Charge
Atualizado em: 27/07/2011 - 2:13 pm


Do Blog da Janga 
 

 

Visite a página de Newton Silva










Nacional
Atualizado em: 27/07/2011 - 11:29 am


Da Redação do Jangadeiro Online

Luiz Antônio Pagot

Foi publicada, nesta quarta-feira (27) no Diário Oficial da União, a exoneração de Luiz Antônio Pagot do cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), órgão do Ministério dos Transportes. Outra exoneração publicada foi a de Hideraldo Luiz Caron, do cargo de diretor de infraestrutura rodoviária do Dnit.

Pagot pediu demissão na última segunda-feira (25). Em carta ao ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, o ex-diretor do Dnit pediu também o cancelamento de suas férias, que iriam até 4 de agosto. Já Hideraldo Luiz Caron pediu exoneração em 22 de julho do cargo que ocupava desde 2004. Eles são acusados de participação em um suposto esquema de corrupção e superfaturamento de obras nos Transportes.

Oscar Jucá Neto

Diretor da Conab
O Diário Oficial publica ainda a exoneração do diretor da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Oscar Jucá Neto. Ele é irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB/RR).

Leia mais:
Publicadas mais duas exonerações de servidores do Ministério dos Transportes

Com informações da Agência Brasil










Polêmica
Atualizado em: 27/07/2011 - 10:14 am


Da Redação do Jangadeiro Online

Prefeita em exercício de Ibaretama, Antônia Núbia de Lima Cavalcante

A Prefeita em exercício da cidade de Ibaretama, Antônia Núbia de Lima Cavalcante, declarou, na tarde desta terça-feira (26), estado de emergência no município. O motivo para esse ato foi a decisão da Justiça do Ceará de bloquear as cotas do Fundo de Participação do Município (FPM), impossibilitando, assim, que o município honre com os seus contratos.

O decreto, que entrou em vigor nesta terça-feira, terá vigência temporária no prazo de 60 dias, podendo ser prorrogado por uma única vez, por igual período, a depender da necessidade da administração.

Exoneração
A prefeita interina também anunciou nesta terça-feira a exoneração dos correligionários do ex-prefeito do município, Edson Morais. Além disso, decretou a exoneração de todos os cargos de agentes políticos, tais como secretariados e chefe de gabinete, procuradores nomeados, cargos de confiança e cargos em comissão no âmbito do município. Ainda esta semana há expectativa de anúncio do quadro do 1º e do 2º escalão da nova administração.

Caso de Ibaretama
A Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (PROCAP) do Ministério Público Estadual (MPE) denunciou, perante as Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, o prefeito do município de  Ibaretama, Francisco Edson de Moraes (PSB), e mais 20 pessoas.

Segundo a denúncia, todos estariam envolvidos em um grande esquema de corrupção e fraudes em licitações no município. Por conta disso, foi requerida a decretação da prisão preventiva e o afastamento do prefeito e dos denunciados.

Leia mais:
Justiça determina afastamento do prefeito de Ibaretama e de outros quatro acusados de corrupção

MP pede a prisão do prefeito de Ibaretama
Prefeito de Ibaretama será ouvido pela PGJ

Com informações da Prefeitura de Ibaretama e do MP










Fortaleza
Atualizado em: 27/07/2011 - 8:12 am


A prefeita Luizianne Lins acompanha, nesta quarta-feira (27), entrevista coletiva à imprensa para a divulgação dos números da Defesa Civil de Fortaleza relativos a quadra chuvosa de 2011. O evento será realizado no auditório do Paço Municipal (Rua São José, 01 – Centro) a partir das 11 horas.

Na ocasião, o diretor da Guarda Municipal e Defesa Civil, Arimá Rocha, vai apresentar detalhes do balanço da Quadra Chuvosa com os números de atendimento, tipologia das ocorrências, ações preventivas, além de outros dados.










