ALEC
Atualizado em: 06/07/2011 - 8:04 am

Heitor Férrer comanda audiência pública na AL sobre falta de professores na URCA, UVA e UECE.

A falta de professores nas universidades públicas cearenses será discutida em audiência pública, nesta quarta-feira (06/07), pela Comissão de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, da Assembleia Legislativa. O debate, que começa às 14h30, no Complexo de Comissões da Casa, atende ao requerimento do deputado Heitor Férrer (PDT).

Números
Segundo o parlamentar, ao todo, faltam 601 professores nas três universidades estaduais cearenses, sendo 221 na Universidade Estadual do Ceará (Uece), 180 na Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e 200 na Universidade Regional do Cariri (Urca).

“As comunidades docente e discente estão deveras preocupadas com a falta de professores nessas universidades, o que tem causado sérios transtornos a todos e prejudicado o ensino e a pesquisa no Ceará”, diz o pedetista.

Concursados
Ainda de acordo com Férrer, apesar da necessidade de ampliação do quadro de professores, existem candidatos aprovados em concurso que ainda não foram chamados ao trabalho.

“Segundo informações chegadas ao nosso gabinete, dos aprovados em concurso realizado em 2010, ainda não foram convocados ao trabalho 55 da Urca, 22 da UVA e outro tanto da Uece”, informa o deputado.

Convidados
Foram convidados para a audiência os reitores Antônio Colaço Martins (UVA), Francisco Araripe (Uece) e Plácido Cidade Nuvens (Urca); Maria Antônia, do Sindicato dos Docentes da UVA (Sindiuva); Epitácio Macário de Moura, do Sindicato dos Professores da Uece (Sindiuece) ; Augusto Nobre, do Sindicato dos Docentes da Urca (Sindurca); e representantes do Ministério Público Estadual, dos diretórios acadêmicos das três universidades, além do representante da Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Com a Agência de Notícias da Assembleia Legislativa.

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me