Tribunais
Atualizado em: 09/01/2012 - 3:09 pm

Presidente da AMB se reúne com Cid Gomes (Foto: Divulgação/Assessoria)

O presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Nelson Calandra, se reúne, na tarde desta segunda-feira (9) no Palácio da Abolição, com o governador Cid Gomes, para discutir o suposto caso de tortura contra parentes da desembargadora Sérgia Miranda no último dia 4 de janeiro, em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Calandra também esteve com Sérgia Miranda na manhã desta segunda-feira (9). Na ocasião, ele declarou sua indignação em relação aos últimos acontecimentos. Em entrevista à Jangadeiro FM, Calandra disse que o caso é de “imensa gravidade”, pois foram utilizadas armas de grosso calibre, e os idosos foram feridos com objetos cortantes.

“Atentado contra a Democracia Republicana”
Nelson Calandra deixou claro que espera uma pena alta aos envovidos. Ele classificou a ação contra os idosos como um “atentado contra a Democracia Republicana”. O presidente da AMB pediu também rigor após o resultado das investigações. “Não se pode aplicar a mesma punição da década de 1940, que penalizava esse crime do mesmo modo de quem roubasse o cavalo do meu avô”, acrescentou.

Redação Jangadeiro Online, com informações da AMB



0 comentários







0 comentários
Topo | Home