Nacional
Atualizado em: 03/06/2011 - 5:34 pm


Em passagem pelo Brasil, José Maria Aznar conversa com as principais lideranças do país nas áreas política e econômica.

O ex-senador cearense Tasso Jereissati e o senador mineiro Aécio Neves (ambos do PSDB) estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira (03), no Rio de Janeiro, com o ex-primeiro ministro espanhol, José Maria Aznar.

Durante almoço, os três discutiram as conjunturas do Brasil e da Espanha. 

Em passagem pelo Brasil, Aznar vem conversando com as principais lideranças políticas e econômicas do país.

Na quinta-feira (02) à noite, o ex-primeiro ministro participou de um jantar oferecido por José Agripino, presidente nacional do Democratas.

Aznar veio ao Brasil após seu partido, o PP, ter se consagrado como o grande vitorioso nas urnas nas eleições municipais na Espanha.

O Partido Popular (PP)  garantiu o comando, inclusive, das comunidades de Madrid e Valência.










Ceará, Eleição
Atualizado em: 03/06/2011 - 4:12 pm


O Tribunal Regional Eleitoral confirmou, para este domingo (05/06), a eleição no município de Alcântaras, na região norte do Ceará, para a escolha de novos prefeito e vice. O mandato dos eleitos será encerrado no dia 31 de dezembro de 2012.

Candidatos
Três candidatos disputam a preferência dos 8.343 eleitores aptos a votar. Francisco Eliésio Fonteles, do PSB, é candidato pela coligação Justiça e Liberdade (PMDB/PSB). Outros duas candidaturas estão sub-judice: Francisco Charlys Moreira de Menezes é postulante pelo PSOL. Já Antônio Marcos Ximenes Carvalho, do PRP, concorre na Coligação Por um Alcântaras Melhor para Todos (PRP/PCdoB).

Antônio Marques Ximenes Carvalho (PRP/PCdoB) teve registro de candidatura cassado pelo TRE

Registro cassado
Antônio Marcos Ximenes Carvalho teve o registro de candidatura cassado pela Corte do TRE-CE, que o condenou por não ter prestado contas do exercício de 2005. Na época, ele era presidente da Câmara Municipal de Alcântaras. Além disso, a Corte do TRE considerou que o candidato tem parentesco por afinidade com o ex-prefeito do município, Raimundo Gomes Sobrinho, cassado, em novembro de 2009, por crimes eleitorais.

O candidato pode ainda recorrer ao TSE ou a coligação pode substituí-lo na chapa que disputará o pleito no próximo domingo.

Leia mais: TRE cassa registro de candidato a prefeito de Alcântaras

Prefeito Cassado
O prefeito reeleito em 2008, Raimundo Gomes Sobrinho, teve o mandato cassado em novembro de 2009e foi definitivamente afastado do cargo em agosto de 2010 por decisão da Justiça Eleitoral que entendeu que o gestor cometeu abuso de poder econômico e político. 

Eleição
Como  percentual de votação para a eleição do ex-prefeito, em 2008, foi superior a 50% dos votos válidos, a cassação do mandato acabou gerando uma nova eleição, chamada de suplementar.

Tudo Pronto
A assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará diz que a corte já tomou todas as providências para a realização das eleições, que serão coordenadas pelo juiz eleitoral Zanilton Batista de Medeiros, da 24ª ZE, cuja sede está localizada na cidade de Sobral.

Eleição em Números
– Estão aptos a votar 8.343 eleitores;
– Foram instaladas 34 seções em 10 locais de votação no município de Alcântaras;
– 112 mesários foram treinados para trabalhar no pleito;
– 14 Policiais Militares foram destacados para reforçar a segurança.

Telefones
O TRE também divulgou telefones úteis para quem precisar de informações, no próximo domingo (5/6), por conta das eleições suplementares em Alcântaras.
– Fórum Eleitoral de Sobral (88) 3611-1800 e 3611-3929.
– Fórum de Justiça de Alcântaras: (88) 3640-1057
– Coordenadoria de Eleições do TRE-CE: 3388-3813 e 3388-3814.

Plantão
Algumas áreas do TRE-CE estarão de plantão, no próximo domingo, para dar apoio à eleição. O TSE também vai estar de plantão, pois, além do pleito no Ceará, serão realizadas outras cinco eleições suplementares, na Bahia (Cordeiros), Pará (Aveiro, Brasil Novo e Bujaru) e Espírito Santo (Rio Novo do Sul).

Com informações da Assessoria de Imprensa do TRE.










Ceará
Atualizado em: 03/06/2011 - 2:03 pm


A segunda edição do MAPP, em 2011, será realizada no sábado (04) e na segunda (06) Foto: Divulgação

O governador Cid Gomes  (PSB) reúne o secretariado neste sábado (04/06) para avaliação do MAPP, o Monitoramento de Ações e Programas Prioritários. O encontro será realizado na Sala de Reunião do Palácio da Abolição, às 9h30.

Convocados
Além dos secretários, todos os diretores de órgãos vinculados do Estado foram convocados para a apresentação do andamento de ações e projetos do Governo para o período de 2011 a 2014.

Reunião
O MAPP é uma espécie de reunião de trabalho, onde secretários e diretores debatem o governador do Ceará sobre o andamento de cada projeto em todas as secretarias e órgãos vinculados do Estado.

Na segunda
A avaliação também se estenderá durante toda a segunda-feira (06/06). O encontro será na mesma hora e local: Sala de Reunião do Palácio da Abolição, às 9h30.

2011
Esta é a segunda vez, em 2011, que o Governador reúne secretários e diretores de órgãos vinculados para discutir o MAPP.

Com informações da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado.










Câmara Municipal, Greve
Atualizado em: 03/06/2011 - 1:01 pm


Dentistas e enfermeiros do Programa de Saúde da Família (PSF) lotaram, na manhã desta sexta-feira (3), o plenário e a galeria da Câmara Municipal de Fortaleza (CMF). Os servidores cobram isonomia de tratamento entre médicos, enfermeiros e dentistas, além da revisão do Plano de Cargos, Carreias e Salários (PCCS).

Aquecimento
A audiência pública foi uma espécie de “aquecimento” na agenda de mobilizações que continuam no período da tarde. Da Câmara, os servidores seguem para a Secretaria de Administração do Município (SAM), onde vão tentar abrir o canal de negociação com a Prefeitura de Fortaleza. Os funcionários do PSF estão em greve desde o dia 3 de maio.

MPE
Nós próximos dias, a expectativa é que o Ministério Público Estadual (MPE) entre na discussão. A promotora de Saúde, Isabel Porto, já solicitou a ata com os depoimentos dos servidores durante a audiência pública realizada na Câmara Municipal.

Vídeo
O vereador João Alfredo (PSOL), por sua vez, prometeu enviar a gravação, em vídeo, da audiência pública, para que a Promotoria analise os depoimentos e tome as medidas cabíveis.

Não compareceram
Secretários do município e vereadores da base aliada da prefeita Luizianne Lins (PT) foram convidados, mas não compareceram à audiência pública, não enviaram representantes ou sequer justificativas para a ausência.

Acompanhe a reportagem exibina no Jornal Jangadeiro desta sexta-feira:










Partidos
Atualizado em: 03/06/2011 - 9:34 am


Lúcio Alcântara vai abrir os trabalhos no evento promovido pelo PR

Com o tema “Lugar de mulher é no PR”, o partido da República realiza um encontro nesta sexta-feira (03), das 14 às 17 horas, no Hotel Praia Centro, em Fortaleza. A reunião será aberta pelo presidente estadual do PR no Ceará, Lúcio Alcântara.

Objetivo
A ideia do PR é aprofundar a discussão dos temas relacionados à mulher, à política, à saúde, economia e ao direito, com painéis apresentados por pessoas de destaque em cada área.

Convidados
Estarão presentes ao evento, como convidadas, a presidente nacional do PR Mulher, deputada federal Nilmar Ruiz (PR/TO), e a ex-deputada federal  Tonha Magalhães (PR/BA).

Evento
O evento é uma promoção conjunta do PR Mulher Nacional e do Diretório Estadual do Partido da República no Ceará. As deputadas Gorete Pereira e Fernanda Pessoa, presidentes do PR Mulher no Estado e no Município, respectivamente, estão a frente da organização do evento.

Serviço
Evento: Encontro de mulheres promovido pelo Partido da República com o tema “Lugar de mulher é no PR”
Local:  Hotel Praia Centro (Av.Monsenhor Tabosa, 740 – Fortaleza)
Hora: das 14h às 17h
Data: 03.06.2011










Bastidores
Atualizado em: 02/06/2011 - 9:07 pm


Reprodução do site do governo do Ceará.

A Assembleia Legislativa aprovou mensagem do Governo do Estado que autoriza a contratação de operação de crédito no valor de US$ 105 milhões junto ao Ex-Im Bank of the United States para financiamento do projeto Acquário Ceará.

Embora o pedido de autorização para que o governo contrate o empréstimo tenha sido votado nesta quinta-feira (2), a parceria com a empresa norte americana irá construir o Acquario do Ceará já havia sido formalizada.

Oficial
A página do governo do Ceará na internet mostra que Cid Gomes fechou a parceria com fornecedores para a construção do Acquario Ceará no dia 27 de maio. (Veja foto ao lado).

Oposição
Para o deputado Heitor Ferrer (PDT), o governador Cid Gomes atropelou a Assembleia e desmostrou falta de respeito com o Poder Legislativo estadual.

Normal
Já o vice-presidente da Assembleia, deputado José Sarto (PSB), justificou a negociação antecipada com a certeza da aprovação da matéria que autorizaria o pedido de empréstimo.

Diário

O Diário Oficial do Estado, publicado no dia 26 de maio, antes mesmo a assinatura do contrato de parceria, já mostrava informações de um outro contrato: o de dispensa de licitação da empresa que vai construir o Acquario. Para o líder do governo, deputado Antonio Carlos (PT) a contratação é legal uma vez que a empresa contratada é uma das poucas especializadas na criação de aquários personalizados.

Fogo Amigo
Contratos e dispensas de licitação a parte, a autorização para o empréstimo foi aprovada com maioria esmagadora. Já a oposição ao projeto do Acquario ganhou adesão de representantes da base aliada do governador Cid Gomes, como a deputada Eliane Novais, do PSB.

A parlamentar ressaltou que o Governo poderia ter investido em outras prioridades, como saúde, saneamento e educação.

Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa.










Nacional
Atualizado em: 02/06/2011 - 8:07 pm


Netinho pode ser cassado por quebra de decoro parlamentar.

O futuro do vereador Netinho de Paula (PCdoB) vai ser decidido no plenário da Câmara Municipal de São Paulo. O relatório do corregedor da Casa, aprovado por unanimidade, acusa o comunista de quebra de decoro parlamentar, crime no desempenho do mandato e abuso das prerrogativas do cargo.

Frias
Netinho é acusado porque teria utilizado notas frias para justificar gastos do gabinete. O caso foi revelado pelo jornal O Estado de São Paulo, em abril de 2010.

Relatório que avalia uso de notas frias para justificar gasto de gabinete foi aprovado nesta quinta-feira (02) por unamidade. O vereador nega todas as acusações.

Penalidade
A pena prevista para o caso é de suspensão do mandato de vereador  no período de 30 a 90 dias. Mas o avanço do processo pode até culminar na cassação de Netinho.

Plenário
O corregedor geral da Câmara, Marco Aurélio Cunha (sem partido),  afirma que o relatório deve ser submetido ao plenário. Se for aprovado, o processo vai gerar uma representação será aberta na corregedoria da Casa, só depois o pedido de cassação poderá ser formalizado.

Com informações do Estadão.com










ALEC
Atualizado em: 02/06/2011 - 6:20 pm


Os deputados Mailson Cruz (PRB) e dra. Silvana (PMDB) tomaram posse, na sessão desta quinta-feira (02/06), durante solenidade realizada no plenário da Assembleia Legislativa.

Eles assumem, respectivamente, as vagas deixadas pelos deputados eleitos Rachel Marques e Francisco Pinheiro (ambos do PT).

Bancada
Assim, a bancada do PT na Assembleia Legislativa perde dois de seus representantes e abre espaço para o “rodízio” de partidos aliados pela coligação como o PRB e o PMDB.

Licença
O deputado Professor Pinheiro (PT) se despediu da Assembleia na terça-feira (31/05). Ele deixa o exercício do mandato parlamentar para reassumir a Secretaria de Cultura do Estado.

A vaga agora será ocupada pela “Dra. Silvana” que é esposa do ex-deputado estadual Jaziel Pereira e ficou na suplência da coligação PRB / PT / PMDB / PSB .

Sáude
Já a deputada Rachel Marques (PT) pediu licença de 120 para tratamento de saúde. A licença, neste caso, é remunerada.

O professor Mailson Cruz, do PRB, assume o mandato , na vaga da petista. 

Ferrer
O deputado Heitor Ferrer (PDT) votou contra o pedido de licença de Rachel Marques e prometeu entrar em uma representação junto ao Conselho Regional de Medicina para apurar a necessidade do período de 120 dias para o tratamento de saúde da colega.

Para Ferrer, que também é médico, o período estimado para tratamento não condiz com a realidade.

Leia também:
Pinheiro volta pra Cultura e Rachel pede licença










Nacional
Atualizado em: 02/06/2011 - 4:55 pm


Parlamentares e policiais discutiram o tema em audiência da Comissão de Segurança Pública. Foto: Leonardo Prado/Agência Câmara.

A Câmara Federal vai instalar na próxima semana uma comissão especial para analisar propostas sobre qualificação e carreiras policiais, entre elas as PECs 300/08 e 446/09, que estabelecem piso salarial nacional para policiais e bombeiros.

Anúncio
O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Marco Maia, na última terça-feira (31) quando policiais de vários estados estiveram em Brasília para pedir a inclusão das propostas na pauta do Plenário.

Debate
O assunto também foi discutido em audiência pública da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado e por integrantes da Frente Parlamentar em Defesa da PEC 300, instalada hoje.

Propostas
As duas propostas, que tramitam em conjunto, foram aprovadas em primeiro turno em março do ano passado. O texto aprovado – uma emenda assinada por vários partidos – cria o piso e estabelece um prazo de 180 dias para o Executivo definir o valor.

Nesse período, será adotado um piso transitório de R$ 3,5 mil para os policiais de menor graduação (soldados, no caso da PM) e de R$ 7 mil para os oficiais do menor posto.

Especial
A proposta de criação de uma nova comissão especial dividiu os participantes da audiência. Para o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), esse é o caminho a ser percorrido, pois nada é votado na Casa sem acordo. Segundo ele, “a comissão para discutir as PECs da segurança pública só não foi instalada ainda porque o PT e o PSDB não indicaram seus representantes”.

Retomada
O líder do DEM, deputado Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), argumenta que o regimento da Câmara e a Constituição são claros. “A PEC já foi aprovada em primeiro turno e o processo de votação tem de ser retomado do lugar de onde parou.”

Votação
O gestor da Associação Beneficente dos Servidores Militares de Sergipe, sargento Edgard Menezes Silva Filho, também defende a votação imediata da proposta.

“Se eu tiver que perder, quero perder na votação, mas não porque alguém me tirou o direito de ter meu pleito apreciado em Plenário”, argumentou.

Com informações da Agência Câmara de Notícias.










Câmara Municipal
Atualizado em: 02/06/2011 - 4:15 pm


Evandro Leitão, presidente do Ceará, recebeu a Medalha Ayrton Senna. Foto: Genilson de Lima/CMFor

A Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) prestou homenagem ao Ceará Sporting Club, em sessão solene realizada na manhã desta quinta-feira (02/06) pela passagem dos 97 anos de fundação do time, o título arrastão do certame estadual de 2011 e a entrega da Medalha Ayrton Senna para o presidente do Ceará, Evandro Leitão.

A solenidade atendeu ao requerimento dos vereadores Casimiro Neto (PP), Iraguassú Teixeira (PDT) e Luciram Girão (PSL)

Tricolor
O presidente da CMFor, vereador Acrísio Sena (PT), que é torcedor do Fortaleza, abriu a solenidade afirmando que “a Câmara, como uma Casa de vocação democrática, recebe o Ceará nesta festa”.

Prestígio
Além dos vereadores de Fortaleza, prestigiaram o evento o deputado estadual Júlio César (PTN); osecretário estadual de Esporte, Gony Arruda; o representante da Base Aérea de Fortaleza, capitão Nilton Guimarães; torcedores, jogadores e dirigentes do Ceará.

Medalha
A solenidade foi encerrada com a entrega da medalha Ayrton Senna a Evandro Leitão; e de placas aos jogadores, dirigentes e torcedores pelos 97 anos do Ceará e a conquista do título arrastão do campeão cearense de 2011.

