Sem categoria
Atualizado em: 18/02/2013 - 9:38 am

Vereador do PT diz que Hospital Regional de Sobral é exemplo de "muito oba-oba para pouca qualidade". Foto: Wilson Gomes

Vereador do PT diz que Hospital Regional de Sobral é exemplo de “muito oba-oba para pouca qualidade”. Foto: Wilson Gomes

O vereador Ronivaldo Maia (PT), ex-líder da prefeita Luizianne Lins na Câmara de Fortaleza, enviou artigo para o blog Polítika em que afirma que Hospital Regional de Sobral é exemplo de “muito oba-oba para pouca qualidade”. O parlamentar faz referência ao acidente que aconteceu no domingo (17), quando a marquise interna do hospital recém-inaugurado desabou, deixando um ferido.

O funcionário da obra, que ficou machucado, foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral, pois o HRN ainda não está atendendo pacientes.

Leia ainda:
Gaspari: Governos espetaculares fazem espetáculos

Oficial
De acordo com a Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), a construtora responsável pela obra esteve no local no sábado (16), constatando que a marquise da Unidade de Apoio a Saúde Reprodutiva da Mulher não estava firme. A sacada media aproximadamente 10 metros de comprimento por 7 metros de largura.

Opinião
Acompanhe o que diz o vereador do PT sobre o assunto.

“Em Sobral, assim como em todo o Sertão cearense, a chuva chega como um alento ao sofrimento do povo que amarga as consequências da seca, da incompetência e insensibilidade do Governo Cid Gomes, do PSB. Em se tratando das obras desse mesmo Governo, que o governador faz questão de vistoriar e vangloriar-se da qualidade e eficiência, uma simples chuva provocou a queda de uma marquise do equipamento que continua sendo alvo de polêmica, tendo em vista os 650 mil reais pagos à cantora Ivete Sangalo para sua inauguração.

Nem começou a funcionar e já caiu uma de suas marquises, ferindo uma pessoa. Por ironia do destino, a marquise encontra-se justamente na fachada que faz referência ao Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher. Digo ironia, pois o Hospital da Mulher, inaugurado pela ex-prefeita Luizianne Lins em Fortaleza, tem sido alvo de críticas por parte de pessoas ligadas ao governador e ao atual prefeito Roberto Cláudio. Bom, imagino que se o acidente fosse com o Hospital da Mulher, os questionamentos e críticas já estariam ecoando em toda a imprensa.

A pequena quantidade de chuva não pode justificar um acidente numa obra recém-inaugurada (e que ainda nem funciona!), cuja qualidade de sua estrutura foi alardeada aos quatro ventos pelo governador. Talvez se os 650 mil reais gastos com a cantora baiana tivessem sido empregados na construção do hospital, a qualidade estrutural da obra não seria tão frágil!”



0 comentários







0 comentários
Topo | Home