Ceará

Audic Mota destaca projeto de atualização do regimento interno

Audic Mota destaca projeto de atualização do regimento interno

O deputado Audic Mota (PSB) anunciou que, em breve, o projeto de atualização do Regimento Interno da Casa será entregue à Mesa Diretora.

De acordo com ele, as datas ainda não estão definidas, mas que a Comissão de Atualização do Regimento Interno deverá encerrar suas reuniões daqui a duas semanas.

O parlamentar adiantou que um dos instrumentos que foram acolhidos pela proposta de atualização, sugerido por membros da comissão, foi a criação da Tribuna Popular.

“A proposta vai estabelecer um dia do mês para que a AL abra sua tribuna, durante a sessão plenária, para a participação de entidades e outros órgãos de grande importância e representação para sociedade”, explicou.

O parlamentar disse ainda que boa parte das propostas feitas pelos membros da comissão estão sendo acolhidas e estudadas.

Cactus
Audic Mota destacou também reunião realizada na Comissão de Educação da AL onde foi apresentado o projeto Cactus por seu organizador, o bolsista da Nova School of Business and Economics (Portugal), Jefferson Vianna. O deputado explicou que o Cactus atua nos municípios de Tauá, Capistrano, Jijoca de Jericoacoara, e, por meio de olimpíadas científicas e bolsas escolares, estimula os estudantes ao aprendizado da matemática. “É salutar que a AL acolha iniciativas como essa, e também proponha esse tipo de prática, para que estas se tornem comuns em nosso Estado”, disse.

Convênio
Audic Mota também destacou convênio firmado pelo Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza e publicado ontem no Diário Oficial do Estado, que permite que a Polícia Militar do Estado, através do seu Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPRE), passe a atuar nas ruas e avenidas da Capital e não apenas nas rodovias estaduais, além de aplicar multas. “Trata-se de uma medida inovadora, mas ainda requer discussão”, frisou. Ele disse que deu entrada em pedido de audiência pública para debater o assunto junto ao comando da Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS).


Curtir: