Eleições 2012
Atualizado em: 11/05/2011 - 4:47 pm


Marcos Cals durante campanha ao Governo do Estado em 2010. No sábado, 14, o tucano será confirmado na presidência do PSDB no Ceará.

O atual presidente PSDB no Ceará, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, confirmou que a convenção estadual da sigla está marcada para o próximo sábado (14), na casa de shows Kangalha, bairro Messejana, em Fortaleza.

O evento será iniciado às 10 horas e vai marcar a eleição do ex-deputado estadual Marcos Cals para o comando da legenda no Ceará.

Convidados
A convenção será em clima de festa com as presenças de deputados, vereadores, prefeitos e demais lideranças políticas de 54 municípios cearenses. O ex-senador Tasso Jereissati também confirmou presença.

Eleições 2012
A ideia do partido é reestruturar diretórios do partido para garantir candidaturas de prefeito ou vice-prefeito com chance de vitória em pelo menos 120 municípios do estado.

Fortaleza
O PSDB também já definiu que terá candidatura para a prefeitura de Fotaleza. Entre os nomes citados como possíveis candidatos estão: o ex-deputado Marcos Cals; o empresário e presidente do PSDB da capital, Pedro Fiúza; o ex-governador do Ceará, Maia Junior; e o deputado estadual, Fernando Hugo.










Ceará
Atualizado em: 11/05/2011 - 2:44 pm


Cid Gomes em audiência com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento no dia 29 de outubro de 2008.

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados aprovou, na manhã desta quarta-feira (11), um requerimento de autoria do deputado Mendonça Filho (DEM/PE) que convida Cid Gomes a explicar suas declarações de que o Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, é “inepto, incompetente e desonesto”.

Cid reclamou, no sábado (7), que o Ceará era discriminado pelo ministério, classificado por ele como uma “laia” O governador cearense também chamou o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) de “antro de roubalheira”.

Leia Mais:
Cid lança “Rally dos buracos”, classifica ministério dos Transportes de “laia” e Dnit de “quadrilha”
Áudio: Cid diz que Ministro é ” inepto, incompetente e desonesto”

Queixa Crime
Na tarde de terça-feira (10), o Ministério dos Transportes divulgou nota afirmando que o ministro Alfredo Nascimento ingressará nesta quarta-feira (11) com queixa crime junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), para que Cid Gomes responda pelas acusações que lhe têm imputado indevidamente.

Com informações da Folha.com










ALEC
Atualizado em: 11/05/2011 - 10:34 am


Deputado Wellington Landim (PSB) na Tribuna da AL

A Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Ceará realiza nesta quarta-feira (11/05), às 15h, no Plenário 13 de Maio, audiência pública para discutir sobre o serviço oferecido pelas operadoras de telefonia celular.

A reunião atendendo ao requerimento do deputado Welington Landim (PSB).

Serviços
Segundo o deputado, o serviço das operadoras, em especial a TIM, vem piorando a cada dia e, ainda assim, continuam as campanhas de venda.

“Queremos saber se as operadoras já planejam em seu cronograma algum investimento para a melhoria de seus serviços, pois realizar uma ligação é quase um milagre”, afirmou o parlamentar.

Respeito
Já o presidente da Comissão, deputado Fernando Hugo (PSDB/CE), destacou que a audiência pública pode contribuir no debate para que os usuários de telefonia tenham seus direitos respeitados.

“Não há quem possua celular que não reclame da péssima qualidade do serviço”, criticou.

Convidados
Foram convidados para o debate representantes do Ministério Público Federal no Ceará, Ministério Público do Estado, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Decom do Ceará e Procon da Assembleia Legislativa.

Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa.










Articulação
Atualizado em: 11/05/2011 - 9:15 am


Senador Eunício Oliveira promete fazer "campanha" para derrubar veto de Lula sobre royalties do petróleo.

O senador Eunício Oliveira (PMDB/CE) defendeu a derrubada do veto do ex-presidente Lula que trata da forma de distribuição dos recursos provenientes dos royalties sobre a exploração de petróleo entre todos os estados e municípios.

O parlamentar disse que, mesmo sendo da base aliada da presidente Dilma, vai “fazer campanha” para garantir que o veto seja derrubado.

Marcha
O assunto veio à tona com a realização da XIV Marcha em Defesa dos Municípios, que começou na terça-feira (10), em Brasília.

De acordo com o senador, os municípios não possuem recursos para investimentos e, em muitas situações, as cidades contam apenas com verbas de emendas parlamentares para realização de projetos.

Pra derrubar
Diante deste argumento, o cearense diz que vai defender a revisão do decreto presidencial que deu prazo só até julho para que sejam iniciados projetos e obras com recursos de emendas parlamentares ao Orçamento da União de 2009.

“Mesmo sendo da base de sustentação do governo, mesmo com toda admiração a presidente Dilma Rousseff, não posso aceitar que apenas três estados do Brasil, ou alguns poucos municípios, recebam mais royalties do que toda arrecadação do estado do Ceará. Vou votar e fazer campanha para derrubar esse veto”, defendeu Eunício.

Arrecadação
Ainda segundo Eunício, a derrubada do veto sobre a distribuição dos royalties acrescentaria aos cofres das prefeituras cerca de R$8 bilhões ao ano. Hoje, a maior parte da arrecadação com os royalties fica basicamente com a União e com os estados do Rio e do Espírito Santo.

Votação
A votação dos vetos presidenciais será nesta quarta-feira (11), em sessão conjunta do Congresso Nacional.










Articulação
Atualizado em: 11/05/2011 - 5:04 am


O deputado Aldo Rebelo (PCdoB/SP) é o relator do projeto que modifica o Código Florestal. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os prefeitos que participam da 14ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios defenderam a aprovação imediata do novo Código Florestal, “nos termos apresentados pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP)”, relator do projeto.

Apoio
O apoio foi anunciado após enquete sugerida pelo presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, durante explanação sobre os pontos que serão defendidos pela entidade no Congresso Nacional.

De acordo com o presidente da CNM, o evento conta com a participação de 1,3 mil inscritos, entre prefeitos, secretários, assessores e jornalistas, entre outros.

Da Agência Brasil










Eleições 2012
Atualizado em: 10/05/2011 - 11:10 pm


Vereador lançou pré-candidatura do PTC para sucessão de Luizianne Lins. Foto: Genilson de Lima/CMF

O vereador Dr. Edim (PTC) defendeu o lançamento de candidatura própria do Partido Trabalhista Cristão (PTC) na disputa pela sucessão da prefeitura de Fortaleza .

“O PTC está largamente habilitado a lançar o seu pré-candidato e a concorrer com chapa própria no pleito de 2012. O partido quer e vai contribuir para que o pleito do próximo ano tenha sim, um novo candidato.”, afirmou.

Mendes
O parlamentar defendeu que o candidato da sigla seja o vereador Marcelo Mendes, presidente estadual do PTC e vereador licenciado.

“É uma jovem e competente revelação desta atual legislatura, com impressionante produção legislativa, eficiente orador, administrador experiente e cidadão de passado e conduta limpa”, defendeu.

 Detalhe
O vereador Edim é suplente de Marcelo Mendes e ocupa o cargo durante licença do titular da vaga

Com informações do site da Câmara Municipal de Fortaleza.










Polêmica
Atualizado em: 10/05/2011 - 10:45 pm


A polêmica envolvendo o governador Cid Gomes e o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento continua repercutindo no noticiário nacional. O jornal SBT Brasil, em parceria com a TV Jangadeiro, veiculou matéria sobre o assunto.

Para contextualizar os telespectadores dos outros estados, o âncora Carlos Nascimento ainda faz questão de frisar: “Cid Gomes é o irmão de Ciro Gomes, que todos conhecem”.

Veja a matéria do SBT/Jangadeiro:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=CwJvuaUfiTI[/youtube]










Ceará
Atualizado em: 10/05/2011 - 9:08 pm


O Tribunal de Justiça do Ceará decretou, na tarde desta terça-feira (10), a prisão do prefeito afastado de Nova Rusas, Marcos Alberto Martins Torres (PSC), e de mais quatro secretários municipais.

Além de atos de improbidade administrativa supostamente cometidos em parceria com empresas “laranjas”, o prefeito é acusado de desvios de mais de R$ 8 milhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para contas pessoais de sua mulher e de sua filha.

Leia mais
Prefeito de Nova Russas é novamente afastado do cargo

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Câmara Municipal de Nova Russas, o prefeito de Nova Russas é acusado, também, de enriquecimento ilícito. O Ministério Público ingressou com uma ação criminal após denúncias de vereadores e do padre da cidade, alegando que Marcos Alberto – mesmo afastado do cargo – continuava na Prefeitura.

A prisão foi decretada pela desembargadora Francisca Adelineide Viana. Receberam mandato de prisão a secretária de Administração Planejamento, o sobrinho do prefeito Francisco Azevedo Junior e seu sócio Marcos Alberto – os dois últimos também ocupavam cargos nas secretarias do município.










Polêmica
Atualizado em: 10/05/2011 - 7:48 pm


O governador Cid Gomes reafirmou as criticas contra o Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, durante entrevista coletiva concedida na tarde desta terça-feira (10). Sem recuar no tom das declarações, Cid Gomes trocou o “ministro” pelo “ministério”.

“O ministério é inepto, incompetente e desonesto. Tem uma tradição de desonestidade há muitos anos. Não é só de agora, há muitos anos. Reafirmo absolutamente o que disse. E o estado em que se encontram as BR’s aqui no Estado do Ceará mostram e, enfim, são testemunha do que eu tô falando”, disparou.

Leia também:
Ministro dos Transportes é fotografado em audiência com Cid Gomes
Ministro dos Transportes entra com ação no STJ contra Cid Gomes

Sentimento
O governador deixou claro que não quer saber de polêmica e nem de “ti-ti-ti”.

“O que eu quero e me sinto na obrigação é de expressar um sentimento de desconforto da população do estado do Ceará.  Eu não faço isso por agrado, não faço isso porque gosto de polêmica, não faço isso porque quero ganhar uma manchete de jornal. As pessoas sabem que sou uma pessoa muito mais discreta. Mas onde, onde eu chego, eu chego as pessoas vem reclamar pra mim“, ressaltou.

Situação
Cid Gomes disse que as BR’s 222, 020, 116 e o trecho do anel viário estão em situação “absolutamente inconveniente ou inadequada” e que estas rodovias precisam de uma ação do ministério dos Transportes.

Demissão
Já sobre a proposta de demissão do ministro Alfredo Nascimento, defendida por deputados estaduais na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira (10) Cid Gomes preferiu não se manifestar.

“Quem demite ou admite ministro é a presidenta da República e eu não quero, de maneira nenhuma, entrar nessa esfera”, afirmou.

Sem diálogo
Cid Gomes reafirmou que não vai mais “procurar esse ministro porque eu já o procurei por diversas vezes e nunca vi consequência nos encontros que tive com ele , nas ações que foram tratadas”. Ele completou afirmando que vai “na primeira oportunidade que tiver” conversar com a presidente da República, Dilma Rousseff, para pedir uma atenção “especial” a questão das estradas do Ceará.

“É isso que precisa ser feito, no mais é disse me disse”, ponderou.

Acompanhe a entrevista de Cid Gomes:










Polêmica
Atualizado em: 10/05/2011 - 6:31 pm


 

Ministro Alfredo Nascimento

Em nota, o Ministro de Estado dos Transportes, Alfredo Nascimento, confirmou, no início na tarde desta terça-feira (10), que vai ingressar com queixa crime junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o governador Cid Gomes. O ministro quer que Cid Gomes “responda pelas acusações que lhe têm imputado indevidamente”. A ação será impetrada até amanhã.

Leia mais:

Cid lança “Rally dos buracos”, classifica ministério dos Transportes de “laia” e Dnit de “quadrilha”

Áudio: Cid diz que Ministro é ” inepto, incompetente e desonesto”

Disse o ministro:
Digo ao cidadão do Ceará que os problemas das estradas serão revertidos. Nosso trabalho será retomado em junho. Ao governador, reservo o meu silêncio. Ele que se entenda com a justiça”.

De acordo com a nota do Ministério, Alfredo Nascimento ficou surpreso que reação do governador tenha se dado apenas depois e, sobretudo, diante da circunstância que definiu o conjunto de medidas restauradoras para a malha viária cearense, cuja discussão envolveu deputados e senadores do Ceará durante reunião em 04 de maio.

A assessoria de comunicação do órgão justificou ainda que o estabelecimento de medidas para a reconstrução de todas as rodovias federais do Ceará – cujo início está previsto para os primeiros dias de junho, ao fim do período chuvoso – não contou com a colaboração do governador.

Registros oficiais
Ainda segundo a assessoria de comunicação do ministro, registros oficiais informam que a última audiência concedida ao governador Cid Gomes deu-se em 29 de outubro de 2008. De lá para cá, o governador não fez nenhum pedido de reunião. Também não há registro de telefonemas do governador para Alfredo Nascimento, ou seu antecessor, no período.

Veja também: Ministro é fotografado em audiência com Cid Gomes

Restauração da malha viária
Na mesma nota, o Ministério dos Transportes comunica que, por intermédio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), publicou novos editais de licitação para a recuperação da malha viária cearense, além de ter determinado a Ministério dos Transportes Assessoria de Comunicação Social Gabinete do Ministro a ampliação dos contratos existentes. Uma força-tarefa foi montada e já trabalha no órgão para dar celeridade ao trabalho.

Para o Ministério, tais medidas revertem a paralisia imposta ao órgão no Ceará, em decorrência de operação da Polícia Federal realizada no segundo semestre de 2010, que levou à suspensão de contratos para a apuração dos fatos e à nomeação de um interventor para administrar o DNIT.










Polêmica
Atualizado em: 10/05/2011 - 5:36 pm


Cid Gomes em audiência com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, no dia 29 de outubro de 2008.

Após as declarações do governador Cid Gomes sobre a suposta discriminação que o Ceará estaria sofrendo em relação ao Ministério dos Transportes, o próprio ministro Alfredo Nascimento respondeu ao assunto na imprensa nacional e informou que nunca foi procurado pelo governador do Ceará para tratar das BR”s.

Foto
Mas a imagem ao lado revela que não é bem assim. Na foto, Alfredo Nascimento aparece ao lado do governador Cid Gomes analisando informações ao observar o mapa do Ceará.

A audiência foi realizada, segundo assessores do Governador, no dia 29 de outubro de 2008.

Comento
De um lado o governado do Estado, de outro o ministro dos Transportes. Entre eles o mapa do Ceará. Duas autoridades políticas de partidos aliados da presidência da República, agora, em rota de colisão.

É difícil acreditar que a má situação das rodovias federais que cortam o Ceará não seja de conhecimento de quem tem a gestão da malha viária ou mesmo da atual presidente, Dilma Rousseff, que no governo anterior (época da foto acima) era chamada de “mãe do PAC” e tinha nas mãos a coordenação das grandes obras estruturantes do país.

Enquanto a pendenga não é resolvida e o ministro e o governador não se entendem, quem paga o pato é a população que continua enfrentando a buraqueira das estradas.










Eleições 2012
Atualizado em: 10/05/2011 - 5:29 pm


 O deputado Roberto Mesquita (PV) convidou o deputado Heitor Férrer (PDT) para disputar a Prefeitura de Fortaleza pelo Partido Verde. Mesquita disse que participou de reunião com a cúpula da sigla aqui, na capital, e que a proposta teria apoio da maioria.

