Fortaleza, Greve
Atualizado em: 14/02/2012 - 7:39 pm

Os trabalhadores das obras do programa “Minha Casa, Minha Vida” paralisaram atividades devido ao atraso do pagamento de salários da categoria. A decisão foi tomada na terça-feira (14) durante assembleia realizada na Rua Muriaé, no bairro da Paupina, em Fortaleza.

Os funcionários, que são contratados pela construtora Epóca Engenharia, reclamam do atraso no pagamento dos salários, problemas no vestiário e nos banheiros das obras e desvio de função.

Próximos passos
Nesta quarta-feira (15), os trabalhadores realizam nova assembleia, às 6h30. De acordo com o Coordenador Geral do Sindicato dos Trabalhadores da indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF), Nestor Bezerra, eles vão decidir a manutenção do movimento até que a empresa solucione os problemas.

Leia mais:
Agentes penitenciários podem paralisar atividades no Carnaval
Operários do Castelão suspendem paralisação
Servidores da Emlurb entram em greve a partir de quinta-feira

Redação Jangadeiro Online, com informações do Sindicato dos Trabalhadores



0 comentários







0 comentários
Topo | Home