Corrida presidencial

Aécio reconhece derrota, deseja sucesso a Dilma e diz que prioridade é unir o Brasil

Aécio reconhece derrota, deseja sucesso a Dilma e diz que prioridade é unir o Brasil
Aécio reconhece derrota, deseja sucesso a Dilma e diz que prioridade é unir o Brasil

Derrotado na disputa para a Presidência da República, o candidato do PSDB, Aécio Neves, afirmou neste domingo (26) que ligou para a presidente reeleita Dilma Rousseff, do PT, para desejar sucesso no novo mandato e que “a maior de todas as prioridades é unir o Brasil”.

“Cumprimentei agora há pouco, por telefone, a presidente reeleita e desejei a ela sucesso na condução de seu próximo governo. E ressaltei que considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado e que dignifique a todos os brasileiros”, afirmou.

Eleitores
Em pronunciamento em Belo Horizonte, o tucano também agradeceu a seus eleitores, “mais de 50 milhões de brasileiros que apontaram o caminho da mudança”, disse.

Até a última atualização antes da publicação deste post, as urnas contabilizavam 50,9 milhões de votos para Aécio (48,38% dos votos válidos) e 54,3 milhões para Dilma (51,62%).

Bom combate
Ao finalizar sua declaração, Aécio citou o apóstolo São Paulo, dizendo que combateu “o bom combate”. “Mais vivo do nunca, mais sonhador do que nunca, eu deixo essa campanha ao final com o sentimento de que cumprimentos nosso papel. Combati o bom combate, cumpri minha missão, e guardei a fé. Muito obrigado a todos os brasileiros”, concluiu.

Com informações do G1


Curtir: