Eleições 2014
Atualizado em: 22/10/2014 - 2:06 pm

Tasso destaca "o que o Brasil ganhará com a eleição de Aécio Neves"

Tasso destaca “o que o Brasil ganhará com a eleição de Aécio Neves”

Em artigo publicado no site “conversa com brasileiros” da campanha do tucano Aécio Neves, o senador eleito pelo Ceará, Tasso Jereissati, defende a candidatura do aliado e manifesta sua opinião sobre o que o “Brasil ganhará com a eleição de Aécio Neves”. Acompanhe o texto na íntegra.

“O destino de um país tem direta relação com a grandeza de seus líderes. A eleição de Aécio elevará o Brasil a um novo patamar, a partir do qual seremos capazes de dar um salto para o futuro, livres de amarras ideológicas há muito superadas, de uma mentalidade estreita e preconceituosa. Aécio, por suas qualidades pessoais, por sua visão de mundo, por sua experiência no passado e projeto de futuro, conhece os problemas, possui as ferramentas pra enfrentá-los e a coragem para implementar as mudanças que o país tanto necessita.

Aécio conhece as raízes e razões da nossa estagnação econômica, dos muitos entraves ao desenvolvimento e das ainda graves mazelas sociais. Neste particular, ele tem a perfeita compreensão de que pobreza e desigualdade são consequências do baixo desempenho da economia.

Num cenário de baixo crescimento, juros altos e inflação em alta, não há investimento, nem emprego, nem renda. Esse ciclo se completa na má utilização dos programas sociais dos governos de Lula e Dilma, que os manipulam com o único objetivo de permanecerem no poder. Exemplo disso é o Bolsa Família, que em vez de ponte para sair da miséria e incrementar a economia, se desvirtua em prisão clientelista, muito semelhante ao que tínhamos há décadas atrás.

Esse retrocesso se reproduz também na exploração de uma insana divisão de classes ou categorias, nos termos marxistas mais nefastos. Lula e Dilma investem no conflito não mais apenas entre ricos e pobres, as “elites” e o “povo”, mas entre nordestinos e sulistas, brancos e negros, instigando o ódio através da mentira.

Esse modo de ver a política, pequeno, tacanho, em que tudo vale para se manter no poder é o grande diferencial entre Dilma e Aécio. Incapazes de compreender os princípios mais basilares da democracia, da importância da alternância de poder para a sua consolidação, Lula e Dilma investem contra adversários como inimigos que devem ser destruídos a todo custo.

Os ataques a Marina são a prova da ausência de limites em que a mentira e a calúnia pessoal são usadas sem o menor constrangimento.

Como presidente, Aécio saberá enfrentar os gargalos de infraestrutura, recuperar a credibilidade do país junto aos investidores, combater a inflação, enfim, reformular o Estado brasileiro que vem sendo deteriorado há 12 anos, por aparelhamento, incompetência, corrupção e desvios ideológicos.

Já como Estadista, sua maior missão será reunificar o país, reconstruir um sentimento de nação única, composta de irmãos independentemente de cor, religião, origem ou classe social. Uma missão que somente autênticos líderes, aqueles que estão à altura do grande destino que o Brasil anseia, são capazes de realizar. Aécio é esse líder.

Tasso Jereissati é senador eleito pelo PSDB do Ceará, já foi governador do estado.”



0 comentários







0 comentários
Topo | Home