Greve

Aeroviários de Fortaleza decidem entrar em greve por tempo indeterminado

Os aeroviários de Fortaleza decidiram entrar em greve por tempo indeterminado nesta quinta-feira (22). As reivindicações são reajuste de 10% do salário e piso salarial de R$ 1.200 para operadores.

De acordo com o representante do Sindicato dos Aeroviários em Fortaleza, Roberto Barbosa, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) recomendou que 80% dos aeronautas (funcionários de empresas áereas que trabalham embarcados) e aeroviários (que trabalham em terra) estejam em seus postos de trabalho nos dias que antecedem os feriados de Natal e Ano Novo.

Reajuste dos trabalhadores
As companhias aéreas aceitaram, nesta quarta-feira (21), conceder um pequeno aumento de ganho real, acima da inflação, para os trabalhadores do setor, que ameaçam deflagrar greve na quinta-feira (22) nos aeroportos do País.

O Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea) concordou em dar um aumento de 6,5% aos funcionários, além de manter o que já havia sido acordado, de ganho de 10% nos pisos salariais, nos tíquetes-alimentação e nas cestas básicas, além da criação de um novo piso salarial para operadores de transporte. Até terça-feira (20), o índice proposto era o de reposição da inflação, de 6,17.

Leia mais:
Justiça determina que greve nos aeroportos não pode ter mais de 20% de funcionários parados
Companhias aéreas aceitam aumentar índice de reajuste dos trabalhadores
Aeronautas e aeroviários decidem entrar em greve por tempo indeterminado

Redação Jangadeiro Online, com informações do representante do Sindicato dos Aeroviários