Ceará, Eleição
Atualizado em: 05/06/2011 - 6:36 pm

Eleições tranquilas em Alcântaras, região norte do Ceará. Os 8.343 eleitores do município voltaram às urnas neste domingo (5) para escolher os novos prefeitos e vice. De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral – TRE/CE, nenhum problema foi registrado na cidade. A polícia também não teve muito trabalho. Apenas duas ocorrências de crime eleitoral foram registradas. As duas foram de transporte irregular de eleitores. Os acusados foram presos e transferidos para Sobral. O TRE espera que o resultado seja conhecido ainda na noite deste domingo.

Três candidatos disputaram a eleição. Francisco Eliésio Fonteles, do PSB, é candidato pela coligação Justiça e Liberdade (PMDB/PSB). Outros duas candidaturas estão sub-judice: Francisco Charlys Moreira de Menezes é postulante pelo PSOL. Já Antônio Marcos Ximenes Carvalho, do PRP, concorre na Coligação Por um Alcântaras Melhor para Todos (PRP/PCdoB). O mandato dos eleitos será encerrado no dia 31 de dezembro de 2012.

Registro cassado
Antônio Marcos Ximenes Carvalho teve o registro de candidatura cassado pela Corte do TRE-CE, que o condenou por não ter prestado contas do exercício de 2005. Na época, ele era presidente da Câmara Municipal de Alcântaras. Além disso, a Corte do TRE considerou que o candidato tem parentesco por afinidade com o ex-prefeito do município, Raimundo Gomes Sobrinho, cassado, em novembro de 2009, por crimes eleitorais.

O candidato pode ainda recorrer ao TSE ou a coligação pode substituí-lo na chapa que disputará o pleito no próximo domingo.

Prefeito Cassado
O prefeito reeleito em 2008, Raimundo Gomes Sobrinho, teve o mandato cassado em novembro de 2009e foi definitivamente afastado do cargo em agosto de 2010 por decisão da Justiça Eleitoral que entendeu que o gestor cometeu abuso de poder econômico e político.

Outros cinco municípios tiveram eleições suplementares: Cordeiros, na Bahia; Aveiro, Brasil Novo e Bujaru, no Pará e Rio Novo do Sul, no Espírito Santo.

Com informações do Tribunal Regional Eleitoral e do repórter Ricardo Lima



0 comentários







0 comentários
Topo | Home