Heitor Férrer seria cortejado pelo Partido Verde para disputar prefeitura de Fortaleza em 2012

 

Sem espaço
Segundo Mesquita, o convite veio após o presidente do PDT, André Figueiredo, afirmar que Férrer teria que mudar sua postura caso se mantenha na pretensão de postular o cargo.

Contrariando as palavras de Figueiredo, o deputado verde afirmou que Férrer está apto a disputar a sucessão de Luizianne Lins.

“O senhor está preparado para fazer as grandes mudanças na infraestrutura da cidade e na qualidade de vida dos fortalezenses e vai ser um prazer ter o senhor como representante do Partido Verde na campanha pela Prefeitura”, disse Mesquita.

A resposta de Férrer
Heitor Férrer nem disse que “sim” nem que “não” e se limitou a agradecer ao deputado Roberto Mesquita pelo convite de migração para o PV no intuito de ser candidato à Prefeitura de Fortaleza.

“Fico lisonjeado. O grande problema não seria ingressar no PV, seria eu sair do PDT, onde tenho 24 anos de militância”, argumentou.

Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa.










Eita mah!
Atualizado em: 10/05/2011 - 4:28 pm


Carlos Mesquita (PMDB) quer criar frente parlamentar para defender a gestão petista e diz que as críticas fortalecem ainda mais a gestora - Foto: Genilson de Lima/CMF

Uma Frente parlamentar para responder às críticas contra a prefeita Luizianne Lins (PT). Essa é a proposta do vereador Carlos Mesquita (PMDB).

Por Amor à Fortaleza
O parlamentar anunciou a formação da Frente de Apoio ao Executivo, no plenário da Câmara Municipal de Fortaleza, durante sessão desta terça-feira (10). A tal frente ganhou o nome de “Por amor à Fortaleza”

“Não podemos ficar parados, vendo que a maioria das acusações são mentirosas. Nós conhecemos os problemas da Prefeitura. São vereadores que estarão junto com a Prefeita para dar respostas àqueles políticos que querem ver o caos”, justificou Mesquita.

Crítica que fortalece
Para o parlamentar, embora “injustas”, as críticas à gestão de Luizianne Lins servem para colaborar com o trabalho da Prefeita.

“Eu que conheço a Luizianne, sei que ela cresce mais, trabalha mais, nesse clima. Pois estão mexendo com os brios dela e quem sai ganhando é o povo de Fortaleza. Já estão sendo agendadas várias inaugurações. A chuva está atrapalhando. A partir do 2º semestre, várias inaugurações surgirão”, profetizou.

Reação
Em resposta ao pronunciamento de Carlos Mesquita (PMDB), o vereador João Alfredo (PSOL) afirmou que não se pode imputar à oposição a culpa pela atual situação de Fortaleza.

“Querer responsabilizar a oposição pelos problemas da cidade é absolutamente inaceitável”, disparou.

Oposição
Apesar de considerar legítima a formação de uma frente de apoio à administração municipal, João Alfredo afirmou não aceitar que se crie um maniqueísmo em torno dos fatos.

“Dizer que essa é a frente de defesa da cidade porque defender a prefeita ou a administração é defender a cidade, isso eu não vou aceitar.”, disse o vereador que ainda completou afirmando que “a democracia pressupõe a oposição”.

Detalhe
Carlos Mesquita era um dos principais aliados do ex-prefeito de Fortaleza, Juraci Magalhães.

O parlamentar chegou a ocupar a presidência da Câmara de vereadores de Fortaleza, com as bençãos do chefe do executivo municipal, na época em Luzianne Lins era vereadora de oposição.

Nada como um dia após o outro.

Com informações do site da Câmara Municipal de Fortaleza.










Ceará
Atualizado em: 10/05/2011 - 11:14 am


Usina de Energia Solar de Tauá. Foto: Divulgação.

“Esse mês entrará em operação a primeira usina de energia solar do país em escala comercial, pela MPX”. A informação foi divulgada no perfil oficial, no twitter, do empresário Eike Batista, nesta segunda-feira (09).

