Lava Jato
Atualizado em: 21/03/2017 - 5:21 pm

Relator da Lava Jato no Supremo recebe a lista de Janot. Foto: José Cruz/Agência Brasil

O gabinete do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), recebe na tarde desta terça (21) os 320 pedidos feitos pela PGR (Procuradoria-Geral da Republica) com base na delação de 77 executivos e ex-executivos da Odebrecht.

Entre os documentos estão os 83 pedidos de abertura de inquérito para investigar fatos relacionados a políticos com foro no STF feitos na semana passada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Lista
Esses pedidos ficaram conhecidos como a segunda “lista de Janot”, que tem cerca de cem investigados. Fachin não tem prazo para decidir sobre os pedidos.

Pedidos
Além dos 83 inquéritos, a PGR solicitou 211 pedidos de declínio de competência (envio de investigação para outras instâncias do Judiciário), além de 19 “providências” (para incluir trecho de delação da Odebrecht em inquérito já aberto, por exemplo) e sete arquivamentos. Os documentos ficaram guardados na sala-cofre do STF.

Com informações da Folha



0 comentários







0 comentários
Topo | Home