Ceará

AL concede Prêmio Frei Tito ao Movimento Feminino pela Anistia

Evento atende requerimento do deputado Renato Roseno

Na segunda-feira (09/12), a Assembleia Legislativa do Ceará realiza sessão solene, às 18h, para a entrega do Prêmio Frei Tito de Alencar Lima de Direitos Humanos.

O destaque é concedido anualmente, por meio da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa, para pessoa ou entidade em reconhecimento pelos serviços prestados à democracia e à defesa e promoção dos Direitos Humanos.

Este ano, a Casa entrega o prêmio ao Movimento Feminino pela Anistia – Núcleo Ceará. Criado em 1975, no Rio de Janeiro, o movimento nacional luta pela anistia aos presos políticos, durante a Ditaduta Militar instalada no Brasil. No ano seguinte, o movimento teve início do Ceará.

Indicação
A indicação, bem como o requerimento para realização da sessão solene, foi apresentado pelo deputado Renato Roseno (Psol), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da AL.

Com informações da AL


Curtir: