Ceará
Atualizado em: 09/07/2013 - 2:29 pm

Profissionais da Saúde protestam contra Ato Médico na AL

Profissionais da Saúde protestam contra Ato Médico na AL

Profissionais da área da Saúde estiveram nesta terça-feira (09), na Assembleia Legislativa, para solicitar apoio dos deputados estaduais contra o projeto de lei 286, que trata do chamado Ato Médico, aprovado no mês passado pelo Congresso Nacional. A matéria aguarda sanção ou veto da presidente Dilma Rousseff, que deve se manifestar até o dia 12 de julho.

Adiado
Mas, em virtude do falecimento do ex-deputado José Fiúza Gomes, a sessão da Assembleia acabou suspensa e os profissionais deliberam que, amanhã (10), estarão novamente na Assembleia para tentar sensibilizar os parlamentares sobre as contrariedades da matéria.

Leia aqui:
Deputados suspendem a sessão desta terça na Assembleia Legislativa do Ceará

Reflexo negativo
Para Ricardo Siqueira, conselheiro do Coren-CE (Conselho Regional de Enfermagem do Ceará), caso o projeto seja sancionado, “haverá reflexos negativos na saúde pública do País”. Ele avalia que o ato médico retira a autonomia de diferentes profissionais da saúde.

Polêmica
Os profissionais da saúde apontaram cinco pontos polêmicos do projeto, entre eles o que diz que o diagnóstico de doenças como prerrogativa exclusiva dos médicos, a emissão de diagnósticos de anatomia patológica e de citopatologia, procedimentos invasivos e a ocupação de cargos de direção e chefia.



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.