Bastidores

Bancada cearense troca liderança para manter diálogo com Temer

Sabino deve substituir José Airton Cirilo no comando da bancada cearense. Foto: Agência Câmara
Sabino deve substituir José Airton no comando da bancada cearense. Foto: Agência Câmara

A bancada de deputados federais cearenses, em Brasília, vai mudar de comando nos próximos dias. Nos bastidores, a mudança se faz necessária depois da troca de governo, com o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) e a ascensão de Michel Temer (PT).

O tema deve ser exposto entre os parlamentares na próxima reunião do colegiado, ainda sem data marcada. O mais cotado para assumir é o posto é o deputado Cabo Sabino (PR), em substituição ao petista José Airton Cirilo.

Camilo
Atual coordenador da bancada, Cirilo disse que, antes de levar o assunto para reunião do colegiado, conversará com o Governador Camilo Santana sobre o tema. “Ainda vou conversar com o governador. Saber seu posicionamento. Talvez, ele não queira se envolver. Depois vou marcar uma reunião, até porque precisamos tratar de outros assuntos, como o desenvolvimento regional, buscando fortalecimento de instituições como Dnocs, BNB, e Sudene”, disse Cirilo, acrescentando que existe uma discussão interna iniciada após a mudança no comanda da administração federal.

Necessidade
O parlamentar disse ter apoio para sua recondução ao cargo, porém, entende que a nova conjuntura política, com a saída temporária da presidente Dilma Rousseff (PT) do comando do País, exige um novo interlocutor mais alinhado ao governo interino do presidente Michel Temer.

A função de coordenador de bancada exige do parlamentar muita habilidade para costurar apoio ao Estado junto ao Congresso, cabendo ainda, a ele, a tarefa de facilitar os caminhos nos labirintos do Governo Federal.

Interesse
O deputado Cabo Sabino não esconde o interesse pela liderança da bancada, mas disse que aguardar os encaminhamentos do atual coordenador. Nas entrelinhas, no entanto, o parlamentar deixou escapar que a tendência é que assuma a coordenação e, inclusive, já aponta os debates prioritários, caso assuma o cargo. Isso porque, segundo ele, conta até mesmo com o apoio de José Airton Cirilo.

Proposta
As propostas que tratam da reestruturação do Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas) e da transposição do Rio São Francisco estão entre as prioridades de Sabino, lembrando que o Estado caminha para o sexto ano consecutivo de seca e, portanto, se faz necessário um trabalho unificado de todos os parlamentares.

“Estou à disposição para ser coordenador e podermos unificar a bancada, colocando de lado as diferenças partidárias e trabalharmos em prol do Estado do Ceará”, disse ele, ressaltando que, na semana passada, esteve conversando com o governador Camilo Santana. No encontro, Sabino diz ter exposto os desafios, inclusive, sobre a importância do colegiado para o Governo Estadual.

E ainda
Cabo Sabino está no seu primeiro mandato. Foi eleito em 2014, com mais de 120 mil votos, em dobradinha com o deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (PR).

Com informações do OE


Curtir: