Bastidores

Aguiar e Zezinho mantém articulação pelo comando da AL

Zezinho Albuquerque articula apoio em contato direto com os parlamentares. Foto: Máximo Moura
Zezinho Albuquerque articula apoio em contato direto com os parlamentares. Foto: Máximo Moura

Há uma semana da eleição para o comando do Legislativo cearense, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) convocou a imprensa para uma entrevista coletiva, em que afirmou que não pretende retirar o nome da disputa e que vai disputar, no voto, se necessário, a eleição com o colega de partido e atual presidente, Zezinho Albuquerque (PDT), que pleiteia o inédito terceiro mandato consecutivo.

“No último dia 4 de novembro, fiz um pronunciamento apresentando meu nome para eleição do Poder Legislativo estadual. Mantenho a candidatura e vou tentar sensibilizar o maior número de deputados, para que a gente consiga dirigir a Casa pelo próximo biênio”, frisou ele.

Sem troca
A estratégia de afirmar que continua na disputa tem por objetivo acabar com os boatos que circulam nos bastidores, dando conta que Aguiar poderia abrir mão da disputa em troca de uma vaga no secretariado de Camilo Santana, ou até mesmo um cargo vitalício no Tribunal de Contas. “Sou candidato a presidente da Assembleia. Meu objetivo é dirigir o Poder Legislativo cearense. E minha vocação natural hoje é que eu possa, aqui no Poder Legislativo, contribuir com o conjunto da sociedade cearense”, disse.

Trânsito
Embora o governo publicamente não tenha manifestado interesse no comando da Casa, o deputado Zezinho Albuquerque dispõe de trânsito livre no Palácio Abolição, tanto é que na semana passada assumiu o governo sem causar problemas para o aliado e segue no círculo de confiança dos ex-governadores Cid e Ciro Gomes, inclusive, ele esteve reunido com Ciro na última segunda-feira. O encontro aconteceu no gabinete da presidência, mas Zezinho evitou aparecer ao lado de Ciro em evento no plenário. Entretanto, a imagem do encontro foi registrada e divulgada nas redes sociais.

Apoio
Apesar de não comentar publicamente, Zezinho está articulando apoio para sua reeleição em contato direto com os parlamentares . O deputado Heitor Férrer foi um dos que foi procurado e assumiu compromisso com ele, apesar de classificar como “legítimo” o pleito do colega parlamentar Sérgio Aguiar. Nos bastidores, o Albuquerque teria um documento assinado por 34 deputados em apoio a sua reeleição.

Oposição
Correndo por fora, um grupo de cinco parlamentares continua aguardando entendimentos entre os candidatos, até mesmo uma postura mais clara do governador Camilo Santana. O bloco de oposição é formado pelos deputados: Fernanda Pessoa (PR), Capitão Wagner (PR), Ely Aguiar (PSDC), Aderlania Noronha (Solidariedade) e Carlos Matos (PSDB).

A deputada Fernanda Pessoa informou que, embora tenha conversado com os dois candidatos ao cargo, o grupo ainda não definiu seu voto. “Estamos aí para ver os espaços. Estamos esperando para ver se há consenso. Sabemos apenas que o bloco caminhará junto”, disse ela, admitindo que o grupo pleiteia espaços na Mesa Diretora, ou mesmo nas comissões temáticas. Ela, porém, entende que a disputa entre os correligionários enfraquece o governo.

Na quinta
A eleição para a presidência da Assembleia e da nova mesa diretora, segundo assessoria da Casa, acontecerá na próxima quinta-feira, dia 1º de dezembro.

Com informações do OE


Curtir: