Serviço
Atualizado em: 25/11/2013 - 6:33 pm

Recadastramento biométrico chega na reta final em três municípios cearenses. Foto: TRE/CE

Recadastramento biométrico chega na reta final em três municípios cearenses. Foto: TRE/CE

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará faz um alerta os eleitores de Aquiraz, Crateús e Ipaporanga que ainda não realizaram o recadastramento biométrico para que compareçam ao cartório eleitoral até esta sexta-feira, dia 29 de novembro, e evitem, assim, o cancelamento do título.

Atendimento
O atendimento é das 8h às 17h, podendo ser agendado pelo telefone 148 ou pela internet (http://apps.tre-ce.jus.br/agendabio/publico). “Quem não realizar o recadastramento biométrico obrigatório terá o título de eleitor cancelado. Então, a nossa orientação é que as pessoas agendem o atendimento e evitem longas filas”, afirma Edna Sabóia, coordenadora da Biometria no Ceará.

Balanço
e acordo com o TRE, em Aquiraz, 79% do eleitorado já fez a revisão biométrica. Já em Crateús, 74% atenderam o chamado da Justiça Eleitoral. O município de Ipaporanga revisou 65% dos eleitores.

Tem mais
O recadastramento biométrico, que consiste em acrescentar no cadastro eleitoral as impressões digitais, foto e assinatura do eleitor, acontece ainda em outras quatro cidades cearenses: Juazeiro do Norte, Sobral, Alcântaras e Forquilha. O encerramento da campanha nesses municípios será no próximo dia 13 de dezembro. Ao todo, nas sete cidades da biometria, 307 mil eleitores já foram atendidos, o que representa 70,23% do eleitorado envolvido.

Documentos
Os eleitores devem comparecer aos cartórios eleitorais munidos de comprovante de residência atual, identidade, CPF (se tiver), título de eleitor (se tiver). No caso de mudança de nome, é necessária a apresentação da certidão de casamento. Para os eleitores do sexo masculino, maiores de 18 anos, que realizarão nova inscrição, deverá ser apresentado o comprovante de quitação militar.

Obrigatório
O recadastramento é obrigatório até mesmo para os eleitores cujo voto é facultativo, como os menores de 18 anos, os maiores de 70 anos e os analfabetos.

Atenção
Caso o eleitor tenha o título cancelado, não poderá votar e ainda fica impedido de tirar passaporte e CPF, tomar posse em concurso público, obter empréstimos em bancos oficiais, receber remuneração (se for servidor público) e renovar matrícula em escolas e universidades públicas.

Com informações do TRE/CE



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.