Banheiros Fantasmas
Atualizado em: 08/11/2011 - 2:07 pm

Tiago Menezes formulou pedido de suspeição contra Saoraya Victor. Foto: Reprodução da TV Jangadeiro

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) deve decidir na tarde desta terça-feira (8) se a conselheira Soraia Victor, que é relatora do processo que investiga o escândalo dos banheiros fantasmas em Pacajus, na Região Metropolitana, tem direito ou não a votar para decidir sobre o caso.

A sessão do pleno do TCE está marcada para às 15horas.

O pedido de suspeição foi feito por um dos envolvidos no caso. Tiago Menezes é presidente de uma associação que recebeu 300 mil reais para a construção dos banheiros que não saíram do papel, segundo denúncia do Ministério Público.

Tiago é filho do ex-presidente do TCE, Teodorico Menezes, que foi afastado após as primeiras denúncias. Ele afirma que Soraya Victor é “inimiga” do pai dele e que, por isso, não poderia participar do julgamento.

Decisão
O atual presidente do TCE, Conselheiro Valdomiro Távora, poderia decidir sobre a validade do pedidos de suspeição, mas preferiu pedir um relatório do Ministério Público de Contas (MPC) para respaldar a sua decisão.

O MPC defende a participação de Soraya Victor na votação do relatório sobre Pacajus.

Confira a reportagem do Jornal Jangadeiro:



0 comentários







0 comentários
Topo | Home