Camisas
Evandro Leitão, o vice- presidente do clube, Robinson de Castro e Dimas Filgueiras entregaram aos vereadores Casimiro Neto, Luciram Girão e Iraguassú Teixeira camisas oficiais do Ceará e faixas de campeão arrastão 2011.

Com informações da Câmara Municipal de Fortaleza.










Câmara Municipal
Atualizado em: 02/06/2011 - 10:55 am


Os vereadores Alípio Rodrigues (PTN) e Glauber Lacerda (PPS) pediram licença de seus mandatos de vereador na Câmara Municipal de Fortaleza abrindo espaço para Audízio Oliveira (PTN) e José Carlos Carvalho (PPS) que ocupam as vagas pelos próximos quatro meses.

As licenças para “tratar de interesse particular” não são remuneradas.  

Audízio
Ao tomar posse no Plenário da Câmara, na quarta-feira (01/06) o vereador Audízio Oliveira anunciou que pretende dedicar seu mandato à defesa da luta contra as drogas. O palamentar promete atuar com as atenções voltadas para os anseios da sociedade.

Cacá
Já o vereador José Carlos Carvalho (PPS) retornou à Câmara Municipal de Fortaleza na quarta-feira, 1º, com a licença do vereador Glauber Lacerda (PPS), que se ausenta do Legislativo por quatro meses para tratar de interesse particular.

“Estou aqui para servir ao povo”, declarou José Carlos, que é mais conhecido como Cacá. O parlamentar já exerceu quatro mandatos, mas não conseguiu a reeleição em 2008.

Vários parlamentares comemoram a volta dele à Casa, destacando a vigilância do experiente parlamentar para com os direitos da população.

Com informações da Câmara Municipal de Fortaleza.










Ceará
Atualizado em: 02/06/2011 - 8:56 am


Antônio Marques Ximenes Carvalho (PRP/PCdoB) teve registro de candidatura cassado pelo TRE

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou, nesta quarta-feira (1º), o registro de candidatura de Antônio Marques Ximenes Carvalho, da coligação PRP/PCdoB.

O candidato iria concorrer ao cargo de prefeito da cidade de Alcântaras, na região Norte do Ceará, nas eleições suplementares que seriam realizadas neste domino (5).

Cassação
A cassação do registro aconteceu após o TRE acolher o recurso eleitoral nº 1197, feito pelo candidato adversário a prefeito, pela coligação PSB/PMDB.

O pedido foi aceito por conta da desaprovação das contas de 2005, quando Antônio Carvalho exercia o cargo de presidente da Cãmara Municipal de Alcântaras.

Inelegível
Além disso, ele foi considerado inelegível, devido ao parentesco, por afinidade, com o candidato cassado do município, Raimundo Gomes Sobrinho. Por conta desses fatores, a Corte do TRE manteve a decisão de 1ª instância do juiz da 24ª zona eleitoral de Sobral.

Com informações do TRE










Congresso
Atualizado em: 01/06/2011 - 10:52 pm


Por Gabriel Castro, da Veja.com

Marco Maia, presidente da Câmara Federal. Foto: Luiz Cruvinel/Agência Câmara

Marco Maia, presidente da Câmara Federal. Foto: Luiz Cruvinel/Agência Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), tornou sem efeito a convocação do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, para dar explicações de como multiplicou seu patrimônio por 20 em um período de apenas quatro anos. Pelo menos até terça-feira, quando sai a decisão em defintivo, Palocci está livre de ter de comparecer ao Legislativo.

Acusações
O requerimento de convocação do ministro foi aprovado em votação simbólica na Comissão de Agricultura da Casa, na manhã desta quarta-feira. A base aliada acusou a oposição de fraudar o resultado. Tudo isso porque a decisão, em caráter simbólico, não pressupunha uma contagem individual dos votos. Quem era contra o requerimento deveria erguer o braço, o que nem todos os governistas fizeram.

Revisão
O deputado Paulo Piau (PMDB-MG) apresentou uma questão de ordem ao presidente da Câmara, pedindo a revisão do resultado. Marco Maia disse que irá analisar a situação com equilíbrio, mas já deu um sinal de que a pressão da base pode funcionar: “É muito ruim uma decisão tomada por uma comissão e que é questionada pela ampla maioria dos integrantes dessa comissão”, declarou.

