Eleições 2014
Atualizado em: 24/10/2014 - 11:34 am

Supostos policiais do Raio declaram apoio a Eunício. Foto: Reprodução do vídeo

Supostos policiais do Raio declaram apoio a Eunício. Foto: Reprodução do vídeo

Quatro homens fardados, alegando serem policiais do Batalhão do RAIO, publicaram, ontem, em um perfil do Facebook atribuído à Polícia Militar, um manifesto de apoio ao candidato Eunício Oliveira (PMDB) que disputa o governo do Ceará. No vídeo, os supostos policiais que não chegam a mostrar o rosto, fazem duras críticas à gestão de Cid Gomes (Pros) e culpam o governador pelo caos da violência no Ceará.

Eunício c Camilo
Dirigindo-se à população, um dos homens ressalta que a categoria não costuma “se envolver com questões políticas”, contudo, frisa que, no momento, é necessário. “Nós entendemos que o nosso dever é proteger a sua família, a minha família desse mar de sangue que aí está. E a culpa de quem é? Todos sabemos. É do atual governador Cid Gomes”, diz o primeiro suposto policial na gravação, salientando que o governador quer eleger Camilo Santana, que segundo ressalta, tem 19 processos, sendo muito desses, por improbidade administrativa.

Críticas
Um segundo homem afirma que a Polícia Militar visualiza Camilo Santana “como um bandido”, e adverte que categoria não aceitará mais uma gestão “truculenta” e que não ouve os policiais. Na participação de um terceiro policial, o homem destaca a falta do diálogo e respeito com a categoria, o que, segundo pondera, resulta nos altos índices de violência. “Você está satisfeito com a segurança pública que estão lhe dando, com a saúde e a educação?”, questiona.

Greve
Em uma outra publicação no perfil atribuído à PM, os supostos policiais afirmam que entrarão em greve caso Camilo Santana seja eleito governador do Ceará.

Com informações do OE



0 comentários







0 comentários
Topo | Home