Ceará

Aprovada criação da Universidade Federal do Cariri

O cearense Inácio Arruda foi o relator da matéria no Senado Federal.
O cearense Inácio Arruda foi o relator da matéria no Senado Federal.

A região do Cariri, composta por oito municípios cearenses, será uma das regiões beneficiadas com uma Universidade Federal. A proposta, relatada pelo senador Inácio Arruda (PCdoB), prevê que a universidade seja criada por desmembramento da Universidade Federal do Ceará, para atender à nova região.

Falta sanção
Além do Ceará, os estados da Bahia e Pará foram beneficiados com projetos de criação de novas Universidades. Os projetos chegaram ao Senado nesta terça-feira (28.05) e foram aprovados em regime de urgência, solicitada pelo senador Inácio Arruda. As matérias seguem para sanção presidencial.

Em Juazeiro
A Universidade Federal do Cariri (UFCA) terá sede no município de Juazeiro do Norte e beneficiará uma população de mais de um milhão de pessoas. “O nosso parecer, portanto, é favorável a essa conquista, que é do Ceará, mas, quero dizer, com grande impacto também na Paraíba, em parte de Pernambuco e mesmo do Piauí, porque é uma região que abrange uma parte significativa desses quatro Estados da Federação. Assim, o nosso parecer é favorável e parabéns ao povo do Cariri, que recebe esta Universidade Federal”, destacou Inácio.

Universidade Federal do Cariri
Segundo a proposta aprovada, a Universidade será composta inicialmente pelos campi de Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato, que antes da lei pertenciam à Universidade Federal do Ceará, e pelos novos campi de Icó e Brejo Santo. Os alunos dos campi já existentes serão transferidos automaticamente para a Universidade Federal do Cariri, bem como os cursos já disponíveis.

E ainda
Os professores, antes lotados na UFC, também passarão a integrar o corpo docente da UFCA. Vale salientar que o projeto aprovado prevê ainda a criação de 197 cargos de professor de Magistério Superior e 212 cargos de nível superior classe “E” e 318 cargos de nível intermediário classe “D”, do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação.

Com informações da Assessoria


Curtir: