Eleições 2012, Partidos
Atualizado em: 30/06/2011 - 6:35 pm

Rui Falcão concedeu coletiva à imprensa antes de embarcar para Terezina. Foto: Kézya Diniz

O presidente Nacional do PT, Rui Falcão, cumpriu agenda política em Fortaleza nesta quinta-feira (30). Acompanhado de membros da Executiva da sigla, o dirigente petista se reuniu com a prefeita Luizianne Lins e conheceu projetos da prefeitura de Fortaleza para diferentes áreas.

A comitiva visitou o Cuca da Barra do Ceará e passou pelo projeto de reurbanização do litoral Oeste da capital, conhecido como Vila do Mar.

Coletiva
No período da tarde, Falcão almoçou com lideranças do PT do Ceará no hotel Marina Park e em seguida concedeu entrevista coletiva à imprensa. Na ocasião, o petista reafirmou o compromisso da direção nacional da sigla em dar prioridade à sucessão da prefeita Luizianne Lins (PT), na disputa pela prefeitura de Fortaleza.

2012
Falcão evitou citar nomes de possíveis candidatos e deixou claro que a intenção, em princípio, é manter a aliança que elegeu Luizianne Lins. O petista afirmou que a antecipação do debate não interessa ao PT, mas admitiu que a eleição de 2012 é fundamental para a sigla.

“A eleição de 2012 é um momento decisivo para a preparação de 2014”, disse em referência a disputa pela presidêcia da República.

Orgulho
Questionado sobre a presença do presidente Lula na campanha de 2012, Falcão disse que o PT tem muito orgulho do ex-presidente mas não confirmou a participação dele nos palanques municipais. O petista ainda aproveitou para alfinetar os adversários do PSDB.

“Existem partidos que escondem seus ex-presidentes durantes as campanhas, nós sómos o contrário”, afirmou sem citar o nome de Fernando Henrique Cardoso.

Oposição
Já sobre a movimentação dos tucanos que afirmam que afirma que o País está “sem rumo claro”, Falcão disse que o PSDB não apresentou propostas durante a disputa eleitoral e mais uma vez sem citar nomes, criticou a campanha do ex-presidenciável, José Serra.

“Foi uma campanha fundamentalista, preconceituosa e que, em grande medida, foi responsável pela sua própria derrota”, disparou.

De Fortaleza, Rui Falcão seguiu para Terezina.

 

Veja na reportagem do Jornal Jangadeiro:

 



1 comentário







1 comentário
Topo | Home


Felícia Helena | sexta-feira julho 1 2011 | 10:47

O PT realmente esqueceu suas bandeiras e todo o discurso de moralidade, boas práticas e eficiência administrativa que vendeu ao eleger Lula ainda no primeiro mandato do então presidente. Sim, porque defender o indefensável e praticar política pelo poder, está bem longe desses ideias. Querer eleger o sucessor de Luizianne é legítimo, mas defender essa trágica gestão e querer dar continuidade a ela é simplesmente absurdo. Eles têm máquina, recursos, dinheiro para derramar em toda a Capital, mas é bom que o cidadão fique atento e não compre gato por lebre mais uma vez. Já fomos enganados duas vezes seguidas, a terceira seria burrice e entregar de vez nossa cidade ao abandono. O PT já teve sua oportunidade à frente da gestão municipal e, por duas vezes, mostrou e comprovou que não tem competência para gerir Fortaleza, nem os destinos dos Fortalezenses.






You must be logged in to post a comment.