Polêmica
Atualizado em: 26/07/2011 - 9:40 pm


Em sessão ordinária do pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) nesta terça-feira (26), Teodorico Menezes foi oficialmente afastado da presidência do órgão. A votação foi unânime.

O corregedor Pedro Timbó entrou com um pedido para abertura de um procedimento administrativo para formalizar as denúncias contra Menezes. Outro processo, que tem como relator Edilberto Pontes, vai apurar as supostas irregularidades do chamado “Escândalo dos Banheiros”.

O ex-presidente do TCE é acusado de favorecer parentes com o envio de kits sanitários à supostas associações fantasmas no interior.

Redação Jangadeiro Online, com informações da repórter Kamilla Ladeira

Assista à matéria do Jornal Jangadeiro:


Leia também:
Presidente do TCE cancela férias e pede afastamento do cargo
BNB envia esclarecimentos ao blog
Vídeo: Denúncias de fraudes na construção de kits sanitários em 5 cidades
Governo do Ceará financia esquema milionário de banheiros fantasmas    

Vídeo: Governo do Ceará pagou R$ 400 mil para construção de banheiros que não saíram do papel   










Vídeos
Atualizado em: 26/07/2011 - 8:21 pm


As denúncias de corrupção no Ministério dos Transportes têm comprometido a manutenção das rodovias federais em todo o país e, claro, também no Ceará.

Na segunda-feira (25), o diretor do Dnit pediu demissão diante das acusações depois da divulgação de um suposto esquema de desvio de verbas na operação tapa-buraco nas BRs. Enquanto as denúncias se multiplicam, a população precisa conviver com o descaso e o perigo nas estradas.

Leia mais:
Cid lança “Rally dos buracos”, classifica ministério dos Transportes de “laia” e Dnit de “quadrilha” 
Oposição apresenta pedido para convocar comissão e ouvir ministro dos Transportes 
Exoneração de Alfredo Nascimento é publicada no Diário Oficial 
Ministro dos Transportes é o segundo a cair no governo Dilma 

Acompanhe a matéria exibida no Jornal Jangadeiro.










Nacional, Polêmica
Atualizado em: 26/07/2011 - 7:14 pm


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) exonerou um servidor suspeito de envolvimento na venda irregular de lotes em áreas de assentamentos da reforma agrária em Mato Grosso. A dispensa de Lionor Silva Santos, que era chefe substituto da unidade avançada de Diamantino, foi publicada na edição desta terça-feira (26) do Diário Oficial da União.

No último domingo (24), reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, flagrou a negociação ilegal de terras destinadas à reforma agrária em Mato Grosso e no sul da Bahia.

Em nota divulgada na noite de ontem (25), o presidente do Incra, Celso Lisboa de Lacerda, diz que a autarquia está “apurando todas as eventuais participações de servidores nos casos denunciados”. O instituto reforça que a venda, troca, aluguel e arrendamento de lotes destinados à reforma agrária são proibidos, e que podem levar à abertura de processo criminal.

“Nenhum comprador de lote irregular será regularizado. A pessoa que compra lotes em assentamentos da reforma agrária perde o dinheiro que pagou pela terra, perde também os investimentos feitos no lote e poderá responder a processo criminal. As terras comercializadas ou cedidas de forma irregular voltam para o Incra para serem redistribuídas às famílias cadastradas”, informa o comunicado.

Segundo o Incra, nos últimos oito anos, o governo conseguiu reintegrar 128 mil lotes da reforma agrária que haviam sido alvo de negociação ilegal.

Da Agência Brasil










Nacional
Atualizado em: 26/07/2011 - 6:20 pm


O "Rei do futebol" vai representar o Brasil na Copa de 2014. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

O Brasil já tem seu embaixador honorário para a Copa do Mundo de 2014, é Edson Arantes do Nascimento, ex-jogador de Futebol Pelé. Ele esteve nesta terça-feira (26) no Palácio do Planalto, onde se reuniu com a presidente da República, Dilma Rousseff.

