Eleições 2014
Atualizado em: 06/11/2014 - 3:41 pm

Prestação de contas: Tasso lidera arrecadação com R$ 8,7 milhões na campanha ao Senado

Prestação de contas: Tasso lidera arrecadação com R$ 8,7 milhões na campanha ao Senado

Com uma receita final declarada de cerca de R$ 8,7 milhões, o senador eleito Tasso Jereissati (PSDB) foi quem mais arrecadou e gastou durante a campanha entre os candidatos ao Senado pelo Ceará este ano, conforme prestação de contas apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Conta não bate
Em seguida, aparece o deputado estadual Mauro Filho (Pros), que arrecadou aproximadamente R$ 1,92 milhões. Mauro Filho apresentou déficit nas contas, ou seja, gastou mais do que arrecadou. O parlamentar informou ao TSE uma despesa de R$ 4,39 milhões. Segundo sua assessoria, o Pros assumiu a dívida.

Pouca verba
A candidata do PSol informou despesas e receitas de campanha no mesmo valor, de R$ 16,3 mil.

Não informou
Geovanna Cartaxo (PSB) não informou receitas ou despesas na prestação de contas feita ao tribunal.

Doadores
Entre os maiores doadores da campanha de Tasso Jereissati, estão a Solar BR com R$1,5 milhão, ele próprio com R$ 820 mil e o PSDB com R$ 1,3 milhão. Já para Mauro Filho, o comitê de Camilo Santana foi o maior doador com R$ 694 mil. Já o comitê da presidente Dilma Rousseff destinou R$ 336,5 mil à campanha de Mauro para o Senado.

Governo
Na disputa pelo Governo do Ceará, apenas Eliane Novais (PSB) e Ailton Lopes (Psol) prestaram contas. Eliane arrecadou R$ 2.065.069,08 e gastou R$ 3.54.560,66. Já Ailton Lopes arrecadou R$ 62.477,00 e gastou R$ 61.815,93. Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB), que disputaram 2º turno, têm até o dia 25 para declarar as informações a Justiça Eleitoral.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home