Articulação
Atualizado em: 17/06/2011 - 9:05 am

Os secretários de Educação do Estado, Izolda Cela; da Secretaria do Planejamento (Seplag), Eduardo Diogo; e da Fazenda, Mauro Filho, se reuniram na última quinta-feira (16), com representantes do Sindicato dos Professores do Estado do Ceará (Apeoc).

Mesa
O encontro, que aconteceu no Palácio Abolição, deu continuidade à reunião realizada no último dia 6. Foi definido um cronograma onde o Governo do Estado reunirá as três secretarias – Seduc, Seplag e Fazenda – e juntas estudarão cenários de valorização da carreira que deverão ser apresentados no dia 29 de junho aos professores.

Também ficou definido que no dia 30 de junho a categoria decidirá em Assembleia qual dos cenários apresentados será escolhido pelos professores.

Planejamento
Eduardo Diogo lembra que já está acertado pelo Governador a gratificação, com bases em aperfeiçoamento. Porém, Cid Gomes não pretende ampliar carga horária de planejamento de aulas, como requerido pela categoria.

Veja o vídeo:
Cid Gomes admite pagar o Piso, mas não amplia carga horária de planejamento de aulas

Reivindicações
A Apeoc quer a valorização da profissão de professor do estado, como gratificações especiais e  garantia do pagamento das férias proporcionais aos 45 dias, que está na Constituição. O valor deve ser pago em cima dos 45 dias de férias e não apenas em cima dos 30.

Histórico de reivindicações
Em 2008, houve uma greve de 30 dias e em 2009 outra de  40 dias, quando o Governo entrou com ação direta de inconstitucionalidade da lei. Desde então, a categoria intensificou os movimentos e a cobrança para que o plano de cargos e carreira saísse do papel. A constitucionalidade da lei já foi votada, mas para que o piso seja efetivamente consolidado, agora é necessária a aprovação na Assembleia Legislativa.

Plano
O objetivo das mobilizações é pressionar os parlamentares para aprovação, ainda este ano, do Plano Nacional de Educação (PNE) e cobrar dos gestores públicos o cumprimento do piso salarial profissional nacional (PSPN) previsto na lei 11.738/08, dentre outras reivindicações.



1 comentário







1 comentário
Topo | Home


***** | sábado junho 18 2011 | 14:23

governo,entre em acordo com os professores porque eu e como os outros somos nos que estamos perdendo!!!!!!!!






You must be logged in to post a comment.