Na ocasião, Dilma assinou um decreto criando o título de embaixador honorário e o entregou a Pelé, que terá entre suas funções divulgar a imagem da Copa do Mundo no Brasil no exterior.

“Eu não poderia deixar de aceitar esse convite da nossa presidenta. Como brasileiro, vocês sabem que eu já faço isso desde quando nasci. Desde a primeira Copa do Mundo que eu defendo e faço a promoção do Brasil. É uma responsabilidade muito grande mas eu não poderia deixar de aceitar”, disse Pelé.

Preocupação com a Copa
O ex-jogador, considerado o rei do futebol, também falou sobre a organização do evento esportivo e disse que chegou a ficar preocupado com o andamento das obras, mas enfatizou que não se pode “deixar de acreditar”.

“Eu gostaria de pedir para todo o povo brasileiro que acreditasse, porque estava meio confuso, meio em dúvida com alguns problemas que nós tivemos aqui, mas que podemos acreditar, porque a presidenta disse que vai fazer todo o esforço, e espero que a gente entregue bem essa Copa do Mundo. Agora, essa administração será feita com 190 milhões de brasileiros e todos ficaremos orgulhosos de entregar bem essa Copa”, disse o ex-jogador.

Imagem
O ministro dos Esportes, Orlando Silva, que também participou da reunião, disse que, apesar do cargo não conferir nenhum poder executivo, Pelé terá a função de orientar o governo e até representar o Brasil no exterior.

“É uma homenagem ao Pelé por tudo que ele fez e faz pelo esporte, pelo Brasil. Ela [Dilma Rousseff] acredita que pela força da imagem do Pelé, pela história do Pelé, um homem que viveu dez copas, a presidenta acredita que seria a melhor face da Copa do Mundo de 2014 e este título tem um pouco desse sentido”, disse o ministro.

Com informações da Agência Brasil










Ceará
Atualizado em: 26/07/2011 - 5:56 pm


O Conselheiro Teodorico pediu afastamento do cargo após denúncias de irregularidade

O Ministério Público Federal no Ceará ajuizou ação civil pública, solicitando a suspensão imediata do pagamento de qualquer verba relacionada à aposentadoria ou de cargo efetivo e vitalício do atual Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Teodorico José de Menezes Neto.

Teodorico Menezes teria o dever de renunciar a aposentadoria do cargo de contador do INCRA, segundo a Constituição Federal, antes de assumir o cargo de Conselheiro do TCE. Como não agiu conforme a legislação, segundo o Mnistério Público, o Conselheiro não optou por uma das remunerações ao tomar posse no TCE, passando a acumular durante quase 12 anos, de forma ilícita os proventos do INCRA com o subsídio do TCE.

A determinação do MPF se direciona ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA e o Estado do Ceará, que após decisão da Justiça Federal, deverá resultar na suspensão de um das duas remunerações: a aposentadoria do INCRA ou o salário do TCE.

A ação pede ainda que Teodorico devolva aos cofres públicos todo o dinheiro que recebeu indevidamente seja do INCRA (proventos de aposentaria) ou do TCE/CE (subsídio) desde 19 de outubro de 1999, com juros e correção monetária.

Datas falsas
Na ação, há inclusão da análise do Tribunal de Contas da União – TCU, expondo que o Teodorico José de Menezes nasceu em 1948, se aposentou como contador do INCRA em 1991, com 43 anos de idade e 31 anos de serviço público e com isso, o Teodorico teria começado a trabalhar com 12 anos. Também houve reintegração do servidor em 1966, o que teria ocorrido, quando o Teodorico tinha 17 anos de idade.

“O TCU entende que estes dados devem ser checados quando do exame de aposentadoria do servidor, a ser efetuado pela Secretaria de Fiscalização de Pessoal”, explica o procurador.

Com a suspensão, o MPF também solicita que as verbas que tiverem seu pagamento suspenso, sejam depositadas pelas pessoas jurídicas respectivas em conta corrente específica sob a responsabilidade da Justiça Federal, até que seja concluído o processo jurídico.

