Vídeos
Atualizado em: 25/10/2011 - 6:18 pm

O Ministério da Justiça estima que existem 240 mil armas em circulação no Ceará. Para tentar reduzir este número, começou a tramitar nesta terça-feira (25) na Assembleia Legislativa uma proposta do governo do estado que propõe um incentivo financeiro para quem entregar armas de fogo.

O texto diz que será efetuado o pagamento de R$ 100 por cada arma entregue ao Estado. O vice-líde do governo, deputado Sérgio Aguiar (PSB), explicou que os pontos de coleta e a divulgação da iniciativa só serão definidos após aprovação da mensagem, durante a regulamentação da proposta.

Bônus
A mensagem também prevê bônus em dinheiro por devolução de acessórios ligados aos armamentos e munições e tem como objetivo reduzir o número de crimes cometidos com armas de fogo no Estado.

Oposição
Num primeiro momento, até mesmo os deputados que fazem oposição ao governo Cid Gomes concordaram com a mensagem, mas a proposta reacendeu o tema sobre a política de segurança pública do Estado.

Nesse sentido, os deputados Heitor Férrer (PDT) e Capitão Wagner (PR) afirmaram que o governo só adota medidas paliativas sem, contudo, investir de forma efetiva em ações para acabar com a violência no Ceará.

“A matéria merece elogios, mas nenhuma bandido vai entregar arma ao Estado. Eles vão continuar armados e praticando crimes”, disse o parlamentar do PR que também é policial.

A matéria espera pelas avaliações das comissões técnicas da Assembleia e depois segue para votação em plenário.

Leia mais:
Campanha Nacional de Desarmamento recolhe apenas 400 armas no Ceará
Campanha do Desarmamento será lançada nesta sexta-feira
Campanha do desarmamento tem baixa adesão no Ceará

Acompanhe a reportagem do Jornal Jangadeiro:



0 comentários







0 comentários
Topo | Home