Ceará

Advogados reivindicam acesso ao TRT-7 através de biometria

Advogados reivindicam acesso ao TRT-7 através de biometria

O Movimento É Hora D Avançar, através de requerimento feito pelo advogado Erinaldo Dantas, solicitou, junto ao Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região, a regulamentação do acesso de advogados às dependência do fórum através de cadastro biométrico. O ofício foi protocolado na última segunda-feira (24).

Atualmente, em cumprimento à política institucional de segurança, recomendada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os profissionais precisam se submeter a procedimentos de controle de acesso e segurança para ingressar nos fóruns trabalhistas do Estado, por meio de pórticos de detectores de metal e/ou detectores de metal portáteis.

No entanto, a medida ocasiona, segundo os advogados, na maior parte das vezes, acúmulo de público na entrada dos fóruns, sobretudo no início da manhã.

“A demora nas filas têm comprometido a presença dos advogados em audiências, o que reflete na precarização do serviço prestado aos jurisdicionados”, afirma o Movimento.

Alternativa
Uma alternativa sugerida pelo Movimento é liberar o acesso dos profissionais por meio de cadastro biométrico junto aos sistemas do Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região. A medida reduz a morosidade, pois elimina o tempo de espera junto aos detectores de metal, além de preservar a segurança no âmbito do fórum.

“Prezamos pelo bom senso e que a nossa categoria seja reconhecida pelo Tribunal com o status dado pela Constituição Federal, de essencialidade à administração da justiça, fato que assegura o mesmo tratamento dado aos servidores e magistrados”, defende o líder do Movimento É Hora D Avançar, Erinaldo Dantas.


Curtir: