Tribunais
Atualizado em: 05/10/2011 - 12:24 pm

Sessão plenária do TSE. Foto: Carlos Humberto./ASICS/TSE

Os ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aceitaram na terça-feira (04) o pedido de criação do PPL (Partido Pátria Livre), o 29º partido político registrado no país.

O PPL, que utilizará o número 54, é formado pelo MR8 (Movimento Revolucionário 8 de Outubro), grupo que participou do sequestro do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick durante a ditadura militar.

A decisão da Corte Eleitoral pela criação da nova sigla foi unânime, mas provocou comentário crítico do presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski. Segundo ele, o Brasil está inovando na ciência política.

“Estamos indo além do pluripartidarismo, estamos ingressando no hiperpartidarismo. É uma novidade que criamos no Brasil”, afirmou.

Saiba ainda:
PSD vai de 55 e pede registro ao TSE. Articulação também avança no Ceará   
Fora do ninho

A decisão sobre o PPL acontece uma semana após o mesmo TSE autorizar a criação do PSD, partido idealizado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Com informações da Folha.com



0 comentários







0 comentários
Topo | Home




You must be logged in to post a comment.