Bastidores

Aliado de Cid, ministro dos Portos entrega o cargo na quarta-feira

Aliado de Cid, ministro dos Portos, Leônidas Cristino, entrega o cargo na quarta-feira Foto: Agência Brasil
Aliado de Cid, ministro dos Portos, Leônidas Cristino, entrega o cargo na quarta-feira Foto: Agência Brasil

O ministro dos Portos, Leônidas Cristino, deve entregar seu cargo à presidente Dilma Rousseff na próxima quarta-feira (3), mesmo após a decisão do seu grupo político de sair do PSB. Segundo informou, por telefone, o ministro vai conversar nesta sexta-feira (27) com a presidente brasileira para agendar a reunião.

“Minha função foi importante porque administrei uma estrutura esquecida há 20 anos, que era a infraestrutura portuária nacional. Naquele momento, minha missão era restabelecer e planejar os portos para 2030, além de constituir um novo marco regulatório. E fiz. Os processos licitatórios já começaram. Então, por isso acho que minha missão foi cumprida”, justificou.

E agora?!
Leônidas diz que foi chamado pelo seu grupo político para desempenhar uma nova missão: ajudar na formação de um novo partido e preparar os caminhos para as eleições de 2014.

Leia ainda:
Cid anuncia saída coletiva do PSB, mas adia decisão sobre novo partido para terça-feira

Discreto
O futuro ex-ministro foi discreto ao ser questionado sobre o desejo da presidente Dilma Rousseff pela sua permanência no Governo. Leônidas se limitou a comentar que vários assessores diretos da presidente confidenciaram o desejo neste sentido, mas disse que ainda não conversou com Dilma Rousseff devido a viagem dela a Nova York, onde participa da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).


Curtir: