ALEC
Atualizado em: 24/05/2011 - 6:03 pm

Deputado critica Acquário e diz que Cid Gomes aposta na máxima do "Viva o luxo, morra o bucho".

O pedido de empréstimo de US$ 105 milhões para o governo do estado, junto ao Export-Import Bank dos Estados Unidos, destinado ao projeto Acquário Ceará, gerou polêmica na sessão desta terça-feira (24) na Assembleia Legislativa.

Luxo
O deputado Roberto Mesquita (PV) afirmou que o governador Cid Gomes está usando a velha máxima popular do “viva o luxo, morra o bucho”. O líder do PV justificou a crítica relatando que o Ceará tem um milhão de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza e com um défict de quase 50% nas redes de saneamento básico somente na Capital.

“Lá no Pan Americano, governador, no Alto do Papoco, as pessoas acordam pisando na lama. Tem gente lá que usa uma lata pra fazer as necessidades porque não tem banheiros”, ressaltou.

Limite
Aliados do governo Cid defenderam a proposta. O vice-líder do Governo, deputado Carlomano Marques (PMDB), rebateu as críticas do deputado Roberto Mesquita (PV) ao Projeto Acquário Ceará, de iniciativa do Governo do Estado.

“Esse tipo de dinheiro tem limite e tem destino”, frisou o deputado.

Já o deputado Dedé Teixeira, que também saiu na defesa do governo, propôs a

Aúdio
Acompanhe abaixo, no conteúdo disponível em aúdio, a opinião dos deputados Roberto Mesquita (PV) e Dedé Teixera (PT) sobre o Acquário do Ceará.

Opinião do deputado Roberto Mesquita contra o Acquário do Ceará

Opinião do deputado Dedé Teixeira a favor do Acquário do Ceará

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me