Ceará, Vídeos
Atualizado em: 15/02/2012 - 6:19 pm

Deputados observam discussão no plenário da Assembleia Legislativa. Foto: Kézya DIniz

O governo do Estado pode ser obrigado a devolver dinheiro que deveria ser utilizado em projetos como a implantação da refinaria de petróleo e na construção de moradias populares do “Minha Casa Minha Vida”. A informação motivou debate entre os deputados estaduais na sessão desta quarta-feira (15) da Assembleia Legislativa.

Segundo os deputados de oposição, os recursos do governo federal deixaram de ser aplicados na construção de 29 mil moradias populares e também na refinaria Premium da Petrobras aqui no Ceará.

“Reinou a ineficiência”
Os parlamentares cobram explicações do governo Cid Gomes (PSB) e afirmam que o dinheiro voltou porque a administração estadual não apresentou projetos para aproveitar os recursos federais.

“No caso atual imperou a ineficiência, a incompetência, porque veio dinheiro para o estado do Ceará e por incompetência governamental, por incúria de governo, os recursos para refinaria e para moradia popular voltaram para a União”, disse o deputado Heitor Férrer (PDT).

Não é bem assim
O líder do governo na Assembleia, deputado Antonio Carlos (PT), não confirmou, mas também não negou a informação e prefiriu tratar o assunto como uma espécie de mudança no orçamento que, segundo disse, seria diferente de devolver o dinheiro. “Na verdade pode ter sido um dinheiro orçado que não foi utilizado porque ainda não era aquela etapa daquele dinheiro. Então não é correto a palavra devolução do dinheiro“, enfatizou.

“Doa a quem doer”
O deputado Wellington Landim (PSB) disse que essa informação não foi confirmada pelo governo e que só um levantamento completo poderá esclarecer a dúvida. “Eu acho que dois, três dias, nos vamos esmiuçar isso com muitos detalhes e teremos a verdade dos fatos. Doa a quem doer”, disse o socialista.

Acompanhe a reportagem do Jornal Jangadeiro:



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.