Em Brasília

Acordo da bancada garante R$ 2 bilhões para o Ceará

Acordo da bancada garante R$ 2 bilhões para o Ceará. Foto: Reprodução do Facebook
Acordo da bancada garante R$ 2 bilhões para o Ceará. Foto: Reprodução do Facebook

Parlamentares federais cearenses resolveram deixar as diferenças de lado e uniram-se em torno de um único objetivo: destinar R$ 2 bilhões para o Ceará. O acordo foi firmado, esta semana, no gabinete do senador Tasso Jereissati para definir as emendas para o Orçamento Geral da União de 2016.

“Fizemos um acordo para distribuir os recursos da melhor forma possível para suprirmos parte das principais demandas”, afirmou o deputado José Airton Cirilo (PT), que, no início da semana, participou de reunião com a desembargadora Iracema do Vale, do Tribunal de justiça do Ceará, e a primeira-dama Onélia Maria de Santana, para tratar de verbas para a Justiça cearense e a infância.

Emendas
Na lista das emendas apresentadas estão cinco emendas por melhorias na saúde. Foram destinados R$ 750 milhões para atenção à saúde, da população para procedimentos de médias e altas complexidades. Ainda, serão destinados R$150 milhões para manutenção de unidades de saúde. Construção do Complexo de Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde e Produção de Imunobiológicos da Fiocruz, no Ceará, com verba de R$150 milhões. Para a Prefeitura de Fortaleza, foram destinados R$150 milhões para o apoio à manutenção de Unidades de Saúde, além da R$ 300 milhões para implantação, ampliação e melhoria de Sistemas Públicos de Abastecimento de Água em Municípios por meio da Funasa.

Seca
A questão hídrica também não foi esquecida. Os parlamentares destinaram R$150 milhões para a Integração das Bacias Hidrográficas do Estado do Ceará – trecho 1 do Cinturão das Águas e para implantação de obras de infraestrutura hídrica com perfuração de poços através do Departamento Nacional de obras contra à seca (Dnocs), com destinação de R$150 milhões.

Pedidos
Atendendo ao pedido da desembargadora Iracema do Vale, os parlamentares irão emendar R$150 milhões para implementação da infraestrutura para a prestação de serviços de comunicações da Telebrás-Cinturão Digital para viabilizar projeto da digitalização e virtualização dos processos nas comarcas do interior.

Além disso, serão destinados R$ 150 milhões para a Universidade Federal do Ceará (UFCE) e o Instituto Federal da Educação (IFCE), que poderão ser utilizados para reestruturação e expansão do ensino superior. Para a Dragagem e manutenção e serviços de sinalização e balizamento em Portos, em Fortaleza, foram destinados R$150 milhões.

Com informações do OE


Curtir: