Ceará

Atentado em Quixadá: Baquit usa tribuna da AL para se defender de acusações

Atentado em Quixadá: Baquit usa tribuna da AL para se defender de acusações
Atentado em Quixadá: Baquit usa tribuna da AL para se defender de acusações

Na manhã desta terça-feira (18), o deputado Osmar Baquit (PSD) subiu a tribuna na Assembleia Legislativa apresentar sua defesa sobre as acusações do Ministério Público (MP), que encaminhou denúncia ao Tribuna de Justiça do Ceará (TJCE), envolvendo-o como mandante dos atentados a rádios e emissoras de TV, ocorridos em março desde ano, no município de Quixadá.

Quebra de sigilo
Baquit colocou a disposição a quebra do sigilo telefônico e bancário, para que fosse investigado pelo Ministério Público. Disse, ainda, que na denúncia não existem provas de sua participação no crime e que até mesmo as testemunhas ouvidas pelo Órgão negaram seu envolvimento nos atentados. “Ninguém que foi testemunhar citou meu nome”, ressaltou o parlamentar, destacando que irá provar sua “inocência”.

Justiça
“Vou provar na Justiça, logo e breve, que foi cometida uma injustiça. Não existe denúncia, apenas uma ilação (ato de deduzir)”, disse Baquit, acrescentando que “não irei me revoltar contra quem fez a denúncia”. O parlamentar, agora, aguarda a manifestação do Tribunal de Justiça, para que, posteriormente, possa se defender judicialmente.


Curtir: