Câmara Municipal
Atualizado em: 28/12/2016 - 10:19 am

Com a saída de Elpídio Nogueira, Antonio Henrique e Evaldo Lima, assumem vaga na CMFor os suplentes Carlos Mesquita, Dr.Eron e Eliana Gomes

Com a saída de Elpídio Nogueira, Antonio Henrique e Evaldo Lima, assumem vaga na CMFor os suplentes Carlos Mesquita, Dr.Eron e Eliana Gomes. Montagem: CMFor

Pelo menos três vereadores eleitos para a próxima legislatura devem se licenciar dos cargos na Câmara Municipal, logo após a posse marcada para o dia 1º de janeiro de 2017, para assumir as vagas no secretariado da segunda gestão do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT).

Assim, os suplentes imediatos devem ser convocados para formar a composição do Legislativo Municipal, suprindo a vacância dos mandatos.

Entra e sai
Os vereadores que assumirão vagas na administração do município são: Elpídio Nogueira (PDT), que ocupará o cargo de secretário de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Combate à Fome; e Antônio Henrique (PDT), que será o novo secretário da Regional III. A saída dos dois abrirá vagas na coligação PDT-PP-PTB e PROS, beneficiando os suplentes Dr. Eron (PP) e Carlos Mesquita (Pros). Já com a saída de Evaldo Lima (PCdoB) para a Secretaria de Cultura, a coligação PSD-DEM-PCdoB e PMB abriu vaga para a primeira suplente Eliana Gomes (PCdoB).

Mesquita
Entre os três, somente Carlos Mesquita estava na Câmara desde a eleição de 1992, quando foi eleito pelo então Partido Democrata Cristão (PDC), com 2.364 votos. Desde então, Mesquita havia vencido todos os pleitos que disputou, permanecendo 24 anos na Casa. Neste ano, ele ficou na segunda suplência da sua coligação com 8.042 votos, 38 votos a menos que o primeiro, o Dr. Eron, que obteve 8.080 votos. Carlos Mesquita obteve as seguintes votações nos pleitos seguintes: 6.200 (1996), 12.145 (2000), 14.641 (2004), 8.011 (2008) 11.570 (2012) e 8.042 neste ano. São projetos de sua autoria a regulamentação do serviço de Mototáxi e do Lanche Móvel.

Eron
Dr. Eron obteve 6.072 votos na eleição de 2008, ficando na primeira suplência do PV, assumindo o mandato por dois anos com a eleição para deputado estadual do vereador Roberto Mesquita. Entre os projetos apresentados por ele, constam: construção do Hospital Oftalmológico de Fortaleza; Cardápio Exclusivo para alunos celíacos; instalação de decibelímetros em equipamentos; adoção de tetos verdes em Fortaleza e o que propôs merenda escolar sem glúten.

Eliana
Eliana Gomes foi vereadora da Casa por sete meses entre 2007 e 2008, quando assumiu como primeira suplente do partido. Já para o quadriênio de 2009-2012, foi eleita, obtendo na época 6.181 votos. Eliana assumiu bandeiras como defesa de políticas contra violência doméstica, maior participação da mulher na política, ações contra exploração de crianças e adolescentes, redução da jornada de trabalho e apresentou projetos como o que propôs a criação da Casa-abrigo para as mulheres. No Executivo foi assessora e depois presidente da Habitafor.

E ainda
Conforme o Regimento Interno da Câmara, o suplente de vereador convocado deverá tomar posse no prazo de 15 dias, contados da data da convocação, salvo no caso de motivo justo, apresentado por escrito à Câmara e aceito pela maioria absoluta dos vereadores, quando se prorrogará o prazo, por igual período, uma única vez. A previsão é que os suplentes sejam empossados tão logo os titulares assumam seus cargos na Administração Municipal.

Com informações da CMFor



0 comentários







0 comentários
Topo | Home