Articulação, Bastidores, Partidos
Atualizado em: 29/08/2011 - 11:15 am

Joaquim Cartaxo

O Partido dos Trabalhadores (PT) está com a meta de subir, de 16 para 35, o número de prefeituras no Ceará nas eleições municipais de 2012. A afirmação foi do 1º vice-presidente da Executiva Estadual do partido, Joaquim Cartaxo.

Para atingir a meta, de acordo com ele, nove prefeitos vão concorrer a reeleição. O partido também vai investir em prefeituras da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), lançando novas candidaturas em Trairi e Itapipoca, por exemplo.

No primeiro, quem deve concorrer à prefeitura é Jerônimo Nascimento, atual presidente estadual da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Já em Itapipoca, o nome ainda não está definido. Nos demais municípios que o PT administra, entre eles Fortaleza, a sucessão dos prefeitos, bem como as coligações ainda estão sendo discutidas.

Em Fortaleza
Na Capital cearense, para suceder a prefeita Luizianne Lins (PT), o partido lançou 13 pré-candidatos. No processo de sucessão, segundo Joaquim Cartaxo, a aliança com o governador Cid Gomes (PSB) deve ser mantida, apesar de haver algumas contradições.

Estratégia para 2012
Entre os dias 2 e 4 de setembro, o PT realiza, em Brasília, o 4º Congresso Nacional do partido. No evento, serão apresentadas as estratégias para as eleições de 2012, cuja prioridade é vencer em municípios com mais de 100 mil habitantes.

Baseado no que for apresentado e decidido na Capital Federal, o Diretório Estadual do PT deve decidir, no mês de outubro, a estratégia eleitoral para o Ceará.

Com informações do O Povo



1 comentário







1 comentário
Topo | Home


Marcelo Guilherme | segunda-feira agosto 29 2011 | 15:15

Acredito que o PT tenha forças sim para obter essas 35 gestões. Na Prefeitura de Fortaleza, a disputa vai ser intensa, mas o partido tem condições de vencer novamente.