Ceará
Atualizado em: 13/02/2020 - 4:26 pm

Foto: Ascom

O governador Camilo Santana lançou, nesta quinta-feira (13), 25 novas Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) para compor a rede pública estadual. Com o incremento, a jornada ampliada chega a 38% das unidades de ensino.

O evento de lançamento ocorreu no Palácio da Abolição e contou com a presença da vice-governadora Izolda Cela, da secretária da Educação, Eliana Estrela, de estudantes, professores e gestores escolares.

Durante a solenidade, o governador visitou estandes com exemplos de projetos desenvolvidos pelos alunos durante o contraturno escolar. “São experiências interessantíssimas, que podem inclusive virar negócios futuramente. O tempo integral é uma estratégia importante para o Ceará e o Brasil e nossa meta é a cada ano ampliar a quantidade de escolas nessa modalidade”, projeta Camilo Santana.

O governador Camilo Santana observa, ainda, o diferencial deste modelo de escola, que permite a construção do currículo complementar de acordo com as demandas dos alunos e da comunidade. “A escola precisa ser atrativa, a partir do que oferece como diferencial. Não é um currículo imposto de cima para baixo, mas conta com a participação dos jovens na escolha das disciplinas eletivas”, ressalta.

Crescimento
Com a ampliação, 277 das 728 unidades de ensino passaram a ter a jornada prolongada. Deste total, 155 são Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTIs) e 122 são Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEPs). Neste ano, já serão 71 municípios com EEMTIs, beneficiando mais de 41 mil alunos. Em Fortaleza, são 49 unidades com este modelo. A maioria das EEMTIs está localizada entre os municípios mais populosos. As escolas foram distribuídas em áreas consideradas mais vulneráveis.

Distribuição
As 25 novas EEMTIs estão localizadas nos municípios de Abaiara, Acaraú, Assaré, Cariús, Fortaleza, Ibaretama, Ipaporanga, Irauçuba, Jardim, Jati, Jucás, Massapê, Mauriti, Mombaça, Morrinhos, Parambu, Paracuru, Penaforte, Poranga, Quixadá, Sobral (2), Tianguá, Várzea Alegre e Varjota. Destes, 20 ofertarão o Ensino Médio em Tempo Integral pela primeira vez. As novas escolas iniciam a oferta da jornada prolongada com a matrícula de 3.589 alunos na 1ª série do Ensino Médio. O atendimento será ampliado, gradualmente, ao longo dos próximos anos.



Comment closed







Comment closed
Topo | Home


Comments are closed.