Polêmica
Atualizado em: 06/07/2013 - 6:29 am

Presidente da Câmara levou sete pessoas em viagem de ida e volta entre Natal e Rio de Janeiro

Presidente da Câmara levou sete pessoas em viagem de ida e volta entre Natal e Rio de Janeiro

A Procuradoria da República no Distrito Federal (PR-DF) abriu nesta sexta-feira (5) uma investigação preliminar a fim de analisar se houve irregularidade na viagem que o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), fez com familiares e amigos em avião oficial para ver a final da Copa das Confederações no domingo passado, no Maracanã.

Alves deu carona a sete pessoas, entre elas a noiva Laurita Arruda, o irmão dela, Arturo, e a esposa, Larissa, além de um filho e dois enteados no avião da FAB, segundo o jornal Folha de São Paulo.

Leia aqui:
Renan volta atrás e diz que vai devolver dinheiro por usar avião da FAB
Até ele?! Joaquim Barbosa também usou dinheiro público para viagem particular
Depois da Carona: Presidente da Câmara pretende reembolsar a União em R$ 9.700 por uso de avião da FAB
“Caroninha”: Presidente da Câmara usa avião da FAB para levar noiva e parentes ao Maracanã

Investigação
A apuração ficará a cargo do procurador Frederico de Carvalho Paiva, do 1º Ofício do Patrimônio Público, que terá 90 dias, prorrogáveis por igual período, para decidir se abre um inquérito civil público para apurar eventuais responsabilidades no caso ou arquivá-lo. A investigação preliminar, tecnicamente chamada de procedimento preparatório, foi aberta após um pedido de apuração enviado por uma pessoa que teve a identidade legalmente preservada.

Renan
A Procuradoria da República também recebeu um pedido de apuração contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), mas uma decisão sobre eventual abertura de investigação preliminar deverá ser tomada na próxima semana. Após se negar nesta quinta-feira, 4, a devolver recursos públicos, Renan afirmou nesta sexta que vai ressarcir R$ 32 mil decorrentes do uso de avião oficial para ir ao casamento da filha do líder do PMDB na Casa, Eduardo Braga (AM).

Com informações do Estadão.com



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.