Ceará

Assembleia Legislativa aprova gratificação para militares

Os deputados estaduais aprovaram na quinta-feira (22) o projeto de lei, de autoria do Poder Executivo, que cria a Gratificação de Policiamento Especializado (GPE) para os militares estaduais em efetivo exercício funcional no Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e no Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio).

A matéria tramitou em regime de urgência. Antes da votação, o deputado Fernando Hugo (PSDB) destacou a necessidade de também gratificar os bombeiros que realizam importantes e arriscadas operações de salvamento.

Quanto?
A gratificação para posto de tenente-coronel será de R$ 3.957,53; major R$ 3.170,49; capitão R$ 2.765,75; tenente R$ 1.935, 51; subtenente R$ 1.573,48; sargento R$ 1.424,49; cabo R$1.100,22 e soldado de R$ 1.047,36.

Veja ainda:
Coordenador do LEV diz que estado sonega informações sobre latrocínios e outros crimes desde 2009

Financiamento e abertura de crédito
Foram aprovados também outros dois projetos de lei de autoria do Executivo. O primeiro autoriza o Estado a contratar financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no valor de aproximadamente R$ 495 milhões destinados ao financiamento da ampliação do Porto do Pecém – Terminal de Múltiplo Uso (Tmut), segunda etapa.

O segundo projeto autoriza a abertura de crédito especial da ordem de R$ 250 milhões para, entre outras ações, ser usado na melhoria da infraestrutura do Cumbuco (Caucaia) e em projetos e ações que visem a maior transparência na prestação de contas das Secretarias da Fazenda e de Planejamento e Gestão.

Com informações da AL.