Greve
Atualizado em: 28/09/2011 - 8:12 pm

Professores seguem em vigília na Assembleia Legislativa. Foto: Leonardo Moura

“A gente vai para o hospital ou para o cemitério”. A declaração é da professora da rede pública estadual, Laura Lobato, que juntamente com outros dois professores estão fazendo greve de fome na Assembleia Legislativa desde às 11 hs da manhã desta quarta-feira (28). Com eles, estão mais 200 pessoas, entre professores e alunos, que estão acampados na sede do Poder Legislativo, onde passam a noite.

A manifestação serve para marcar posição contra à remuneração proposta pelo Governo do Estado, que segundo os professores   contraria a à Lei 12.066 de cargos, carreiras e salários. Os manifestantes rejeitam as mudanças afirmando que a proposta divide a categoria em duas classes.

Greve continua
Na última sexta-feira(23), os professores decidiram manter a greve, depois que o Governo do Estado apresentou uma nova proposta. A categoria, que está em greve há quase dois meses (desde o dia 5 de agosto) reivindica, entre outras coisas, o cumprimento da Lei Piso Nacional para todos os professores, estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia mais:
Professores acampam na AL e fazem greve de fome contra proposta do governo
Governo pede retorno imediato de professores estaduais em greve

Acompanhe algumas imagens da vigília dos professores



10 comentários







10 comentários
Topo | Home


Jackie Lispector | quarta-feira setembro 28 2011 | 21:36

Força!Que Deus abençoe vocês que heroicamente representam os professores do Ceará.

ALUIZIO CABRAL | quarta-feira setembro 28 2011 | 22:04

ESSA SITUAÇÃO MOSTRA PARA TODA A SOCIEDADE CEARENSE A VERDADEIRA FACE DO SENHOR GOVERNADOR, ASSIM COMO O QUANTO EDUCAÇÃO É PRIORIDADE PARA ELE. TAMBÉM JOGA POR TERRA A SUA TENTATIVA DE ENGANAR O POVO POR MEIO DE PROPAGANDA ENGANOSAS PAGAS COM O DINHEIRO PÚBLICO, QUE SERIA MELHOR APLICADO SE CONVERTIDO EM SALÁRIOS DIGNOS PAGOS AOS EDUCADORES DE NOSSO ESTADO.

Joyce | quarta-feira setembro 28 2011 | 23:01

Força professores,nós do interior, em especial da região do cariri, estamos nos mobilizando TAMBÉM!

HOMERO | quinta-feira setembro 29 2011 | 06:52

ESTOU ORGULHOSO E AO MESMO TEMPO PREOCUPADO PELOS MEUS VALOROSOS COMPAINHEIROS EDUCADORES POR TAL ATITUDE….DAQUI HÁ POUCO ESTAREI AI P SOMAR AO MOVIMENTO….

maria | quinta-feira setembro 29 2011 | 08:21

Isso é um absurdo greve de fome! professores o que vocês são,nada menos do que egoistas que só pensam em vocês, sei que os salários de vocês não está adequado como deveria ser, mas chegar a fazer greve de fome. Greve de fome quem deveria está fazendo era os alunos que vocês estam prejudicando, alunos esses que sonham fazer uma faculdade,esses sim deveriam fazer uma greve de fome no portão da APEOC, isso é só politica, alguém que quer sair bem para 2012. O que o governador deveria fazer era colocar professores substitutos e descontar do sindicato.

Manoel Messias | quinta-feira setembro 29 2011 | 10:31

Essa greve de fome é ruim para o Ceará, é uma coisa extrema e já, já vai ter repercussão nacional e mundial. É lamentável.

Fábio | quinta-feira setembro 29 2011 | 18:04

Parabéns pela cobertura, mas tenho uma consideração a fazer: o Governo do Estado não apresentou nenhuma proposta na última reunião. Só exigiu que voltássemos, para posteriormente propor algo. Se ele tivesse apresentado alguma proposta para o debate na última reunião, provavelmente os professores não estariam em greve.

Débora | quinta-feira setembro 29 2011 | 19:33

MUITAS PESSOAS DIZEM QUE GREVE DE FOME É ABSURDO,ESSAS NÃO PASSAM DE UM BANDO DE EGOÍSTAS QUE SÓ PESSAM EM SI PŔOPRIAS…..QUEM NÃO LUTA NÃO VENCE,E SE VENCER SEM LUTA É PORQUE NÃO TIVERAM DIGNIDADE DE VENCER COM HONESTAMENTE.
SOU ALUNA DE MUITOS DOS QUE NA AL SOFREM POR UM SALÁRIO DIGNO,QUERO VENCER NAVIDA MAISNÃO PASSANDO POR CIMA DO TRABALHO DOS OUTROS.FAÇO UM APELO AO NOSSO GOVERNADOR,Cid Gomes GOVERNE HONESTAMENTE,PAGUE OQUE É DE DIREITO AOS PROFESSORES!

Claudete | quinta-feira setembro 29 2011 | 20:06

Cara Sra Maria, sou professora por mais de 10 anos e egoismo é algo que não combina com nossa profissão, digo para a sra. que a atual luta pode salvar muitos de nossos alunos que futuramente venham a ser professores, bem como garantir que existam professores para as futuras gerações, pois se for confirmado o plano do Sr. Cid Gomes eu lhe digo, quem está na profissão muitos vão procurar outra profissão, pois “trabalhar por amor não paga conta e nem enche bucho” e pouco terão interesse em ingressar nela.
Espero senhora que ninguém em sua família queira essa profissão para que posteriormente a sra. não sinta o que sentimos hoje.

celina silva | sábado outubro 1 2011 | 20:45

força professores estou com vcs.vamos vencer .






You must be logged in to post a comment.