Eleições 2014

“A gente não tem muito tempo pra reflexão”, diz Cid ao convocar reunião do PSB para esta terça

"A gente não tem muito tempo pra reflexão", diz Cid ao convocar reunião do PSB para esta terça
Na foto, Cid Gomes está acompanhado do secretário de Turismo, Bismarck Maia, e do Vice Prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena. Foto: Kézya Diniz

O governador Cid Gomes, presidente estadual do PSB, convocou para a noite desta terça-feira (24) uma reunião da Executiva estadual da legenda em que deve tratar sobre sua permanência no PSB depois que o partido decidiu entregar os cargos que ocupa no governo Dilma Rousseff.

“Tô dizendo aqui em primeira mão. Tava pensando em fazer [a reunião] na quarta-feira, mas vamos antecipar para hoje porque realmente o tempo urge, antecipou o governador.

Hora e local
O encontro acontece na sede do partido, na avenida Aguanambi, em Fortaleza, a partir das 19h, “depois do horário de expediente”, frisou Cid. A declaração foi feita, em entrevista, antes da solenidade de abertura das feiras Ficann e Nordeste Prêt-à-Porter no Centro de Eventos do Ceará.

Reflexão
Questionado sobre qual partido estaria analisando para ingressar após a possível saída do PSB, Cid Gomes tentou desconversar.  “Eu tenho dito e vou reafirmar: há um tempo de agir. E há um tempo de refletir. Estou agora no período de reflexão”, disse.

Várias perguntas, uma só resposta
Com a insistência da imprensa sobre outros temas, como por exemplo, o convite de Eduardo Campos para que a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) migre para os quadros do PSB, Cid Gomes repetiu a mesma resposta. “Há um tempo de agir. E há um tempo de refletir”, reafirmou em pelo menos três questionamentos seguidos.

Tempo
O detalhe é que Cid Gomes não tem muito tempo para definir o futuro político. Para concorrer em 2014, os políticos devem mudar de sigla ou criar e migrar para novos partidos, até o dia 5 de outubro. Exatamente um ano antes da eleição do próximo ano. Lembrado sobre este fato, o governador decidiu falar.

“É verdade. A gente não tem muito tempo pra reflexão, não. Eu hoje, na condição de presidente estadual do PSB, vou chamar a reunião da Executiva e lideranças do partido para que a gente possa trocar ideias e refletir coletivamente. Tô dizendo aqui em primeira mão. Tava pensando em fazer [a reunião] na quarta-feira, mas vamos antecipar para hoje porque realmente o tempo urge”, admitiu o socialista.

Campos x Gomes
Cid é presidente do PSB no Ceará, mas defende publicamente a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). A postura do cearense incomoda o governador de Pernambuco e presidente nacional do partido, Eduardo Campos, que trabalha para disputar a presidência da República em 2014.

Leia aqui:
Agora é oficial: PSB está fora do governo Dilma
Cid Gomes diz que não pedirá cargos ao PT no Ceará

Luizianne admite que “vai pensar” sobre convite do PSB para disputar governo do Estado e dá “nota 4” para gestão Cid Gomes

Apertando o cerco
Na quarta-feira (25), Executiva Nacional do PSB, liderada por Eduardo Campos, tem reunião marcada para fechar questão sobre a candidatura para a presidência da República em 2014.

Campos quer ser candidato e a estratégia é promover intervenções nos Diretórios Estaduais que não apoiam a tese da candidatura própria.

Luizianne e Férrer
No Ceará, políticos que fazem oposição ao grupo político liderado por Cid Gomes foram convidados para ingressar no PSB com disposição para disputar o governo do Estado. A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, presidente do PT no Ceará, e o deputado estadual Heitor Férrer (PDT), ferrenho opositor de Cid, já foram convidados formalmente.


Curtir: