ALEC
Atualizado em: 23/07/2011 - 2:36 pm

A Assembleia Legislativa planeja  mudanças na gestão da Casa pela próxima década e já firmou convênio com a Fundação Dom Cabral (FDC). A parceria visa elaborar um planejamento estratégico de longo prazo para a atuação do Poder.

Segundo o presidente da AL, deputado Roberto Cláudio (PSB), a ideia é consultar a sociedade para saber o que ela espera do Parlamento. Depois, diagnosticar quais demandas a população lista como fundamentais para a Assembleia atuar.

“Planejamento é um esforço demorado; de muita conversa; de muita energia. Isso irá orientar as diretrizes desta e das próximas legislaturas”, explica o socialista.

As ações serão iniciadas em agosto, após o recesso parlamentar.

“Ao fim de tudo, a AL terá uma identidade organizacional com missão, valores e visão de futuro. Assim, poderá promover ainda mais a valorização dos servidores, por meio do envolvimento e alinhamento das pessoas no processo de construção e execução de estratégias institucionais”, adianta Fabiana Gondim, coordenadora de implantação do Planejamento Estratégico da Assembleia.

Com informações da Agência de Notícias da AL



1 comentário







1 comentário
Topo | Home


@nortonlimajr | domingo julho 24 2011 | 02:55

Kézya, esse gasto público é um desperdício inominável. O papel institucional da Assembléia Legislativa já está definido na Constituição da República, um deles é evitar que roubem o dinheiro público e não seja cúmplice de qualquer roubalheira tipo a que você denunciou dos banheiros públicos.






You must be logged in to post a comment.