Greve
Atualizado em: 16/06/2011 - 9:58 pm

Enfermeiros e odontólogos do Programa Saúde da Família (PSF) de Fortaleza, em greve desde o dia 9 de maio, realizaram Assembleia Geral nesta quinta-feira (16) e decidiram continuar com o movimento, mesmo com a ameaça da prefeitura de Fortaleza de ir à Justiça pedir a ilegalidade da paralisação, como fez com os professores.

Segundo o presidente do Sindicato dos Odontologistas do Ceará (Sindiodonto-CE), Cláudio Ferreira, a greve não é irregular, já que foi mantido um mínimo de 30% de profissionais atuando nas unidades de saúde, para garantir o atendimento básico. Mas em alguns postos de saúde, é possível encontrar pacientes frustrados sem conseguir consultas.

Leia mais:
Enfermeiros e dentistas do PSF de Fortaleza aceitam trégua de 24 horas para negociar acordo 
Servidores do PSF buscam reabrir negociação 
Professores e Servidores do PSF fazem reivindicação na Câmara Municipal

Uma nova reunião entre os trabalhadores do PSF em greve e a Secretaria de Administração de Fortaleza está marcada para às 8 horas desta sexta-feira (17).

Confira matéria exibida no Jornal Jangadeiro:



1 comentário







1 comentário
Topo | Home


Ramon Dantas | sexta-feira junho 17 2011 | 14:28

Espero que a greve do PSF acabe logo, bem como a de outros servidores de nossa cidade. Tomara que as negociações avancem o mais rápido possível e sejamos pouco prejudicados. Greve não ajuda ninguém.