Greve
Atualizado em: 08/06/2011 - 12:42 pm

Líder da prefeita diz que negociação só será reaberta com fim da greve (Foto: Kézya Diniz)

Com a Redação do Jangadeiro On Line

Enfermeiros e dentistas do Programa Saúde da Família (PSF),  em greve desde o último dia 9 de maio, reuniram-se nesta quarta-feira (8) com vereadores de Fortaleza. O objetivo do encontro era garantir a participação de representantes do Legislativo Municipal no processo de negociação com a Prefeitura.

Sem conversa
Durante a reunião, o líder da prefeita, vereador Ronivaldo Maia (PT), declarou que o canal de negociações só será reaberto se os grevistas retornarem ao trabalho.

“O governo não negocia com servidores em greve”, enfatizou Ronivaldo.

Calendário
Os trabalhadores, por outro lado, sustentam a paralisação até que seja fixado uma calendário para a execução das exigências da categoria.

(Foto: Kézya Diniz)

Programação
Na tarde desta quarta-feira (8), os enfermeiros e dentistas têm encontro com o Procurador Regional do Trabalho, Gérson Marques. Na quinta-feira (9), os servidores  realizam uma mobilização na Assembleia Legislativa do Ceará. Já na sexta-feira (10), às 16h, eles promovem um ato no Jardim Japonês, na Avenida Beira Mar.

Pauta de reivindicações
Os servidores do PSF pedem melhores condições de trabalho, realização de concurso público e correção das distorções do Plano de Cargos, Carreiras e Salários ( PCCS) da categoria.

Os dirigentes do movimento afirmam que, caso o PCCS não seja corrigido, os dentistas e enfermeiros vão sofrer uma redução salarial significativa, a partir de janeiro de 2013.

Acompanhe a reportagem exibida no Jornal Jangadeiro



2 comentários







2 comentários
Topo | Home


Harley Anderson | quinta-feira junho 9 2011 | 13:24

Gostaria só de lembrar ao Sr. Vaumic que as pautas estão na mão dele desde MARÇO e nada ele fez pra que a greve não fosse deflagrada, tratando os profissionais com verdadeiro DESRESPEITO, até spray de pimenta levamos lá na SAM por ordem do Sr. Vaumic. Agora ele quer que a categoria volte a trabalhar sem apresentar NENHUMA proposta??. Ha ha ha.. piada isso. Criem vergonha na cara, deixem de mentiras e negociem com os Servidores.

Daniel | quinta-feira junho 9 2011 | 20:09

O Sr Valmik acredita que uma dívida reconhecida pela prefeitura e dividida ao longo de 4 anos é aumento salarial? E onde estão esses 11%? O gato comeu? Aproveito e pergunto: onde estão os direitos desses profissionais como retroativos de insalubridade e GTA, anuênios todos garantidos em lei? E pergunto ainda mais ao sr Valmik: Por que a vida do médico vale o dobro da dos outros profissionais de saúde pois os mesmos correm o mesmo risco.? E o pior: Cadê o respeito, a dignidade e a liberdade? Será que retornamos à DITADURA?