Oposição
O líder do DEM na Câmara, ACM Neto (BA), disse que a revogação da decisão seria inaceitável: “A oposição cumpriu o regimento. Não podemos ser golpeados. Aí nós iremos ao Supremo”, adiantou.

O líder do PSDB, Duarte Nogueira (SP), também não aceita um recuo: “O ministro está convocado. A votação foi regimental”.










Partidos, Polêmica
Atualizado em: 01/06/2011 - 8:02 pm


PSDB, DEM e PPS divulgaram nota conjunta nesta quarta-feira (1), afirmando que a decisão do governo de privatizar aeroportos, anunciada nesta semana pelo governo de Dilma Rousseff, é incoerente com o discurso adotado pelo governo em mais de uma ocasião no passado.

O grupo lembra que em 2007, quando aconteceu o  ‘apagão aéreo’, e durante campanha eleitoral do ano passado, o governo rejeitou a solução da privatização de maneira “peremptória e agressiva”.

Leia a íntegra da nota:

“O governo anunciou recentemente sua disposição de ceder à iniciativa privada a gestão de alguns terminais dos principais aeroportos brasileiros. E o fez como se se tratasse de uma providência que não exigisse, perante o País, uma explicação face à tradição do PT nessa matéria.

No caso específico dos aeroportos, cabe lembrar que a Oposição promoveu, em junho de 2007, em São Paulo, seminário para definir um conjunto de medidas que pudesse dar conta do que então foi denominado de “apagão aéreo”.

Diante do descalabro do transporte aéreo, de que todos se recordam, procuramos, naquele momento, de forma responsável, equacionar o problema em termos estritamente técnicos. Mobilizamos renomados especialistas nacionais e estrangeiros e produzimos um documento intitulado “Um novo modelo de gestão do transporte aéreo”. Cientes de que se tratava de tema de grande complexidade e que não comportava simples palpites, tomamos a precaução de convidar para o evento autoridades ligadas ao Ministério da Aeronáutica, inclusive da Infraero. As proposições em causa, respaldadas por quem tinha autoridade e conhecimento para fazê-lo, foram entregues pessoalmente ao Ministro da Defesa de então.

São transcorridos exatos quatro anos. Que fizeram o governo e o PT ao longo desse período? Continuaram deblaterando contra qualquer tipo de concessão à iniciativa privada e, notadamente, tratando de negar o inquestionável sucesso do programa dessa índole, promovido pelo governo anterior, nas áreas da comunicação, mineração, petróleo e siderurgia. No tocante aos aeroportos, as dificuldades encontradas pelos usuários perpetuaram-se como se, a rigor, fossem inevitáveis.

De repente, sem quaisquer preâmbulos, o governo petista passa a adotar, ainda que envergonhadamente, a concessão de serviços públicos à iniciativa privada. Medida essa que, ainda durante a última e recente eleição presidencial rejeitou de maneira peremptória e agressiva. O mínimo que se pode dizer de tal farsa é que se trata de fraude. Embora seja também preciso acrescentar, como o faz a voz do povo: antes tarde do que nunca. Esperamos, todavia, que a coragem pouca e tardia do Governo não tenha chegado tarde demais para por em ordem nosso sistema de transporte aeroviário a tempo de bem receber os visitantes para a Copa do Mundo e as Olimpíadas.”

Com informações do Estadão.










Ceará
Atualizado em: 01/06/2011 - 7:20 pm


As Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) suspenderam, nesta quarta-feira (1), o julgamento do habeas corpus envolvendo o prefeito de Nova Russas, Marcos Alberto Martins Torres. O motivo foi o pedido de vista feito pelo desembargador Paulo Camelo Timbó.

Leia mais:
Prefeito de Nova Russas é preso pela Polícia Federal

Tribunal de Justiça mantém decisão que afastou prefeito de Nova Russas

Câmara Municipal de Nova Russas abre processo de cassação contra prefeito afastado

Justiça decreta prisão do prefeito de Nova Russas e de mais quatro secretários
Secretária de Finanças de Nova Russas pode ter se entregado à Polícia Federal

O relator do processo, desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto, votou pela expedição de mandado de prisão contra o gestor, denunciado pelo Ministério Público (MP) estadual por improbidade administrativa.

O pedido de vista do desembargador Paulo Timbó, no entanto, suspendeu o julgamento, que terá continuidade em sessão extraordinária marcada para a próxima quarta-feira (8), às 13h30.

Fonte: TJCE