Através da rede social, a equipe de Eike divulgou um link com mais informações sobre o empreendimento. Acompanhe abaixo:

Veja como será a usina de Tauá

Começaram em setembro de 2010 as obras para a construção da primeira usina solar comercial do País, empreendimento da nossa companhia de energia, a MPX, implantado pela sua subsidiária MPX Tauá Energia Solar. Instalada em Tauá, município localizado a cerca de 360 quilômetros de Fortaleza, a usina solar terá a potência de 1MW, o suficiente para abastecer uma comunidade com 1.500 residências. Há planos ainda de expansão da usina, podendo chegar à potência instalada de 5MW.

A escolha de Tauá foi decorrente do bom nível de incidência solar na região, já que a cidade tem um dos melhores índices solares do Nordeste e fica próxima à Linha do Equador.

Os painéis fotovoltaicos da usina – que recebem a luz do sol e são responsáveis pela transformação dessa radiação em energia elétrica- foram comprados da Kyocera, empresa japonesa que está entre as líderes mundiais do setor. A MPX Tauá terá 4.680 destes painéis, instalados numa área de cerca de 12 mil metros quadrados. Os painéis chegam em dezembro, e a usina começa a gerar energia em meados de março de 2011.

São R$ 10 milhões de investimento da MPX, que tem hoje a maior plataforma de geração de energia em crescimento do setor elétrico brasileiro.










Congresso
Atualizado em: 10/05/2011 - 10:42 am


MP pode alterar Minha Casa MInha Vida. Foto: Edson Rodrigues/Secom-MT

Uma medida provisória que estabelece novas regras para a segunda etapa do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, deve ser votada pelo Senado até quarta-feira (11), prazo em que perderá a validade.

Novas Casas
Transformada em projeto de lei de conversão (PLV 10/11), a MP – que tranca a pauta do Plenário – prevê a construção e a reforma de dois milhões de moradias para o período de 2011 a 2014.

Para isso, o governo elevou de R$ 14 bilhões para R$ 16,5 bilhões as transferências da União para o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), que financia o programa.

Regras Claras
As mudanças pretendem tornar as regras do programa mais claras, facilitando seu entendimento pela população, e também os procedimentos para a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas, de acordo com o Executivo. A matéria abrange, portanto, o Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU) e Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).

Renda
Os deputados aprovaram mudanças na MP original enviada pelo Executivo, entre as quais os valores da renda das famílias que devem ser beneficiadas pelo programa: antes, eram famílias que recebem mensalmente até dez salários mínimos (R$ 5.450 pelos valores atuais); com o PLV, cai o referencial do mínimo e o teto fica fixado em valor nominal de R$ 4.650.

A MP, que tem como relator no Senado Waldemir Moka (PMDB-MS), também beneficia mulheres e famílias chefiadas por mulheres, deixando de exigir a assinatura do cônjuge nos contratos em que elas são beneficiadas. A exceção é somente nos casos de contratos que envolvam recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Para que as mulheres sejam contempladas pelo programa, a renda mensal da família não pode ser maior do que R$ 1.395.

Além da comprovação de que o interessado no benefício do programa habitacional integre família com renda mensal de até R$ 4.650, haverá prioridade de atendimento às famílias residentes em áreas de risco, insalubres ou que estejam desabrigadas. Outras prioridades para o atendimento são famílias com mulheres responsáveis pela unidade familiar e as que tenham pessoas com deficiência.

Subvenção econômica
Para a implementação do programa Minha Casa Minha Vida, a União concederá subvenção econômica ao beneficiário pessoa física no ato da contratação do financiamento habitacional, observada a disponibilidade orçamentária e financeira do Executivo. Essa subvenção será concedida exclusivamente a mutuários com renda mensal de até R$ 2.790, em uma única vez, por imóvel e por beneficiário.

Para conferir outras alterações, clique aqui.

Agência Senado de Notícias