Lembrando
Teodorico Menezes pediu afastamento do cargo de presidente do TCE após denúncias de irregularidades em convênios firmados entre a secretaria das Cidades e associações comunitárias para a construção de kits sanitários que nunca saíram do papel. Os presidentes dessas associações tem ligação direta com o Conselheiro que é pai do deputado estadual Teo Menezes do PSDB.

Leia também:
Presidente do TCE cancela férias e pede afastamento do cargo 
BNB envia esclarecimentos ao blog  
Vídeo: Denúncias de fraudes na construção de kits sanitários em 5 cidades 
Governo do Ceará financia esquema milionário de banheiros fantasmas    

Vídeo: Governo do Ceará pagou R$ 400 mil para construção de banheiros que não saíram do papel    

Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público Federal no Ceará










Nacional
Atualizado em: 26/07/2011 - 12:20 pm


Senador Eunício Oliveira (PMDB/CE) é um dos políticos citados no relatório sigiloso do TCU

O deputado Paulo Maluf (PP/SP) aparece entre os políticos citados no relatório sigiloso do Tribunal de Contas da União que defende fim de negócios das empresas de parlamentares com o poder público. Segundo o TCU, Maluf recebe aluguel de R$ 1,3 milhão por ano do ministério da Fazenda. 

A reportagem assinada por Leandro Colon está na edição desta terça-feira (26)  do jornal O Estado de S.Paulo.  Acompanhe abaixo alguns trechos da matéria.

“Uma empresa do deputado Paulo Maluf (PP-SP) recebe cerca de R$ 1,3 milhão por ano do governo federal pelo aluguel do prédio onde funciona a sede da Procuradoria da Fazenda Nacional, em São Paulo. Maluf já recebeu R$ 5,5 milhões dos cofres do Ministério da Fazenda desde o fim de 2006, quando o contrato foi celebrado com “dispensa de licitação”. Segundo informações obtidas pelo Estado, o nome de Maluf aparece num relatório sigiloso do Tribunal de Contas da União (TCU) que defende o fim dos negócios envolvendo empresas de deputados e senadores com o poder público federal.

O aluguel tem vigência até dezembro deste ano e foi assinado por meio da empresa Maritrad Comercial Ltda, da qual Paulo Maluf é dono junto com sua mulher, Sylvia.

O Tribunal de Contas selecionou a relação de parlamentares (deputados e senadores) que têm contratos com administração federal e recomendou ao Congresso que seja cumprido o artigo 54 da Constituição.”

Eunício
A reportagem cita ainda o senador cearense Eunício Oliveira (PMDB-CE) que, segundo o jornal, também tem o nome incluído na lista do tribunal, conforme apurou o Estado.

Contra a Lei
De acordo com o artigo 54 da Constituição, deputados e senadores não podem firmar ou manter contrato com pessoa jurídica de direito público, autarquia, empresa pública, sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público e ser proprietários, controladores ou diretores de empresa que goze de favor decorrente de contrato com pessoa jurídica de direito público, ou nela exercer função remunerada.










Corrupção, Nacional
Atualizado em: 26/07/2011 - 10:32 am


Wilson Wolter Filho foi exonerado

Foi publicada, nesta terça-feira (26) no Diário Oficial da União, a exoneração de Wilson Wolter Filho, assessor especial do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. A portaria é assinada pela ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

Outra exoneração publicada é a do contador Paulo Henrique da Silva Costa, que ocupava cargo técnico em comissão na agência. A portaria foi assinada pelo diretor-presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestre (ANTT), Bernardo Figueiredo.

Acumulado
Com essas exonerações, já chega a 18 o número de baixas no Ministério dos Transportes desde o início das denúncias, no começo de julho, de um suposto esquema de superfaturamento de obras e de recebimento de propina.

Nesta segunda-feira (25), o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antonio Pagot, foi um dos que apresentou pedido de exoneração do cargo.

Leia mais:
Planalto demite mais seis funcionários do Ministério dos Transportes
Oposição apresenta pedido para convocar comissão e ouvir ministro dos Transportes
Exoneração de Alfredo Nascimento é publicada no Diário Oficial
Ministro dos Transportes é o segundo a cair no governo Dilma

Com informações da Agência Brasil










Articulação
Atualizado em: 26/07/2011 - 9:27 am


Governador Cid Gomes durante entrevista à TV Jangadeiro. Foto: Kézya Diniz.

O governador Cid Gomes (PSB) voltou a sugerir a criação de uma nova fonte de financiamento para a saúde e acompanhou o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), na  diposição de “enfrentar uma batalha nacional” para garantir mais dinheiro para a área.

O debate gira em torno da criação de um novo imposto chamado de CSS (Contribuição Social para a Saúde) mais conhecido como a recriação da CPMF.

Preservar Dilma
Nas palavras de Cid, ficou clara a estratégia de preservar a presidente Dilma Rousseff do debate que causa reações negativas da opinião pública brasileira. O governador do Ceará chegou ao ponto de se colocar como “ajudante de ordens” de Dilma ao propor que a presidente entregasse “a alguns fiéis escudeiros bem intencionados a tarefa de lutar por uma ampliação dos recursos”.

A declaração foi dada em Alagoas, na segunda-feira (25), onde Cid Gomes participou de dois eventos: o III Fórum de Governadores do Nordeste e o lançamento do Plano Brasil Sem Miséria no Nordeste.

“Eu me junto ao governador Jacques Wagner, que se colocou em primeiro da fila, eu me coloco imediatamente como seu ajudante de ordens, ao lado pra que a gente possa enfrentar uma batalha nacional. A presidenta Dilma pode ficar um pouco de lado disso e entregar a alguns fiéis escudeiros bem intencionados a tarefa de lutar por uma ampliação dos recursos destinados ao financiamento de saúde principalmente voltado para a atenção secundária”, disse o governador Cid Gomes.

CSS
A Contribuição Social para a Saúde (CSS) é um tributo discutido no Brasil desde 2008. O projeto prevê que sua arrecadação será destinada ao financiamento da saúde pública. Modelo similar à CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) extinta em dezembro de 2007.

Pressão?
Ainda na primeira entrevista como presidente, em janeiro de 2011, Dilma Rousseff afirmou que não pretendia enviar ao Congreso Nacional a “recomposição da CPMF” mas deixou claro que observava a pressão dos governadores.

“Eu tenho muita preocupação com a criação de impostos. Preferia outros mecanismos, mas tenho visto uma pressão dos governadores, não posso fingir que não existe. […] Não pretendo reenviar ao Congresso a recomposição da CPMF, mas isso será objeto de negociação com os governadores”, disse a presidente no início de janeiro.

Este é o tipo de assunto que ganha força após períodos eleitorais, se é que me entendem.










Agenda, Partidos
Atualizado em: 26/07/2011 - 7:29 am


Marcelo Freixo participa de debates sobre direitos humanos em Fortaleza

O deputado estadual do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSol), participa nesta terça (26) e quarta-feira (27) em Fortaleza de uma programação de debates sobre os direitos humanos.  O parlamentar é presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e durante a passagem pela capital cearense pretende compartilhar experiências sobre ações desenvolvidas com o apoio dos cariocas.

A atividade tem apoio do PSol do Ceará. Lideranças do partido como Renato Roseno e Soraya Tupinambá participam dos debates, assim como o vereador de Fortaleza, João Alfredo.

Tropa de Elite
Marcelo Freixo inspirou o personagem “deputado Diogo Fraga”, interpretado no cinema pelo ator Irandhir Santos. Aquele que acabou casando com a ex-mulher do capitão Nascimento (Wagner Moura) e, ainda nas telas de cinema, levou policial a depor na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Na vida real, o deputado Marcelo Freixo presidiu a CPI das Milícias, que investigou a ligação de parlamentares com grupos paramilitares, da qual resultou a indiciação de 225 envolvidos e a apresentação de 58 medidas concretas para acabar com a ação dos milicianos.

Debates
Em Fortaleza, Marcelo Freixo vai discutir os direitos humanos, crime organizado, violência institucional, dentre outros temas. Confira, abaixo, a programação de debates.

Programação
Dia 26/07 (terça-feira)
9h30 – Reunião com grupos e organizações que lutam pela efetivação dos Direitos Humanos

18h – Cine debate com o filme Tropa de Elite II
Participação: Marcelo Freixo – Deputado Estadual pelo PSOL, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro; Adelaide Gonçalves – Historiadora e professora da Universidade Federal do Ceará
Local: Centro de Formação Frei Humberto (Rua Paulo Firmeza, 445. Bairro: São João do Tauape)

Dia 27 /o7 (quarta-feira)
9h – Debate: Crime Organizado e Violência Institucional
Debatedores: Marcelo Freixo; Leonardo Sá – Coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV), vinculado à Universidade Federal do Ceará; Renato Roseno – Militante de Direitos Humanos e integrante da Executiva Estadual do PSOL – CE; Eliane Novaes – Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.
Local: Assembleia Legislativa do Ceará

19h – Debate – Psol nas lutas: contra a criminalização da pobreza e na resistência à privatização da cidade
Debatedores: Marcelo Freixo; João Alfredo – Vereador pelo PSOL em Fortaleza; Soraya Tupinambá – Integrante da Executiva Estadual do PSOL.










Corrupção, Denúncia
Atualizado em: 25/07/2011 - 5:20 pm


A denúncia diz que empreiteiras pagavam "mensalão" a dirigentes do Dnit, até 2010 comandado por Joaquim Guedes Neto.

O jornal Folha de S. Paulo publicou nesta segunda-feira (25) reportagem em que revela a existência de um suposto pagamento de  “mensalão” a dirigentes do Dnit no Ceará. 

Além disso, a matéria mostra que segundo investigação do Ministério Público, baseada em escutas telefônicas, uma empreiteira pagou até o conserto de carro para uma pessoa classificada como amante de um supervisor do Dnit em Fortaleza.

A reportagem é assinada por Andreza Matais, Breno Costa, Dimmi Amora, João Carlos Magalhães, José Ernesto Credencio e Rubens Valente, publicada na Folha desta segunda-feira. A íntegra está disponível apenas para assinantes. Acompanhe abaixo alguns trechos da matéria que mostram o suposto esquema de corrupção no Ceará.

“No Ceará, por exemplo, 27 funcionários públicos, parentes e empreiteiras foram denunciados por procuradores da República em maio deste ano por improbidade administrativa, sob a suspeita de praticar fraudes no Dnit local, comandado pelo PR. Segundo o Ministério Público Federal, as empresas tinham escritório no Dnit. A denúncia diz que elas pagavam “mensalão” a dirigentes do órgão, até 2010 comandado por Joaquim Guedes Neto.

Segundo o inquérito, baseado em escutas telefônicas, uma empreiteira pagou até o conserto de carro para uma pessoa classificada como amante de um supervisor do Dnit em Fortaleza.

O órgão informou que toma todas as providências necessárias em relação às suspeitas levantadas pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, e disse que os servidores de carreira responsabilizados por ilegalidades vão responder a processo administrativo.

Sobre as indicações políticas, o Dnit informou que as nomeações para as superintendências são feitas pelo ministro dos Transportes, com o aval da Casa Civil.”

