Ceará, Greve
Atualizado em: 07/03/2012 - 7:40 pm

Os professores do estado do Ceará irão aderir à paralisação de nível nacional, que, segundo a diretora financeira do Sindicato Único dos Trabalhadores Educação do Ceará (Sindiute), Menta Rios, acontecerá nos próximos dias 14, 15 e 16 de março.

O Sundiute e a Secretaria de Administração do Município (SAM) devem se reunir nesta quinta-feira (8), a fim de negociar o reajuste de salário da categoria para 22,22% no piso, 10% do PIB. O rumo da greve deve ser decidido em assembleia geral na sexta-feira (9), na Praça da Gentilândia.

Menta ainda ressaltou que já foram realizadas seis audiências e não houve aumento no reajuste. “A categoria não vai abrir mão dos 22,22%, se duvidar vamos pedir mais, aproveitando que este ano é de eleição. A gente tem que ter esperança na Prefeitura do PT por ser mais popular, senão for agora quando será?”, indaga.

A última paralisação nacional da categoria aconteceu no início de 2011 e durou um pouco mais de dois meses.

Leia mais:
Professores da rede pública estadual decidem entrar em greve por tempo indeterminado
Professores estaduais em greve protestam contra governo em aeroporto



0 comentários







0 comentários
Topo | Home