Banheiros Fantasmas
Atualizado em: 02/05/2012 - 6:31 pm

TCE decide que Teodorico continua afastado até conclusão de investigações sobre "banheiros fantasmas". Foto: Dário Gabriel

O ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Teodorico Menezes, continuará afastado da Corte até a conclusão das investigações sobre o escândalo dos Banheiros Fantasmas. A decisão foi tomada durante reunião a portas fechadas realizada nesta quarta-feira (02).

Envolvimento
Teodorico teve o nome envolvido no escândalo dos “banheiros fantasmas”, no ano passado. Pelo menos cinco instituições envolvidas com as fraudes na construção dos kits sanitários tem relação com o ex-presidente. Alguns são parentes, outros eram auxiliares de Teodorico. Essas mesmas pessoas doaram dinheiro para a campanha do deputado estadual Téo Menezes, que é filho de Teodorico.

Na presença de Teodorico
A decisão foi tomada em consenso após reunião realizada nesta quarta-feira (2) para discutir a solicitação de Teodorico para retornar as atividades. Participaram do encontro todos os conselheiros em atividade, inclusive o próprio ex-presidente, Teodorico Menezes.

Relatório Final da Procap
Até a próxima sexta-feira (4) o Tribunal de Contas do Estado espera receber o relatório final das investigações do Ministério Público sobre o escândalo dos banheiros fantasmas. De posse dessas informações, o o corregedor do TCE fará a análise dos documentos para, em seguida, Teodorico, que terá, apartir do recebimento, quinze dias para se pronunciar sobre as denúncias.

Afastamento remunerado
Enquanto permanecer afastado, Teodorico Menezes continuará recebendo o salário de R$24.117,62.

Leia mais:
Presidente do TCE tira 30 dias de férias. Denúncias seguem sem resposta  
Inspetoria do TCE responsabiliza 1º escalão da secretaria das Cidades e sugere devolução do dinheiro

Banheiros Fantasmas: TCE vai investigar 92 convênios em 47 municípios         
Presidente do TCE cancela férias e pede afastamento do cargo  



0 comentários







0 comentários
Topo | Home