Leia também:
Juiz chama rodovias federais no Ceará de “estradas sonrisal”

Ministro dos Transportes afasta diretor interino do Dnit   
Ministro dos Transportes é o segundo a cair no governo Dilma 
Diretor afastado diz que petista é responsável por 90% das obras do Dnit 
 

Com informações da Folha.com










Com a palavra
Atualizado em: 25/07/2011 - 4:46 pm


Observando a realização de mais uma coletiva à imprensa do secretrário Especial da Copa, Ferruccio Feitosa, decidi escrever um pouco sobre as interseções entre Copa do Mundo e eleições 2012, a política e o futebol. Leia ainda:  Ferruccio reúne imprensa para apresentar maquete virtual do Castelão nesta segunda

Com toda essa exposição positiva, fruto, é claro, do trabalho desenvolvido na secretaria especial da Copa, Ferruccio Feitosa ganha visibilidade para disputar cargos públicos. Acaso? Claro que não. O governador Cid Gomes já mostrou que nas articulações políticas não dá ponto sem nó.

Não resta dúvida que, como político experiente que é, Cid Gomes planejou a abertura de espaço para uma jovem liderança criando a nova secretaria e entregando a missão a Ferruccio. Deu ao secretário a oportunidade para mostrar serviço e estabelecer uma imagem positiva.  Ferruccio é filiado ao PSB.

Plano A
Publicamente, quando questionado sobre a sucessão em Fortaleza na eleição de 2012, Cid Gomes manifestou simpatia pela candidatura de um outro secretário, Camilo Santana, que recebe igual atenção na estrutura de governo. Com Camilo, filiado ao PT, o governador conseguiria manter a aliança com o partido de Luizianne Lins e Dilma Rousseff.

O detalhe é que a cúpula da sigla não está tão interessada assim no “candidato” indicado pelo governador. Não estou dizendo que o PT não pense em Camilo para disputar a prefeitura da capital, ele inclusive está entre os 13 prefeituráveis do PT, mas a decisão passa por outras mãos. Neste caso, não vai ser tão fácil quanto tem sido até hoje para Cid Gomes. Leia em: PT divulga lista de prefeituráveis para 2012

Plano B
É aí que entra Ferruccio, uma carta na manga do socialista. Se não der certo com Camilo e com o PT, Cid Gomes pode apostar na juventude e na imagem positiva do secretário da Copa para disputar a prefeitura da capital.  Algum pecado nisso? É relativo. 

A história mostra que a gestão pensada para atender a objetivos meramente político partidários, deixa em segundo plano o que deveria ser meta exclusiva dos que ocupam cargos públicos: tomar as melhores decisões para trazer os maiores benefícios a população que confiou seu voto e através dele, entregou a chave do cofre e o poder das decisões. É amigos, a política muitas vezes atrapalha a vida do cidadão comum. Basta olhar os loteamentos de cargos, troca de favores e por aí vai. Mas este é um outro assunto.

Voltando à vitrine de Ferruccio. Vejam bem a mensagem passada hoje sobre as obras do Mundial: o que é do Estado anda bem, já as obras da prefeitura não saem do papel. Ou seja, o que Ferruccio toca vai pra frente. Já o que está sob domínio da petista Luizianne não avança. Sentiram? Aí fica a pergunta: por onde anda o planejamento conjunto tão comemorado quando Cid Gomes foi cabo eleitoral e principal responsável pela reeleição de Luizianne Lins? Quem achar, devolva por favor!

PSB
Não bastasse todas estas articulações, o presidente municipal do PSB, Sérgio Novais, movimenta seu grupo para proteger a aliança com Luizianne Lins e já declarou guerra aos cidistas na definição pela candidatura socilalista à prefeitura da capital.  

Enfim, todos os atores cumprem os papéis que lhes foram dados. Também é certo que qualquer espaço pode servir de palanque. Mas com planejamento, trabalho bem feito, um pouco de sorte e, é claro, muito dinheiro para tocar obras e projetos, fica muito mais fácil chegar no coração do eleitor. 

Leia ainda:
Opinião: Entre a luz do poste e a escuridão das urnas  
Opinião: Eleições 2012 – A primeira disputa é entre aliados