro "eu te amo".

A presidente Dilma Rousseff disse na quinta-feira (01) ao ministro Carlos Lupi (Trabalho) que a única chance de ele permanecer no cargo até a reforma ministerial é fornecer explicações “convincentes” sobre o fato de ter ocupado, simultaneamente, dois cargos públicos por quase cinco anos. O acúmulo ilegal, na Câmara dos Deputados em Brasília e na Câmara Municipal do Rio, foi revelado pela Folha ontem e resgatou no governo a disposição de vê-lo fora da Esplanada.

Lupi se reuniu ontem com Dilma no Planalto para falar sobre a recomendação da Comissão de Ética de exonerá-lo, decisão que irritou a presidente. Antes da reunião, ele disse a assessores em tom de brincadeira: “Estou pronto para voltar para casa”. Lupi saiu da conversa ainda ministro, mas com a determinação de se defender não só da questão do duplo emprego, mas também da recomendação da Comissão.

Leia ainda: Comissão de Ética Pública recomenda a Dilma demissão de Carlos Lupi  

No governo, espera-se uma definição até o início da próxima semana. Dilma retorna de uma viagem à Venezuela no domingo, quando voltará a tratar do assunto. Procurado, o ministro não se manifestou ontem. Sua assessoria não informou quando ele entregará suas justificativas para o Planalto.

Parecer de comissão desagrada Planalto
O parecer da Comissão de Ética da Presidência da República que recomendou a exoneração do ministro Carlos Lupi (Trabalho) gerou desconforto no Planalto e contrariou a presidente Dilma. A indicação surpreendeu o governo tanto pela decisão quanto pela velocidade com que o órgão analisou o caso.

Além de reavivar as pressões para que Dilma demita seu sexto ministro suspeito de corrupção, o ato ocorreu quando a presidente já havia decidido só trocar o comando da pasta em janeiro, na reforma ministerial. O mal-estar chegou a tal ponto que interlocutores palacianos apostam numa reformulação na comissão a partir de junho. Em 2012, 3 dos 6 conselheiros podem ter seus mandatos renovados, desde que a presidente aprove.

Outros dois integrantes terão de deixar o posto. O único com mandato garantido até 2013 é Sepúlveda Pertence, presidente do colegiado. A equipe de Dilma viu excessos na condução do caso Lupi. Após a reunião que recomendou a exoneração dele, a presidente foi informada de que o grupo teria feito piada sobre o ministro durante o encontro.

Da Folha.com










Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 02/12/2011 - 3:25 pm


Marcos Cals, presidente do PSDB no Ceará, durante evento promovido pela sigla em Fortaleza. Foto: Kézya Diniz

O presidente do PSDB cearense, Marcos Cals, participou de atividades partidárias no município de Viçosa do Ceará e Tianguá, nesta sexta-feira (2), dando início a uma série de encontros com diretórios da sigla nem cidades da Serra da Ibiapaba. Na pauta das reuniões, a estruturação do partido com vistas a 2012.

“Queremos conversar com as nossas lideranças nos municípios, sentir e ouvir os anseios locais, da população, para a partir daí traçarmos propostas e desenvolvermos projetos em prol desse povo”, disse o dirigente tucano. 

Cals diz que o partido terá candidatos nos principais municípios do Ceará e avalia que a experiência administrativa aliada a juventude de novos quadros da legenda vai fazer diferença no resultados das eleições.

“O PSDB do Ceará já provou que tem capacidade para isso. Já fez muito e pode fazer muito mais. Mas nosso trabalho não está só no Interior. Estamos com as ações voltadas também para Capital”, destaca o presidente Marcos Cals.










Greve
Atualizado em: 02/12/2011 - 2:22 pm


Uma reunião entre o Sindicato dos Policiais Civis e o governador Cid Gomes, prevista para esta sexta-feira (2), foi cancelada. Segundo o secretário geral do sindicato, Hernani Dantas, um assessor disse que o governador teve que fazer uma viagem às pressas para Brasília e não poderia atender o grupo.

De acordo com Hernani, na próxima segunda-feira (5), o mesmo assessor deve entrar em contato com o sindicato para agendar um novo encontro com Cid.

Protesto nos sinais
Policiais civis do Ceará que tiveram os salários reduzidos pelo Governo vão às ruas para pedir dinheiro, segundo a presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpoci), Inês Romero. Aa decisão foi tomada em assembleia e tem objetivo de ajudar os cerca de 199 inspetores e escrivães que tiveram desconto de 60% nos vencimentos pagos.

A intenção é percorrer ruas, sinais, praias e praças do Estado, pedindo dinheiro a população. “Esses policiais que tiveram o corte não podem sair prejudicados. Como eles vão comer, pagar as contas, sustentar a família?”, diz Inês. A previsão, segundo ela, é de que a ação comece a partir da próxima semana. “O Sindicato está preparando os materiais para divulgar, depois vamos às ruas”.

Greve
Os policias civis cearenses retomaram a greve no dia 15 de outubro. A paralisação dos inspetores e escrivães havia começado em julho e foi suspensa em agosto. Haveria um acordo com o Governo, mas as negociações não evoluíram e os policiais retomaram o movimento.

Leia mais:
Greve: Policiais Civis cruzam os braços a partir deste sábado
Justiça decreta ilegalidade da greve dos policiais civis no Ceará

Greve dos policiais civis continua e apenas 22 delegacias funcionam nesta terça

Redação Jangadeiro Online










Greve
Atualizado em: 02/12/2011 - 1:08 pm


Policiais civis do Ceará que tiveram os salários reduzidos pelo Governo vão às ruas para pedir dinheiro. É o que afirmou a presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpoci), Inês Romero. Segundo ela, a decisão foi tomada em assembleia e tem objetivo de ajudar os cerca de 199 inspetores e escrivães que tiveram desconto de 60% nos vencimentos pagos.

A intenção é percorrer ruas, sinais, praias e praças do Estado, pedindo dinheiro a população. “Esses policiais que tiveram o corte não podem sair prejudicados. Como eles vão comer, pagar as contas, sustentar a família?”, diz Inês. A previsão, segundo ela, é de que a ação comece a partir da próxima semana. “O Sindicato está preparando os materiais para divulgar, depois vamos às ruas”.

A presidente do Sinpoci afirmou ainda que a categoria não sabe o motivo do desconto nos salários, já que os policiais civis não faltaram ao trabalho, pois a greve não é ilegal nem imoral. “Não se sabe o critério, não houve processo administrativo, não houve nada”, afirma.

Greve
Os policias civis cearenses estão em greve desde o dia 15 de outubro. A paralisação dos inspetores e escrivães havia começado em julho e foi suspensa em agosto. Haveria um acordo com o Governo, mas as negociações não evoluíram e os policiais retomaram o movimento.

Leia mais:
Governador confirma corte em salários de policiais grevistas 

Assista à reportagem exibida no Jornal Jangadeiro 2ª Edição:

Redação Jangadeiro Online, com informações do Sinpoci